Alunos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro participam de Comissão no Navio Hidroceanográfico “Faroleiro Graça Aranha”

26/03/2020
 
Alunos de Oceanografia da UERJ no Porto de Salvador-BA
 
No dia 9 de março, nove estudantes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) embarcaram no Navio Hidroceanográfico “Faroleiro Almirante Graça Aranha”, com a finalidade de adquirirem “experiência embarcada”, que faz parte da grade curricular do curso.
 
O navio suspendeu da Base Almirante Castro e Silva (BACS), no Rio de Janeiro-RJ, com destino a Salvador-BA. O objetivo da comissão foi apoiar as atividades desenvolvidas pelo Programa de Pesquisas Científicas no Arquipélago de São Pedro e São Paulo, coordenadas pela Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar e pelo Centro de Sinalização Náutica Almirante Moraes Rego para a manutenção dos radiofaróis de Abrolhos, Caravelas e Sergipe.
 
Na oportunidade, os alunos da UERJ praticaram as atividades nas suas áreas de atuação, dentre as quais se destacam as coletas de dados e amostras da água por meio de conjunto CTD/ROSSETI, Termossalinógrafo e Batitermógrafo (XBT). O grupo também realizou uma visita ao radiofarol de Abrolhos, onde testemunhou as tarefas desempenhadas pelos militares da Marinha do Brasil que o guarnecem, enquanto o navio fazia o desembarque de material para a Ilha de Santa Bárbara, onde está localizado o farol.
 
Vale ressaltar que o embarque de alunos e pesquisadores, oriundos de Universidades e Centros de Pesquisa, é uma das contrapartidas da Marinha do Brasil no convênio firmado com Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, com a interveniência da Financiadora de Estudos e Projetos, que permitiram a modernização e adequação do navio, justamente para emprego nessa atividade.
 
Navio fundeado nas proximidades da Ilha de Santa Bárbara