GptOpFuzNav-DefNBQR descontamina unidades públicas no estado do Rio de Janeiro

12/05/2021
 
Ação de desinfecção nas salas de aula na Escola Municipal Almirante
Newton Braga de Faria, no Rio de Janeiro (RJ)
 
No contexto da Operação “Covid-19”, o Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais com capacidade em Defesa NBQR (GptOpFuzNav-DefNBQR), nucleado no Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica, organização militar subordinada ao Comando da Tropa de Reforço, realizou descontaminação em unidades públicas do estado do Rio de Janeiro, nos dias 2, 6 e 7 de maio.
 
No dia 2 de maio, o Grupamento descontaminou o Colégio Militar do Rio de Janeiro, que conta com uma média de 3.000 pessoas, entre alunos, professores e militares. A desinfecção ocorreu após o uso das instalações por cerca de 670 candidatos, distribuídos em 58 salas, que participaram do Processo Seletivo de Praças Temporárias da Marinha.
 
Colégio Militar do Rio de Janeiro é descontaminado após o
uso das instalações por candidatos de processo seletivo
 
Já no dia 6 de maio, o Grupamento desinfectou a Procuradoria Seccional da União, localizada em Niterói (RJ), que conta aproximadamente 90 funcionários. No dia 7 de maio, foi descontaminada a Escola Municipal Almirante Newton Braga de Faria, no bairro de Irajá, no Rio de Janeiro (RJ), priorizando salas de aula, refeitório, corredores, banheiros e secretarias, beneficiando 345 alunos e 32 funcionários.
 
Desinfecção na Procuradoria Seccional da União
 
Os procedimentos foram executados por um destacamento composto por 27 militares do BtlDefNBQR e da Companhia de Polícia. Na ocasião, foram empregados o álcool líquido na concentração de 70% e a solução de quaternário de amônio, que não prejudicam a saúde humana e preservam as superfícies nas quais são aplicados.