Marinha do Brasil doa antiga lancha para servir de monumento no Colégio Militar de Curitiba

05/12/2018
 
Almirante de Esquadra Küster se dirige aos alunos na inauguração
do monumento da Lancha de Apoio ao Ensino e Patrulha “Itiberê”
 
 
Em cerimônia presidida pelo Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Paulo César de Quadros KÜster, o Colégio Militar de Curitiba recebeu, em 23 de novembro, a doação do casco de antiga Lancha de Apoio ao Ensino e Patrulha (LAEP), anteriormente lotada na Capitania dos Portos do Paraná.
 
A lancha foi rebatizada como “Itiberê”, nome tradicionalmente ligado ao local de fundação da Capitania dos Portos, e ficará exposta na “Alameda das Forças Armadas”, local a céu aberto especialmente preparado por aquele Colégio para homenagear as Forças Singulares. Além da LAEP, compõem o espaço um ferro (âncora) do antigo Navio Escola “Benjamin Constant”, navio que inspirou a Canção “Cisne Branco”; blindados do Exército Brasileiro; e futuramente uma aeronave da Força Aérea Brasileira.
 
A cerimônia contou, ainda, com as presenças do Diretor de Educação Preparatória e Assistencial do Exército, General de Divisão Flavio Marcus Lancia Barbosa, do Comandante do 8º Distrito Naval, Contra-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida e do Capitão dos Portos do Paraná, Capitão de Mar e Guerra Germano Teixeira da Silva.
 
Em suas palavras, o Comandante de Operações Navais relembrou o seu período como aluno do Colégio Militar de Curitiba e ressaltou que a embarcação será uma representante permanente dos valores da Marinha do Brasil, exortando os atuais estudantes a se dedicarem às suas atividades, de modo a se constituírem, no futuro, em cidadãos atuantes e com elevado espírito cívico, contribuindo, quer como civis ou militares, para o desenvolvimento do País.
 
A LAEP será uma representante permanente
 dos valores da Marinha do Brasil