Transferência para a reserva e a aposentadoria

DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA

A transferência para a reserva e a aposentadoria representam, sob o ponto de vista psicológico e social, um momento de muita expectativa e mudanças na vida dos militares e servidores civis.

Essa fase é atravessada por peculiaridades, que tornam o encerramento do ciclo laborativo um desafio ainda mais evidente para essa classe de trabalhadores.

A fim de contribuir para a adaptação e propor novos caminhos frente a ruptura com o trabalho — que muitas vezes envolvem problemas como depressão, isolamento, dificuldades de relacionamento com a família e dificuldades financeiras -, a Assistência Social conduz um processo socioeducativo continuado.

As ações são realizadas com antecedência mínima de 2 (dois) anos antes do afastamento das atividades laborativas, trabalhando temas que possam contribuir para o desenvolvimento do planejamento pós-carreira, como: relações familiares e sociais; saúde física, mental e emocional; gerenciamento financeiro; gestão do tempo livre e do lazer; e projetos de vida.

Essas atividades integram o Programa de Qualidade de Vida, um dos sete Programas Sociais sob a gestão da DASM, normatizados pela DGPM-501 (7ª Rev.).

Acesse https://www.marinha.mil.br/dasm/ - "Locais de Atendimento", para saber o Órgão de Execução (OES) que atende a sua região e consultar a programação de atividades sobre esse tema.