Comandante da Marinha participa de eventos alusivos ao bicentenário da Marinha Peruana

15/10/2021
 
O Comandante da Marinha proferiu palestra no
Simpósio Internacional Bicentenário Poder Naval

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, participou dos eventos alusivos aos 200 anos da Marinha de Guerra do Peru, realizados entre 6 e 8 de outubro, nas cidades peruanas de Lima e Callao.
 
No dia 7, em Lima, o Comandante da Marinha (CM) proferiu palestra no Simpósio Internacional Bicentenário Poder Naval, com o tema “Revitalização e Fortalecimento da Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS)”, destacando os resultados obtidos pelo Brasil e nações vizinhas na construção de um ambiente marítimo estável e seguro, com base na confiança mútua e no trabalho conjunto entre as Marinhas e Guardas-Costeiras da região.
 
Agradeço ao Almirante Alberto Alcalá Luna, Comandante da Marinha de Guerra do Peru, pela oportunidade de apresentar a visão brasileira nesse fórum do mais alto nível, no qual líderes navais de diversos países puderam falar sobre os principais desafios marítimos comuns”, declarou o Almirante Garnier, após sua apresentação.
 
Almirante Garnier recebeu os cumprimentos do
Comandante da Marinha de Guerra do Peru
Ainda no dia 7 de outubro, o CM visitou o Navio-Veleiro “Cisne Branco”, que participou das comemorações em Callao: “O Comandante do ‘Cisne Branco’ e sua tripulação atuam como embaixadores da nossa Marinha em mares e terras distantes, simbolizando o nosso povo, a nossa cultura e os nossos mais nobres valores marinheiros”, registrou.
 
Ao lado do Encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil em Lima,
Elio Cardoso, o CM falou à tripulação do Navio-Veleiro  “Cisne Branco”
 
As celebrações culminaram no dia 8, em Callao, com a cerimônia militar alusiva ao Bicentenário e ao 142º Aniversário da Batalha Naval de Angamos, quando foram prestadas homenagens ao Grande Almirante do Peru, Don Miguel Grau Seminario, morto naquele combate, em 8 de outubro 1879. Durante a cerimônia, a Bandeira do Brasil foi condecorada com a Medalha Naval de Honra ao Mérito, pela Marinha de Guerra do Peru.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha