Capitania dos Portos do Piauí e profissionais do “Projeto Reviver” realizam palestra sobre prevenção ao suicídio

19/09/2019
 
Psicóloga fala sobre o tabu
 
A Capitania dos Portos do Piauí (CPPI) recebeu, em 16 de setembro, as psicólogas Kenia Araujo e Cinthia Pinto, representantes do “Projeto Reviver”, que tem como objetivo dar assistência às pessoas com comportamento suicida e dar acolhimento às pessoas enlutadas pelo suicídio. O tema tem sido debatido em decorrência do “Setembro Amarelo”. Desde 2015, o mês busca a conscientização e a prevenção do suicídio.
 
Segundo dados apresentados pelas profissionais, no mundo todo, aproximadamente uma pessoa se mata a cada 40 segundos. Só no Brasil, o suicídio é a quarta causa mais comum da morte de jovens. “Falar sobre suicídio é importante; é uma questão de saúde pública e é extremamente necessário”, ressalta a psicóloga Kenia Araujo.
 
“O ‘Setembro Amarelo’ é um mês de diálogo, quando se busca criar conversas sobre o assunto, deixar as pessoas que sofrem com pensamentos suicidas saberem que elas não estão sozinhas e que a morte não é solução. O ‘Setembro Amarelo’ busca salvar vidas através da informação e da conversa sobre este assunto sério que ainda é um tabu. Agradeço bastante a Marinha do Brasil pela oportunidade de realização desta importante palestra”, finalizou a psicóloga Cinthia Pinto.
 
Representantes do “Projeto Reviver” e tripulação da Capitania dos Portos do Piauí