Nomar Online

Marinha beneficia população com atendimentos médicos e odontológicos gratuitos

10/12/2019
 
Dentistas atendem crianças e adultos durante Aciso em Belém-PA
O Comando do 4º Distrito Naval realizou, em Belém-PA, no dia 8 de dezembro, mais uma Ação Cívico-Social (Aciso) a bordo do Navio-Auxiliar (NA) “Pará" para realização de diversas ações de saúde, como testes rápidos (HIV, Sífilis e Hepatite B e C), exames de prevenção ao câncer do colo do útero, vacinação (tríplice viral, antitetânica, hepatite B), atendimentos de clínica médica, atendimentos e procedimentos odontológicos, distribuição de kits de higiene bucal para as crianças e distribuição de mais de 500 medicamentos para a população que procurou auxílio médico no navio.
Com apoio dos profissionais do Hospital Naval de Belém (HNBe), foi realizada também uma ação em especial em alusão ao “Dezembro Laranja”: a campanha de combate ao câncer de pele, que contou com 65 consultas dermatológicas, sendo sete com casos suspeitos de câncer de pele. Médicos e enfermeiros do HNBe realizaram exame de dermatoscopia, distribuição de filtro de proteção solar e palestras educativas para conscientizar a população quanto ao cuidado com a pele.
 
A ação fez parte das comemorações do Com4ºDN na Semana da Marinha, às vésperas do Dia do Marinheiro, comemorado pela Força no dia 13 de dezembro.
 
População contou com orientações sobre prevenção do câncer de pele

Marinha do Brasil participa da 2ª Reunião do Grupo de Trabalho Interforças do Setor Cibernético

10/12/2019
 
Comandante de Defesa Cibernética com os Almirantes participantes do GT Interforças
 
A Marinha do Brasil participou, no dia 26 de novembro, da 2ª Reunião anual do Grupo de Trabalho Interforças (GTI) do Setor Cibernético
 
O GTI teve como objetivo coordenar as atividades do setor em um ambiente conjunto e sinérgico. Os trabalhos desenvolveram-se nas dependências do Comando de Defesa Cibernética (ComDCiber), localizado no Forte Marechal Rondon, em Brasília-DF. Estiveram presentes ao evento Oficiais da Marinha do Brasil (MB), Exército Brasileiro (EB) e Força Aérea Brasileira (FAB), além de representantes do Ministério da Defesa e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).
 
Na ocasião, foram debatidos diversos temas, com destaque para o Sistema Militar de Defesa Cibernética (SMDC); iniciativas de construção de banco de dados e compartilhamento do seu conteúdo entre as Forças com o propósito de consolidação de uma Consciência Situacional Cibernética, no âmbito da Defesa;
 
A reunião foi presidida pelo General de Divisão Guido Amin Naves, Comandante do ComDCiber, um Comando Conjunto em cuja estrutura organizacional integra um Contra-Almirante, Oficiais e Praças da MB.
 
O evento foi coordenado pelo Chefe do Estado-Maior Conjunto do ComDCiber, Contra-Almirante Francisco Neves, e contou com a presença da Diretora de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha, Contra-Almirante Luciana; Diretor do Centro de Inteligência da Marinha, Contra-Almirante Cambra e do Subchefe de Logística do Estado-Maior da Armada, Contra-Almirante André Macedo.
 
O GT Interforças do Setor Cibernético foi mais uma oportunidade para a MB participar de relevantes discussões de temas que navegam no espaço cibernético", Afirmou o Chefe do Estado Maior Conjunto do ComDCiber, Contra-Almirante Francisco Neves.
 
Reunião do GT Interforças no Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército Brasileiro

Grupo de Acompanhamento e Avaliação realiza encontro de pesquisadores e cientistas

10/12/2019
 
Pesquisadores e cientistas no primeiro dia de encontro na EGN
 
O Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha do Brasil (MB), Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), realizou, nos dias 6, 7 e 8 de dezembro, um encontro com cerca de cem pesquisadores e cientistas de 40 universidades e instituições nacionais, atuantes nas regiões afetadas pelo óleo no litoral brasileiro.
 
O encontro ocorreu na Escola de Guerra Naval (EGN), no Rio de Janeiro-RJ, com o objetivo de reunir a comunidade científica, que compõem os sete Grupos de Trabalho (GT), coordenados pelo Professor Doutor Ricardo Coutinho do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), para elaboração de propostas, que visam o monitoramento, a mitigação e a recuperação a curto, médio e longo prazos dos ecossistemas afetados pelo derramamento de óleo no litoral brasileiro.
 
A abertura do evento foi realizada pelo Diretor-Geral de Navegação e Coordenador Operacional do GAA, Almirante de Esquadra Campos. Os GTs integram aspectos científicos, econômicos, tecnológicos e sociais e foram divididos da seguinte maneira:
 
GT1 – Modelagem Numérica e Sensoriamento Remoto: coordenado pelo Prof. Dr. Paulo Nobre (INPE)
GT2 – Avaliação de Fatores Bióticos e Abióticos: coordenado pelo Prof. Dr. Jailson de Andrade (UFBA)
GT3 – Avaliação de Impactos Socioeconômicos: coordenado pelo Prof. Dr. Peter May (UFRRJ)
GT4 – Áreas Protegidas: coordenado pela Prof. Dra. Beatrice Padovani (UFPE)
GT5 – Praias: coordenado pela Prof. Dra. Cecília Amaral (UNICAMP)
GT6 – Manguezais: coordenado pela Prof. Dra. Yara Novelli (USP)
GT7 – Recifes: coordenado pelo Prof. Dr. Adalto Bianchini (FURG)

Colégio Naval recebe a visita da Associação Pestalozzi de Angra dos Reis-RJ

10/12/2019
 
Visita guiada da Associação da Pestalozzi no Colégio Naval
 
O Colégio Naval (CN) recebeu, no dia 29 de novembro, um grupo de 25 jovens da Associação Pestalozzi de Angra dos Reis. Durante a visita, eles conheceram as instalações da organização militar e assistiram a uma apresentação da Banda do Colégio Naval, com a presença dos alunos do Programa Forças no Esporte (Profesp).
A Pestalozzi de Angra dos Reis é uma associação sem fins lucrativos que atende crianças, jovens e adultos que necessitam de assistência psicopedagógica, médica, odontológica, reabilitação e assistência social. A instituição defende e busca garantir a dignidade e os direitos do ser humano e de seus familiares, além da promoção de valores sociais, éticos e morais, como justiça, equidade, igualdade e liberdade das pessoas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades.
 
Apresentação da Banda do Colégio Naval para os alunos do Profesp e da Pestalozzi
 
Com propósito de interagir e integrar os dois grupos, os jovens conheceram os instrumentos que fazem parte da banda e adivinharam as músicas que cada instrumento reproduzia. A atividade musical foi uma forma de romper as barreiras das diferenças, por meio da empatia e a alegria de um Marinheiro.
 

Diretoria de Aeronáutica da Marinha é recebida no Esquadrão 700X da Royal Navy

10/12/2019
 
Comitiva da Marinha durante visita ao Esquadrão 700X
 
Foi realizada uma visita ao Esquadrão 700X, em Culdrose, no Reino Unido, pelo Diretor de Aeronáutica da Marinha, Contra-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira, e o Chefe do Departamento de Gestão do Ciclo de Vida e Apoio Logístico Integrado, Capitão de Mar e Guerra Gilberto Roque Carneiro Junior, em 4 de dezembro.
 
O Esquadrão é responsável pela avaliação de veículos não tripulados na Royal Navy. A visita teve o objetivo aproximar as Marinhas amigas trazendo importantes conhecimentos à Marinha do Brasil.

Câmara celebra o Dia do Marinheiro em sessão solene

10/12/2019
 
Comandante do 7º Distrito Naval discursa em sessão solene
 
 
A Câmara Legislativa do Distrito Federal, por iniciativa do Deputado Roosevelt Vilela, realizou, em 3 de dezembro, sessão solene para celebrar o Dia do Marinheiro. A data é comemorada no dia 13 do mesmo mês, em referência ao nascimento do Almirante Tamandaré, patrono da Instituição.
 
A solenidade teve início com execução do Hino Nacional, pela Banda de Música do Corpo de Fuzileiros Navais, acompanhada pelo coral de crianças atendidas pelo Programa Forças no Esporte (Profesp), do Grupamento dos Fuzileiros Navais de Brasília.
 
Crianças do Profesp entoaram o Hino Nacional
 
Além do parlamentar, compuseram a mesa de honra o Comandante do 7º Distrito Naval, o Diretor de Gestão Corporativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, o Presidente da Sociedade Amigos da Marinha, e o Desembargador Presidente da 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.
 
Após o pronunciamento dos integrantes da mesa, foram entregues moções de louvor a 39 homenageados, em reconhecimento pelo profissionalismo e dedicação à Marinha do Brasil e pelos serviços prestados ao Distrito Federal. Em seguida, a Banda de Música executou a Canção Cisne Branco.
 
Para o Deputado Roosevelt os marinheiros são verdadeiros guardiões do País, sempre trabalhando com patriotismo, lealdade e honestidade de propósito. "Fazemos questão de deixar registrada a nossa admiração pela Marinha, que é exemplo de honra e serviço ao Brasil”.
 
O Sargento Gilson Bezerra da Silva, encarregado do Projeto Forças no Esporte da Estação Rádio da Marinha em Brasília, foi um dos homenageados

Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes realiza Cerimônia de Formatura da Turma II-2019 do Profesp-CEFAN

10/12/2019
 
Formatura da Turma II-2019 do Profesp-CEFAN
O Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) realizou, no dia 6 de dezembro, a Cerimônia de Formatura da Turma II-2019 do Profesp-CEFAN, com a presença da Coordenadora da Pastoral do Menor da Arquidiocese do Rio do Janeiro, Geovana Silva, responsáveis dos alunos e de agentes comunitárias.

Com infraestrutura composta por salas de aulas, campos de futebol, piscinas e quadras poliesportivas capazes de atender à demanda desses jovens, a contribuição do CEFAN não se restringe à prática esportiva. As crianças e jovens atendidos ganham, a cada semana, aulas de reforço escolar, vagas em cursos profissionalizantes, além de palestras que reforçam valores cívicos.
 
Durante a cerimônia, ocorreu a entrega de prêmio aos alunos que mais se destacaram nas seguintes atividades: Taekwondo, Caratê, Judô, Jiu-jitsu, Voleibol, Futebol, Atletismo, Remo Olímpico, Levantamento de Peso, Remo em Escaler, Lutas Associadas e Informática. Ao final, todos os 546 alunos integrantes do Profesp-CEFAN receberam um kit escolar.
O Profesp é um programa coordenado pelo Ministério da Defesa, em parceria com os Ministérios da Educação, da Cidadania e da Família, Mulher e dos Direitos Humanos. Ele é executado pelas Forças Armadas, que disponibilizam pessoal e instalações para oferecer atividades esportivas para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Navios da “Operação Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida” participam da Semana da Marinha

06/12/2019

 

Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico”

 

Ao se aproximar do término da Fase 2 da “Operação Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida”, os navios da Esquadra, integrantes da Força-Tarefa 11 (FT-11), estarão atracados nos portos do Nordeste e Sudeste Brasileiros para participarem das comemorações da Semana da Marinha e estarão abertos à visitação pública.
 
O Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico” está atracado no Porto de Salvador–BA, e será o local da Cerimônia do Comando do 2° Distrito Naval alusiva ao Dia do Marinheiro, no dia 12 de dezembro. Também estará aberto à visitação pública nos dias 7 e 8 de dezembro.
 
O Navio-Doca Multipropósito (NDM) “Bahia” estará atracado, de 8 a 13, em Maceió-AL e a Fragata “Liberal”, em Recife-PE, de 9 a 13. O Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Almirante Saboia” e o Navio-Tanque (NT) “Almirante Gastão Motta” atracarão em Vitória, de 9 a 13 e de 12 a 14 de dezembro, respectivamente.
 

 

     

 Navio-Doca Multipropósito “Bahia"  

                 NDCC “Almirante Saboia”

 
 
A “Operação Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida!”, iniciada em 4 de  novembro, consiste em reforçar o apoio já prestado pelos Distritos Navais na complexa missão de combater, em muitas frentes, o derramamento de óleo que atingiu o litoral do Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil. Foram mobilizados para esse reforço oito navios e oito aeronaves da Esquadra, além de cerca de  900 Fuzileiros Navais, 50 mergulhadores e o transporte de 1.264 toneladas de equipamentos.
 
Até o momento, a FT-11 navegou 27.434 milhas náuticas, realizou 3.330 horas de patrulha, abrangendo cerca de 4 milhões de Km2, e interrogou 425 contatos de interesse.
 

        

NT “Almirante Gastão Motta”
 

                  Fragata “Liberal”

 

 

 

Organizações Militares da Marinha são agraciadas na premiação do Núcleo de Qualidade e Excelência em Gestão do Rio de Janeiro

06/12/2019
 


Vice-Almirante (IM) Wagner (DAdM) participa da banca de autoridades responsável pela entrega dos prêmios para as organizações agraciadas
 
Foi realizada, no dia 03 de dezembro, na sala Cecília Meireles, a Solenidade de entrega do Prêmio Qualidade Rio (PQRio) e Reconhecimento de Nível de Gestão das Melhores Organizações Públicas do Estado do Rio de Janeiro no ciclo 2019.
 
O evento contou com a presença do Diretor de Administração da Marinha e a participação de 30 Organizações Militares da Marinha, as quais foram agraciadas por suas boas práticas em gestão, produzindo resultados relevantes para a instituição e para Sociedade.
 
Foram agraciadas as seguintes OM, nas respectivas categorias:
 
CATEGORIA DIAMANTE NÍVEL III
Base de Hidrografia da Marinha em Niterói.
 
CATEGORIA DIAMANTE NÍVEL II
Pagadoria do Pessoal da Marinha.
 
CATEGORIA DIAMANTE NÍVEL I
Odontoclínica Central da Marinha;
Diretoria de Finanças da Marinha;
Caixa de Construções de Casas para o Pessoal da Marinha; e
Serviço de Identificação da Marinha.
 
 
MEDALHA OURO
Centro de Medicina Operativa da Marinha;
Escola Naval;
Diretoria de Abastecimento da Marinha;
Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro;
Sanatório Naval de Nova Friburgo;
Diretoria de Portos e Costas;
Centro Médico Assistencial da Marinha; e
Unidade Integrada de Saúde Mental.
 
CATEGORIA OURO
Laboratório Farmacêutico da Marinha;
Centro de Instrução e Adestramento Almirante Newton Braga;
Comando em Chefe da Esquadra;
Base Naval do Rio de Janeiro;
Centro de Obtenção da Marinha no Rio de Janeiro;
Depósito de Material de Saúde da Marinha no Rio de Janeiro;
Serviço de Veteranos e Pensionistas da Marinha;
Unidade Médica da Esquadra; e
Centro de Instrução Almirante Milciades Portela Alves.
 
CATEGORIA PRATA
Comando da Força Aeronaval;
Depósito de Sobressalentes da Marinha no Rio de Janeiro;
Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo;
Centro de Coordenação de Estudos da Marinha em São Paulo; e
Policlínica Naval de Niterói.
 
CATEGORIA BRONZE
Base de Fuzileiros Navais da Ilha do Governador; e
Diretoria de Ensino da Marinha.
 


Vice-Almirante (IM) Wagner (DAdM) realiza encerramento da cerimônia de entrega das premiações do Ciclo 2019 do PQRio
 
A participação de um número expressivo de OM demonstra o comprometimento da MB em aprimorar a sua gestão organizacional, com o propósito de gerar melhores resultados, observando os princípios da economicidade e eficiência, no rumo à excelência em gestão.

 

Marinha do Brasil recebe visita de representantes da Organização para a Proibição de Armas Químicas

06/12/2019
 


Representantes da Organização para a Proibição de Armas Químicas e Membros da Marinha do Brasil
 
A Marinha do Brasil recebeu, em 22 de novembro, no Centro de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica da Marinha do Brasil (CDefNBQR-MB), representantes da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) e do Laboratório de Verificação de Armas Químicas (LAVEMA), da Espanha,  a fim de conhecerem a estrutura laboratorial utilizada na realização dos Testes de Proficiência planejados por aquela Organização.
 
A visita contou com a presença da Chefe do Laboratório de Verificação de Armas Químicas (LAVEMA), da Espanha, Maria Esther Gomez Caballero, do Químico Sênior do Laboratório da OPAQ, Stuart Thomson, e do Analista Sênior de Cooperação Internacional, Sergey Zinoviev, bem como Oficiais e Praças da MB, membros da Equipe Multidisciplinar do Programa de Testes da OPAQ.
 
O Comandante do CDefNBQR-MB, Capitão de Mar e Guerra (FN) Márcio da Mota Xerém, ministrou palestra sobre o Sistema de Defesa NBQR da Marinha do Brasil e as capacidades laboratoriais, contemplando o Laboratório Móvel, o futuro Laboratório Fixo de Análises Químicas e suas potencialidades. Em seguida, houve visita às instalações deste Centro de Defesa e ao Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM) onde, atualmente, são realizadas as análises dos testes.
 
A visita faz parte de um projeto patrocinado pelo Reino Unido, no qual a OPAQ prestará consultorias visando à designação de laboratórios na América do Sul como referência em análises de agentes químicos de guerra. A participação da MB no projeto é importante para o aprimoramento do Sistema de Defesa NBQR-MB e suas capacidades laboratoriais, por agregar novos conhecimentos e troca de experiências com pesquisadores de outros países, bem como para reafirmar o papel da MB como responsável pelo Setor Nuclear da Estratégia Nacional de Defesa.
 


Palestra ministrada sobre Sistema de Defesa NBQR da Marinha do
Brasil e capacidades laboratoriais do Centro de Defesa NBQR-MB

 

Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul assina termo com Prefeitura de Pelotas para “Operação Verão”

06/12/2019
 


Capitão dos Portos e Prefeita de Pelotas
 
A Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul (CPRS) realizou, no dia 22 de novembro, a assinatura de um termo de intenções para um convênio com a Prefeitura de Pelotas sobre a “Operação Verão” 2019/2020.
 
Na ocasião, estiveram presentes, nas dependências da Prefeitura, representantes de clubes náuticos da cidade, instituições de segurança e órgãos fiscalizadores, como Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, além de secretários municipais.
 
A “Operação Verão”, que inicia em 15 de dezembro e será finalizada em 15 de março, tem como objetivo promover a segurança da navegação e a salvaguarda da vida humana no mar. A CPRS ainda realizará outras reuniões preparatórias do Conselho de Assessoramento para reiterar as principais atividades a serem desenvolvidas durante o veraneio, na praia do Laranjal.

 

Estudantes da Ilha do Governador participam do evento Pátria Amada Brasil, no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo

06/12/2019


Alunos das escolas recebidas no Centro de Instrução Almirante
Sylvio de Camargo  e a tripulação
 
Foi realizado, no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), na Ilha do Governador, o evento Pátria Amada Brasil, no dia 12 de novembro.
 
O objetivo do evento foi incentivar alunos do Ensino Fundamental e Médio de diversas escolas do Rio de Janeiro o espírito cívico e a valorização dos símbolos nacionais. Entre os estudantes participantes, estiveram presentes na cerimônia  aproximadamente 150 alunos da Escola Municipal Maestro Francisco Braga e da Escola Municipal Cuba, da Ilha do Governado; da Escola Municipal Ruy Barbosa, de Bonsucesso e da Escola Gau da Penha, de Olaria.
 
Após presenciarem um cerimonial à Bandeira, os alunos assistiram também a uma palestra sobre os Valores do Corpo de Fuzileiros Navais e conheceram um pouco mais sobre os meios e o pessoal da Marinha do Brasil. O evento faz parte do Programa de Otimização de Desempenho e Emprego de Recursos Humanos do Corpo de Fuzileiros Navais.
 


Crianças do Programa “Forças no Esporte" realizam uma apresentação musical

Câmara Municipal de Porto Alegre presta homenagem ao “Dia do Marinheiro”

06/12/2019
 


Homenagem à Marinha do Brasil na Câmara Municipal de Porto Alegre-RS
 
A Câmara Municipal de Porto Alegre prestou uma homenagem à Marinha do Brasil pelo Dia do Marinheiro. O Período de Comunicações, realizado durante a Sessão Ordinária do dia 28 de novembro no Plenário Otávio Rocha, foi proposto pela Mesa Diretora da casa, presidida pela vereadora Mônica Leal.
 
Estiveram presentes no evento o Capitão dos Portos de Porto Alegre, Capitão de Mar e Guerra Rafael Santos, representando o Comandante do 5º Distrito Naval; o Coronel Rogério da Silva Costa, representando o Comando Militar do Sul; o Tenente-Coronel Itamar Souza dos Reis, representando a Ala 3; o Presidente do Tribunal de Justiça Militar, Desembargador Militar Paulo Roberto Mendes Rodrigues; e o Superintendente Estadual da Agência Brasileira de Inteligência, Raul Loureiro Queiroz, além de militares da Capitania, vereadores, autoridades locais e integrantes da Sociedade Amigos da Marinha de Porto Alegre.
 
Ao iniciar a homenagem, a vereadora Mônica Leal ressaltou que a data será celebrada no próximo dia 13 de dezembro, dia de nascimento do Patrono da Marinha Brasileira, Joaquim Marques de Lisboa, o Marquês de Tamandaré.
 
Em seguida, o Capitão dos Portos de Porto Alegre agradeceu a homenagem e destacou a trajetória do Almirante Tamandaré. Sobre a atuação da Marinha do Brasil, frisou o profissionalismo de seus integrantes, que auxiliam populações ribeirinhas, comunidades atingidas por desastres naturais, apoiam pesquisas científicas na Antártida e contribuem para a garantia da paz no Atlântico Sul. Ao encerrar sua manifestação, afirmou que reverenciar os marinheiros é exaltar a Marinha do Brasil.

Comando do 6º Distrito Naval promove Simpósio “Amazônia Azul”

06/12/2019


Evento reuniu aproximadamente 130 pessoas, entre civis e militares
 
O Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN) promoveu, no dia 28 de novembro, em Corumbá-MS, o Simpósio “Amazônia Azul”, mais uma ação acerca do tema homenageado em novembro. O evento reuniu cerca de 130 pessoas, entre civis e militares, com o objetivo de ampliar a compreensão sobre a importância do mar e dos rios para o povo brasileiro.
 
A abertura do evento, promovido no auditório do Senac, foi realizada pelo Chefe do Estado-Maior do Com6ºDN, Capitão de Mar e Guerra (FN) Alexandre José Gomes Dória, que apresentou o tema central “Amazônia Azul”, ressaltando, ainda, as peculiaridades e atividades desenvolvidas na área de jurisdição do Com6ºDN.
 
Dentre as palestras, destacaram-se as que abordaram os trabalhos da Capitania Fluvial do Pantanal e do Serviço de Sinalização Náutica do Oeste na Segurança do Transporte Aquaviário. 
 
Ao final das apresentações, o público esclareceu dúvidas com os palestrantes acerca dos assuntos abordados.
 


Palestrantes do Simpósio “Amazônia Azul”

 

Comando do 7º Distrito Naval realiza palestra sobre “Amazônia Azul e os Projetos Estratégicos da Marinha”

06/12/2019


Capitão dos Portos de Brasília na sede da Associação Comercial e Industrial de Anápolis
 
O Capitão dos Portos de Brasília, Capitão de Fragata Paulo Marcelo Löer, ministrou a palestra “Amazônia Azul e os Projetos Estratégicos da Marinha”, sobre a importância do mar e dos projetos da Marinha do Brasil, na sede da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA), em Anápolis-GO, no dia 29 de novembro.
 
A palestra foi organizada pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-GO), em parceria com a ACIA, com o Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Anápolis e com o Comitê da Indústria de Defesa e Segurança de Goiás.
 
Durante sua palestra, o Comandante Löer apresentou informações acerca das fases do Plano de Levantamento da Plataforma Continental Brasileira e dos programas de pesquisa científica da Marinha nos rochedos do Arquipélago de São Pedro e São Paulo e na Ilha de Trindade, que garantem ao País a habitação permanente de rochedos e a consequente soberania econômica sobre a Zona Econômica Exclusiva no seu entorno.
 
A importância dos programas estratégicos também foi abordada, com a divulgação de dados relevantes, em especial, sobre o Programa de Desenvolvimento de Submarinos, o Programa Nuclear da Marinha, o Projeto “Classe Tamandaré” e o Míssil Anti-Navio Nacional de Superfície.

 

Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro sedia XV Reunião de Operadores de Turbinas Rolls-Royce da América do Sul

06/12/2019
 


Assinatura da ata da reunião
 
O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) sediou, de 26 a 28 de novembro, a XV Reunião de Operadores de Turbinas Rolls-Royce da América do Sul, que reuniu representantes da Marinha do Brasil (MB), da Armada da Argentina (ARA), da Marinha da Grécia e da empresa Rolls-Royce.
 
No primeiro dia, foi realizado o I Fórum sobre Manutenção de Turbinas a Gás, no Auditório do AMRJ, com a participação de empresas nacionais e estrangeiras, que apresentaram propostas para o fornecimento de serviços para a manutenção das turbinas a gás Tyne e Olympus, de fabricação Rolls-Royce, focando no aperfeiçoamento do estado operacional dos navios.
 
Os outros dois dias foram dedicados à leitura da ata do encontro anterior, seguida de apresentações técnicas da Marinha do Brasil, da Armada da Argentina, da Marinha da Grécia e da Rolls-Royce, com discussões e elaboração da ata da reunião.
 
Desde 2004, a MB, a ARA e a Armada do Chile (ARCH) realizam ações para possibilitar o apoio técnico e logístico das turbinas a gás “Tyne” e “Olympus”, por meio do intercâmbio técnico de pessoal. Este ano, a empresa ARCH não conseguiu enviar representantes, e a Marinha da Grécia, que participava das reuniões como convidada, tornou-se membro permanente.

 

Escola de Guerra Naval realiza o Minicurso Cenários Prospectivos

06/12/2019
 


O minicurso  abordou assuntos de defesa, especialmente ligados ao mar, integrando militares e civis
 
No período de 25 a 29 de novembro, o Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval promoveu a 3ª edição anual do Minicurso Cenários Prospectivos, que teve o propósito de ofertar aos alunos metodologias de elaboração de cenários e outros métodos prospectivos.
 
O evento foi estruturado em três blocos, ministrados por profissionais qualificados, estruturado da seguinte forma: Estudos de futuro: cenários, práticas e metodologias; Subgrupos de pesquisa de Cenários Prospectivos no LSC; e Palestras das organizações BNDES, Macroplan e Brainstorming. O Laboratório buscou promover a conscientização junto ao setor acadêmico quanto aos assuntos de Defesa, particularmente os ligados ao mar.
 
Para as 40 vagas oferecidas pelo LSC, inscreveram-se 200 candidatos oriundos de   dezenas de instituições de ensino superior (entre graduandos e pós-doutorandos) de diferentes regiões do país e do exterior. A pluralidade de docentes e discentes   oportunizou também a prática de networking e incrementou a divulgação do pensamento prospectivo.

 

Escola de Guerra Naval sedia o Seminário Internacional “A Economia do Mar como Política de Desenvolvimento”

04/12/2019
 
O Diretor de Portos e Costas destacou que Cluster Tecnológico Naval “promoverá o adensamento das cadeias produtivas relacionadas à Economia do Mar”
 
A Escola de Guerra Naval (EGN) sediou o I Seminário Internacional “A Economia do Mar como Política de Desenvolvimento”/I International Seminar - Rio's Maritime Cluster Day, em 21 de novembro. O evento foi promovido pela Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON) e teve o objetivo de ampliar e difundir o conhecimento acerca de setores e atividades econômicas que tenham o mar como foco, abordando a organização geográfica da produção e seus efeitos, assim como as potencialidades para a cadeia produtiva relacionadas ao setor naval militar e mercante.
 
O Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Roberto Godim Carneiro da Cunha, representou o Comandante da Marinha e Autoridade Marítima Brasileira, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, na abertura do evento. Ao observar o conceito de cluster (agrupamento geograficamente concentrado de empresas inter-relacionadas e instituições correlatas vinculadas por elementos comuns e complementares), destacou que Cluster Tecnológico Naval do Rio de Janeiro (CTN-Rio) “promoverá o adensamento das cadeias produtivas relacionadas à Economia do Mar, à construção e reparação naval e mercante; e à Economia de Defesa. Também gerará estímulos à Economia do Mar, subsidiará e fortalecerá a Plataforma de Exportações da Base Industrial de Defesa”. Segundo ele, por meio da capacidade de governança, o modelo poderá expandir-se e tomar pujança nacional na forma de Cluster Marítimo.
 
Na sequência, o Presidente da EMGEPRON, Vice-Almirante Edesio Teixeira Lima Junior, abordou o tema “O Cluster Tecnológico Naval: um instrumento para o desenvolvimento econômico e social”.
 
Durante o seminário, foram apresentados casos nacionais e internacionais de sucesso de clusters, contando com as participações do Vice-Diretor Executivo do Polo do Mar Bretanha Atlântico, Phil Monbet; do especialista em Negócios no Departamento de Comércio Internacional do Reino Unido, Chris Wall; do Diretor-Presidente do Arranjo Produtivo Local Marítimo do Rio Grande do Sul, Arthur Rocha Baptista; do Coordenador do Cluster Aeroespacial de São José dos Campos, Marcelo Nunes da Silva; do Diretor-Presidente da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria, Tiago Martini Sanchotene; e da Professora Doutora Andréa Carvalho, da FURG (Universidade Federal do Rio Grande).
 
Na ocasião, foi procedida a assinatura do Termo de Cooperação entre as Partes do Cluster Tecnológico Naval do Rio de Janeiro, do qual participou também a Escola de Guerra Naval.

 

Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste é ativado em Paranaguá

04/12/2019
 
Comandantes atual e nomeado do 8º Distrito Naval com a
tripulação do recém-ativado SSN-8
 
Em cerimônia militar presidida pelo Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, foi realizada a Mostra de Ativação do Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste (SSN-8), em 29 de novembro, em Paranaguá-PR. A nova organização Militar tem como missão operar, manter, instalar, desativar e fiscalizar os sinais de auxílio à navegação, fixos e flutuantes em dois estados: São Paulo e Paraná. A área de abrangência das atividades envolve a segurança da navegação marítima em dois dos principais portos comerciais do Brasil: o Porto de Santos, em São Paulo; e o Porto de Paranaguá, no Paraná.
 
A Mostra de Ativação do SSN-8 aconteceu nas instalações da Capitania dos Portos do Paraná (CPPR), às margens do Rio Itiberê em Paranaguá. O Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste funcionará na mesma sede da CPPR. A solenidade contou ainda com a presença do Comandante do 8º Distrito Naval nomeado, Vice-Almirante Sergio Fernando de Amaral Chaves Junior, além de autoridades militares e civis do litoral paranaense. Assumiu como Encarregado do SSN-8 o Capitão-Tenente Fabiano Correia das Neves.
 
O SSN-8 será uma organização militar com semiautonomia administrativa, sendo apoiado pela Capitania dos Portos do Paraná, que proverá os recursos de pessoal e financeiros necessários à execução de suas tarefas.
 
Mostra de Ativação do SSN-8

 

Comando do 4º Distrito Naval promove Seminário sobre Amazônia Azul e sua conexão com a Amazônia Legal

04/12/2019
 
O Comandante do 4º Distrito Naval com palestrantes
durante o período de debates do seminário
 
O Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN) promoveu, no dia 29 de novembro, o seminário “As Amazônias: a importância da Amazônia Azul e sua conexão com a Amazônia Legal”, como parte das ações para celebrar o Dia Nacional da Amazônia Azul, ocorrido no dia 16 de novembro.
 
O seminário foi presidido pelo Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Newton de Almeida da Costa Neto, e contou com a presença de representantes da sociedade civil, comunidade marítima, alunos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, entre outros.
 
Explorando a temática do encontro entre a Amazônia Azul e a Amazônia “verde”, foram apresentadas três palestras:
 
A primeira, ministrada pelo Imediato do Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar, Capitão de Fragata Leonardo José de Pádua Andrade, expôs “a importância da formação e aperfeiçoamento do pessoal da Marinha Mercante para operar na Amazônia Azul”.
 
A segunda palestra foi ministrada pelo Capitão dos Portos da Amazônia Oriental, Capitão de Mar e Guerra Manoel Oliveira Pinho, o qual apresentou os “aspectos de Segurança da Navegação e do Tráfego Marítimo e Aquaviário na interligação entre a Amazônia Azul e a Amazônia Legal”.
 
O ciclo de palestras foi finalizado pelo Comandante do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, Capitão de Mar e Guerra Robledo de Lemos Costa e Sá, que discorreu sobre os “aspectos de Defesa do Portal da Amazônia”.
 
Após as palestras, foi realizado um período de debates, aberto para participação do público, aprofundando alguns tópicos explorados durante as apresentações.
 
O Dia Nacional da Amazônia Azul foi instituído pela Lei nº 13.187/2015 com o intuito de conscientizar a população sobre o patrimônio existente nas águas brasileiras, além da imperativa necessidade de preservar e proteger o tesouro nacional.

 

Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes realiza III Simpósio de Educação Física da Marinha

04/12/2019
 
III Simpósio de Educação Física
 
O Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) realizou, em 25 de novembro, III Simpósio de Educação Física da Marinha. O evento contou com a participação de cerca de 251 profissionais, civis e militares, das áreas de Educação Física, Fisioterapia e Nutrição.
 
A programação foi elaborada com o propósito de debater e divulgar informações atualizadas na área da Educação Física e do Desporto, trazendo profissionais e instituições do meio acadêmico e esportivo.
 
O I Simpósio de Educação Física, realizado em 2017, tratou das questões de prevenção da rabdomiólise e de reabilitação; e o II Simpósio, realizado em 2018, abordou temas relevantes à fisiologia do exercício e aspectos biomecânicos da atividade física. Já nesta edição, no ano de 2019, os temas abordados foram a relação de prática de atividades físicas com a saúde mental, o uso da Termografia para a Prevenção de Lesões; variáveis neuromotoras para o desempenho operacional, além da apresentação de trabalhos acadêmicos de Oficiais da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira (FAB), fruto da parceria entre a Universidade da Força Aérea (UNIFA) e o CEFAN.
 
O seminário contou com a presença do Presidente do Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região e de reconhecidos profissionais do meio acadêmico, como o Dr. Eduardo da Matta Mello Portugal (Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ), o Dr. Luiz Carlos S. de Oliveira (Faculdades Reunidas da ASCE – FRASCE), o Dr. Inácio Antônio Seixas da Silva (Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ), o Dr. Renato Oliveira Massaferri (Universidade da Força Aérea – UNIFA), além de representantes de outras instituições.
 
O CEFAN reforçou seu papel de fomentar o debate relativo às atividades de Educação Física e dos Desportos no âmbito da Marinha do Brasil, além de pesquisas com ênfase no Desempenho Humano Operativo, fundamental para melhorar a condição física dos militares.

 

Marinha do Brasil realiza última cerimônia de substituição da Bandeira Nacional do ano

03/12/2019
 
A nova Bandeira foi hasteada ao som do Hino Nacional
 
A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 7º Distrito Naval (Com7ºDN), realizou a última cerimônia cívico-militar de substituição da Bandeira Nacional do ano. O evento aconteceu no domingo, 1º de dezembro, na Praça dos Três Poderes, em Brasília-DF, e foi presidido pelo Comandante da Marinha.
 
A nova Bandeira foi hasteada ao som do Hino Nacional, executado pela Banda de Música do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB), enquanto eram soados sete vivas em toque de apito marinheiro e efetuada uma salva de 21 tiros de canhão.
 
Após alcançar o topo do mastro, a antiga Bandeira foi arriada ao som do Hino à Bandeira, entoado por duas cantoras líricas. A solenidade foi encerrada com um desfile da Guarda de Honra, formada por uma Guarda Bandeira, um pelotão de marinheiros e dois pelotões de fuzileiros navais, além da Banda de Música do GptFNB.
 
Comandante da Marinha premiou os vencedores do
Concurso de Redação “Operação Cisne Branco”
 
Logo em seguida, foi realizada a premiação do Concurso de Redação “Operação Cisne Branco”, com a entrega do troféu e das medalhas pelo Comandante da Marinha aos vencedores da área de jurisdição do Com7ºDN. A competição é promovida anualmente entre alunos dos ensinos Fundamental e Médio, em todos os Distritos Navais.
 
Na sequência, o público presenciou uma apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais, que executou canções contemporâneas e natalinas. A Banda surpreendeu a todos, assumindo diferentes formas durante seu deslocamento, como árvore de Natal e âncora, que puderam ser vistas do alto, por meio de um telão.
 
Simultaneamente, foi realizada as exposições “A Marinha no Planalto Central”, “A Marinha na Antártica” e “Amazônia Azul”, com exibição de maquetes de embarcações militares, motocicletas do Corpo de Fuzileiros Navais, uniformes militares e painéis informativos.
 
Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais agraciou o público
com repertório eclético
 
Prestigiaram a cerimônia alunos do Colégio Militar Dom Pedro II, do Colégio Militar Tiradentes, do Grêmio Naval do Colégio Militar de Brasília, do Centro de Ensino Fundamental Santos Dumont, do Colégio La Salle de Águas Claras, jovens dos Grupos de Escoteiros RK 58º e Mar Corsários do Cerrado, e da Guarda Mirim Social de Brasília.
 
Também participaram do evento crianças atendidas pelo Programa Forças no Esporte (Profesp) do GptFNB, e integrantes do Clube da Terceira Idade do Varjão do Rotary Club Brasília Centenário.

DGDNTM promove 10º Encontro Técnico de Materiais e Química

03/12/2019
 
Foto oficial do evento no auditório da COPPE/UFRJ
 
A Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM) deu início, em 27 de novembro, à 10ª Edição do Encontro Técnico de Materiais e Química (10º ETMQ), nas dependências do Centro de Gestão Tecnológica (CGETEC) do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), por meio do Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM), subordinado ao Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ).
 
O 10º ETMQ, cuja abertura oficial foi presidida pelo Diretor do CTMRJ, Contra-Almirante (EN) Luiz Carlos Delgado, foi marcado pela participação de representantes de organizações que constituem o meio acadêmico e o setor produtivo, como: Universidade Federal do Rio de Janeiro, Divisão de Química e Divisão de Materiais do Instituto de Aeronáutica e Espaço, Universidade Federal de Campina Grande, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto SENAI de Inovação, Universidade Estadual de São Paulo, Instituto Militar de Engenharia, Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, Centro Tecnológico do Exército, Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais e Petróleo Brasileiro S.A.. Destacam-se também o atendimento ao Encontro de importantes instituições de excelência do exterior, como a Swedish Defence Research Agency (FOI / Suécia), Eurenco-Bofors (Suécia) e Fraunhofer Institute of Chemical Technology (Fraunhofer ICT / Alemanha).
 
O 10º ETMQ integrou o calendário de atividades 2019 da DGDNTM, e se insere na área temática dedicada às Plataformas Navais, Aeronavais e de Fuzileiros Navais, em observância ao preceituado na Estratégia de CT&I da Marinha. O encontro teve como objetivo promover o intercâmbio de informações entre pesquisadores, engenheiros e técnicos nas áreas de materiais compósitos, energéticos, cerâmicos, poliméricos, metálicos e técnicas analíticas, visando ao estímulo do desenvolvimento de atividades científico-tecnológicas de interesse da Marinha, do Ministério da Defesa e da comunidade científica, em seu caráter mais amplo.

Comando do 8º Distrito Naval promove Simpósio sobre a Amazônia Azul

02/12/2019

Doutora Maria Helena Rolim ministra palestra no Simpósio Amazônia Azul
 
Como parte das ações para celebrar o Dia Nacional da Amazônia Azul, foi realizado um Simpósio na Assembleia Legislativa de São Paulo, com a apresentação de palestras, abordando temas relacionados ao assunto, em 21 de novembro.
 
O Simpósio Amazônia Azul, presidido pelo Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, contou com três palestras. A primeira, ministrada pelo Almirante de Esquadra (FN) Álvaro Augusto Dias Monteiro, abordou o contexto oceanopolítico do Atlântico Sul.
 
A segunda palestra foi ministrada pelo Gerente de Suporte Operacional da Petrobras na Bacia de Santos, Márcio Paulo Naumann, apresentando a evolução histórica da prospecção e exploração de óleo e gás no mar, em especial no Pré-sal.
 
O ciclo de palestras foi finalizado pela professora do Instituto de Direito Marítimo Internacional da IMO e consultora da ONU na área do Direito do Mar, Doutora Maria Helena Fonseca de Souza Rolim, esclarecendo tópicos relacionados ao direito do mar.
 
O Dia Nacional da Amazônia Azul foi instituído pela Lei nº 13.187/2015 com o intuito de conscientizar a população sobre o patrimônio existente em águas brasileiras.
 

Brasil é reeleito para o Conselho da Organização Marítima Internacional

02/12/2019

Organização Marítima Internacional
 
Com uma delegação composta por representantes da Marinha do Brasil, do Ministério das Relações Exteriores,  da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), do Conselho Nacional de Praticagem (CONAPRA) e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos (CONTTMAF), o Brasil foi reeleito, na categoria B, para o biênio 2020/2021, como membro do Conselho da Organização Marítima Internacional (IMO) na 31ª Sessão da Assembleia, realizada em Londres, no período de 25 a 29 de novembro.   
 
A assembleia é o órgão máximo da IMO, composto atualmente por 174 Estados-Membros, que se reúne uma vez a cada dois anos e é responsável por aprovar o programa de trabalho e o orçamento; determinar acordos financeiros; e eleger o Conselho da Organização, o qual é composto atualmente por 40 membros, distribuídos em três categorias: A (10 membros), B (10 membros) e C (20 membros).
 
O Brasil é membro ininterrupto desde 1967 e, desde 1975, ocupa assento nesta categoria, que é destinada aos Estados com interesse no comércio marítimo mundial. A importância e a credibilidade do País no cenário marítimo internacional foram mais uma vez reconhecidas, o que garante a condição de contribuir de forma atuante e participativa, para as decisões voltadas para promover um transporte marítimo seguro, ambientalmente sustentável, eficiente e em um ambiente de cooperação entre os Estados.
 

Marinha celebra acordos de cooperação em Londres

02/12/2019

Vice-Almirante Roberto (DPC) e Diretora da Agência de Transporte Marítimo do Ministério da Economia e Desenvolvimento Sustentável da Geórgia, Tamara Ioseliani, celebram acordo
 
A Marinha do Brasil, representada pelo Diretor de Portos e Costas (DPC), Vice-Almirante Roberto Gondim Carneiro da Cunha, celebrou dois instrumentos de cooperação bilateral interinstitucionais, no dia 25 de novembro, na Organização Marítima Internacional (IMO), em Londres. Um deles com a Grécia, por meio do seu Ministério dos Assuntos Marítimos e Política Insular, e o outro com a Geórgia, via a Agência de Transportes Marítimos do Ministério da Economia e Desenvolvimento Sustentável daquele país.
 
Em conformidade com os requisitos da Regra I/10 da Convenção Internacional sobre Padrões de Instrução, Certificação e Serviço de Quarto para Marítimos, de 1978, como emendada (Convenção STCW), incluindo as disposições relacionadas do Código de Instrução, Certificação e Serviço de Quartos para Marítimos, os instrumentos de cooperação bilateral objetivam o reconhecimento dos certificados STCW dos marítimos que realizaram cursos em suas respectivas escolas de formação, a fim de que possam servir nos navios que arvorem as bandeiras dos partícipes, observada a legislação de cada país, em relação à dotação das tripulações embarcadas.
 
Também participaram da cerimônia de assinatura o Representante do Brasil junto à Organização Marítima Internacional, Almirante de Esquadra Sergio Roberto Fernandes dos Santos, bem como o seu substituto, Almirante de Esquadra Luiz Henrique Caroli, além de autoridades dos Estados envolvidos.
 

Assinatura do instrumento de cooperação entre o Vice-Almirante  Roberto (DPC) e o Diretor-Geral de Transportes Marítimos no Ministério de Assuntos Marítimos e Política Insular da Grécia, Capitão de Mar e Guerra Christos Kontorouchas
 

Capitania dos Portos de São Paulo sedia o 1º Exercício de Segurança Física Nuclear em Porto

02/12/2019

O exercício reuniu cerca de 60 profissionais de 22 entidades participantes
 
No período de 26 a 28 de novembro, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Órgão Central do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Sipron), em coordenação com a Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (CONPORTOS), a Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP) e a Marinha do Brasil (MB), supervisionou o 1º Exercício de Segurança Física Nuclear em Porto (ESFPORTO), realizado nas instalações da Capitania dos Portos de São Paulo, em Santos.  
 
Estiveram presentes na cerimônia de abertura do exercício, o Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante, Claudio Henrique Mello de Almeida; o Secretário de Coordenação de Sistemas do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Contra-Almirante Antonio Capistrano de Freitas Filho; o Comandante da 1ª Brigada de Artilharia Anti-Aérea, General de Brigada Alexandre de Almeida Porto; o Presidente da Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos Terminais e Vias Navegáveis – Conportos, Delegado da Polícia Federal Dr. Marcelo João da Silva, e o Diretor Presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo, Dr. Casemiro Décio dos Reis Lima Carvalho.
 
Na abertura do exercício, foram realizadas simulações de controle de emergência de natureza Nuclear, biológica, química e radiológica (NBQR) por equipe do Batalhão de Defesa NBQR de Aramar, bem como exposição estática dos equipamentos empregados por aquela cidade.
 
O exercício, que tem como propósito identificar as capacidades das organizações envolvidas e aprimorar a resposta do Estado brasileiro frente a essa adversidade, foi elaborado em um cenário fictício, criado pela Direção do Exercício (DIREX) e pelos integrantes da Força Adversa, simulando incidentes no transporte de material nuclear e radiológico no maior porto da América Latina.
O adestramento teve como objetivo testar os protocolos e procedimentos para, de forma coordenada, gerenciar todas as capacidades dessas organizações e gerar ações preventivas para esse tipo de acidente.
 

Simulação realizada pela equipe de resposta do Batalhão de Defesa de Aramar NBQR
 

Diretoria de Hidrografia e Navegação promove seminário internacional sobre ciência oceânica

02/12/2019

O evento foi em preparação para a Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável
 
A Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) realizaram, de 25 a 27 de novembro, na Escola de Guerra Naval (EGN), o Seminário Regional do Atlântico Sul, em preparação para a Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030).
 
A Década, proclamada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 5 de dezembro de 2017, visa à criação de um novo alicerce, por meio da interface ciência-política, a fim de aumentar a gestão dos oceanos e das zonas costeiras em benefício da humanidade. Busca fortalecer a cooperação internacional exigida para desenvolver pesquisas científicas e tecnologias inovadoras que sejam capazes de conectar a ciência oceânica com as necessidades da sociedade.
 
Durante sua fase preparatória, entre 2018 e 2020, a Assembleia Geral da ONU encarregou a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI/UNESCO) de preparar e coordenar a elaboração de um Plano de Implementação para a Década. O processo inclui a realização, pelos Estados-Membros da COI – entre eles o Brasil –, de seminários regionais no intuito de subsidiar o Plano.
 
O Seminário Regional do Atlântico Sul contou com a presença de cerca de 120 pessoas, entre militares da Marinha do Brasil, representantes civis de países da costa atlântica da América do Sul e Caribe, da África lindeiros ao Atlântico Sul e Equatorial, além de especialistas convidados da América do Norte e Europa. Os participantes reuniram-se em sete grupos de trabalho, para discutir ações em prol de um oceano limpo, saudável, resiliente, previsível, seguro, produtivo, explorado sustentavelmente, transparente, acessível e valorizado por todos.
 

Capitania dos Portos de São Paulo realiza premiação da Operação “Cisne Branco”

02/12/2019

 

Capitão dos Portos de São Paulo na premiação dos primeiros alunos colocados no Concurso de Redação da Operação Cisne Branco
 
A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) realizou a premiação da Operação “Cisne Branco” – 2019, no Cais da Marinha, com a presença de instituições de ensino da Baixada Santista, Grupos de Escoteiros e organizações locais de incentivo aos esportes náuticos como o Projeto Navega São Paulo-Núcleo Praia Grande.
  
Os trabalhos selecionados no concurso de Redação da Operação “Cisne Branco” – 2019, cujos temas este ano foram, do Ensino Fundamental: “Se eu Fosse Marinheiro, o que faria pelo Brasil” e do Ensino Médio: “Antártica – A importância da Marinha para a presença do Brasil no continente gelado”, tiveram como premiados, respectivamente, os alunos Estevan Cruz dos Santos, da Escola Municipal “Cidade da Criança”, Município da Praia Grande e Ellion Santana de Jesus, do Projeto Navega São Paulo, também, da Praia Grande.
 
A Operação “Cisne Branco” é um concurso de redação realizado em âmbito nacional para alunos dos Ensinos fundamental e médio, e busca despertar nos jovens, pais e professores o interesse por assuntos ligados ao Poder Naval, Poder Marítimo, “Amazônia Azul” e História Naval do Brasil.

 

Cerimônia de premiação do Concurso de Redação da Operação Cisne Branco-2019
 

Base Naval do Rio Janeiro finaliza obra de eficiência energética em conjunto com a ENEL Distribuição RIO

02/12/2019
Nove organizações militares do Complexo Naval de Mocanguê foram beneficiadas
 
No dia 27 de novembro de 2019, a Base Naval do Rio de Janeiro finalizou, em conjunto com a ENEL Distribuição Rio, a obra de eficiência energética iniciada em 2018, a partir da chamada pública realizada no ano de 2017, a qual beneficiou nove Organizações Militares localizadas no Complexo Naval de Mocanguê.
 
 A distribuidora realizou a substituição de 35 aparelhos de ar-condicionado ineficientes por modelos Split Inverter e fez a troca de mais de 3.600 lâmpadas por outras com tecnologia LED, que são mais eficientes e consomem menos energia. A iniciativa possibilitará a redução de cerca de 50% do consumo mensal em iluminação e climatização, ou o equivalente ao abastecimento de 264 casas populares por ano.
 
Esta obra permite que a Marinha do Brasil avance nas questões sustentáveis e também na economia financeira, uma vez que haverá redução nos gastos relacionados ao consumo de energia da BNRJ e das demais OM.  Estiveram presentes na cerimônia a Diretora de Sustentabilidade e o responsável de Projetos de Sustentabilidade da ENEL, além de Titulares de OM do CNM e o Comandante da Base Naval.
 
Após a cerimônia, os presentes descerraram uma placa comemorativa ao evento, junto ao prédio de Administração da BNRJ. A Base Naval do Rio de Janeiro já está participando de nova chamada pública da distribuidora para o ano de 2020, com proposta que amplia as ações de sucesso deste primeiro projeto de eficiência energética, englobando a substituição de novas lâmpadas, atualização de circuitos elétricos e substituição de aparelhos de ar condicionado.
 
Militares da Marinha do Brasil e membros da ENEL Distribuição Rio
 

Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará promove visita de escoteiros ao Porta-Helicópteros Multipróposito “Atlântico”

29/11/2019

1º Grupo de Escoteiros do Mar “Marcílio Dias”
visita o PHM “Atlântico”, em Fortaleza-CE

 

A Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará promoveu, no dia 24 de novembro, a visita de 40 integrantes do 1º Grupo de Escoteiros do Mar “Marcílio Dias” (1º GEMar) ao Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico”, Navio Capitânia da Esquadra Brasileira.
 
Os escoteiros conheceram os principais compartimentos do navio e um dos helicópteros utilizados nas operações navais. O Diretor-técnico do 1º GEMar, Ricardo Bastos, destacou a importância da visita. “Conhecer as embarcações da Marinha do Brasil proporciona conhecimento sobre a logística naval e a preservação da ‘Amazônia Azul’ para as nossas crianças”.
 
O PHM “Atlântico” esteve no Ceará em reforço às ações de combate ao óleo nas praias por meio da Operação “Amazônia Azul, Mar limpo é vida”.
 

Alunos do Colégio Naval participam do 34° Campeonato Brasileiro da Classe Dingue

29/11/2019

 

Os alunos do Colégio Naval garantiram o 2º lugar geral na categoria juvenil

 

Nos dias 15, 16 e 17 de novembro, aconteceu, no Clube Naval Charitas, em Niterói-RJ, mais uma edição do Campeonato Brasileiro de Vela da Classe Dingue, veleiro monotipo tripulado por dois atletas.
 
A tradicional competição acontece uma vez por ano e reuniu os melhores do Brasil na classe que disputam oito regatas e duram, em média, de 45 a 50 minutos cada.
 
A competição teve a participação de cinco barcos do Grêmio de Vela do Colégio Naval e os dez alunos envolvidos obtiveram excelente desempenho nos três dias de campeonato. Os alunos Siqueira e Simões Gomes ficaram em segundo lugar na categoria juvenil disputada por 54 competidores.
 

Centro de Instrução Almirante Wandenkolk promove o “Seminário da Mulher Militar”

29/11/2019

Autoridades e alunos do CIAW prestigiam o seminário

 

No dia 28 de novembro, ocorreu, no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), o “Seminário da Mulher Militar”. Parte do Programa de Qualidade de Vida no Trabalho e na Família, da Diretoria de Assistência Social da Marinha, o evento teve como público-alvo os alunos do Curso de Formação de Oficiais e a tripulação do CIAW.
 
A Assessora do Comandante da Marinha e do Diretor de Saúde da Marinha, Contra-Almirante, médica, Dalva Maria Carvalho Mendes, proferiu a palestra “A trajetória da mulher na Marinha do Brasil: anseios, expectativas e desafios”; e a Delegada Titular de Atendimento à Mulher do Município de São Gonçalo (RJ), Débora Ferreira Rodrigues, palestrou sobre “Os obstáculos ao combate à violência doméstica e as alterações na Lei Maria da Penha”.
 

Centro de Comunicação Social da Marinha e Centro Universitário de Brasília celebram convênio

29/11/2019

foto nomar.jpg

Reitor da UniCEUB, Getúlio Lopes e o Vice-Diretor do CCSM, Ricardo Guimarães,
assinam o convênio

 

No dia 27 de novembro, o Centro de Comunicação Social da Marinha (CCSM) e o Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) celebraram um convênio que tem por objetivo a união de esforços para o intercâmbio de conteúdo jornalístico, publicitário, de infraestrutura e de troca de experiências entre militares, funcionários e estudantes.
 
Na ocasião, o Vice-Diretor do CCSM, Capitão de Mar e Guerra Ricardo Guimarães, representando o Diretor do CCSM, Contra-Almirante João Alberto de Araujo Lampert, foi recebido pelo Reitor da UniCEUB, Getúlio Lopes, e pelo Coordenador do Curso de Comunicação Social, Professor Henrique Moreira.
 
O convênio tem por escopo desenvolver, sem ônus para ambas as partes, ações que permitam aprimorar a produção de conteúdo jornalístico e publicitário de interesse comum, no sentido de ampliar o alcance de suas ações de comunicação social. Além disso, o CCSM pretende contratar estudantes do Centro Universitário para a realização de estágio na atividade fim da organização militar.
 
O Vice-Diretor do CCSM reconheceu a importância da celebração do convênio. “A troca de experiências entre as instituições será de grande relevância para a continuidade do desenvolvimento da comunicação social na Marinha, durante seu processo de reposicionamento, ora em curso. A contribuição desse convênio será fundamental para o aprimoramento de processos e produtos, bem como para a capacitação do nosso pessoal, além de possibilitar a divulgação dos nossos principais temas estratégicos e atividades ao meio acadêmico”.
 
O Reitor do UniCEUB destacou a importância do convênio. “Com o acordo celebrado, todos sairão ganhando, tanto os estudantes, com o convívio e aprendizados dos valores morais e éticos da Marinha, quanto o CCSM, que terá a oportunidade de extrair dos alunos o conhecimento adquirido na Academia”.
 

Comando do 3º Distrito Naval realiza cerimônia de premiação da Operação “Cisne Branco” 2019

29/11/2019

As alunas Kaylane Teixeira e Gabriela Gondim consagram-se como as vencedoras do concurso a nível distrital do Com3ºDN.

 

O Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) premiou, no dia 27 de novembro, 181 alunos das instituições de ensino do Rio Grande do Norte que se destacaram com as melhores redações na Operação “Cisne Branco” 2019. O evento ocorreu no pátio de cerimônias, às margens do Rio Potengi, e contou com a participação de mais de 50 escolas públicas e privadas de todo o estado.
 
Foram premiadas as primeiras colocadas do Ensino Fundamental e Médio: Kaylane Barros Teixeira, da Escola Municipal Professor Germano Gregório da Silva Neto, e Gabriela Gondim Varela de Araújo, do Colégio Salesiano São José. As alunas receberam os troféus das mãos do Chefe do Estado-Maior do Com3ºDN, Capitão de Mar e Guerra Paulo César Costa Barros.
 
Visando despertar nos jovens, pais e professores o interesse pelos assuntos ligados ao Poder Naval, Poder Marítimo, “Amazônia Azul” e História Naval do Brasil, a Operação “Cisne Branco” consiste em um concurso de redação, realizado em âmbito nacional, voltado para alunos do 6o ao 9o ano do Ensino Fundamental e de Ensino Médio. Nessa edição, que abordou os temas “Se eu fosse marinheiro, o que faria pelo Brasil?” e “A importância da Marinha para a presença do Brasil no continente gelado”, o Com3ºDN recebeu mais de 700 redações. Os primeiros colocados de cada Distrito Naval concorrerão ao prêmio nacional.
 

Comando do 4° Distrito Naval apoia Romaria Fluvial do Círio de Nossa Senhora da Conceição, em Abaetetuba-PA

29/11/2019

Embarcação conduzindo a Imagem Peregrina

 

O Comando do 4° Distrito Naval, por meio do Centro de Hidrografia e Navegação do Norte (CHN-4), esteve presente na Romaria Fluvial do Círio de Nossa Senhora da Conceição, realizado em Abaetetuba-PA, no dia 23 de novembro. O evento faz parte do calendário de comemorações em homenagem ao dia da Santa Padroeira da cidade, que será celebrado em 8 de dezembro.
 
A peregrinação teve um percurso de cerca de 17 milhas náuticas (30 km) entre a comunidade de Santa Terezinha do Furo Grande até o cais de Abaetetuba.
 
A romaria contou com a colaboração da Lancha Balizadora de Águas Interiores “Denébola”, subordinada ao CHN-4, sob coordenação da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, a qual coube realizar ações de fiscalização e, também, a escolta, junto com o Corpo de Bombeiros, da embarcação que conduzia a imagem.

Lancha “Denébola” durante a romaria
 

Escola Naval realiza 20ª Regata Ecológica

28/11/2019

Aspirantes da Escola Naval recolhem lixo da Baía de Guanabara

 

No dia 23 de novembro, foi realizada a 20ª Regata Ecológica da Escola Naval. O evento, criado em 1998, tem o propósito de desenvolver a consciência ambiental dos futuros oficiais da Marinha e contribuir para a promoção da limpeza da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.
       
A ação consistiu na coleta de lixo flutuante realizada por equipes mistas formadas por aspirantes da Escola Naval e alunos do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha. A largada ocorreu no cais do Departamento de Formação Marinheira da Escola Naval e os participantes, com cerca de 20 embarcações, seguiram na missão de despoluição.
       
Ao final do percurso, os envolvidos na regata recolheram cerca de 200 quilos de lixo flutuante, que passarão por processos de triagem e posterior reciclagem.
 

Praça Almirante Tamandaré é reinaugurada em Foz do Iguaçu-PR

28/11/2019

Prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, Vice-Almirante Mello, Veraldo Barbiero e Capitão de Fragata Rickmann durante a reinauguração da praça

 

Uma iniciativa da Prefeitura de Foz do Iguaçu-PR, com apoio da Capitania Fluvial do Rio Paraná e da Sociedade Amigos da Marinha Cataratas, possibilitou a reinauguração, no dia 22 de novembro, da Praça Almirante Tamandaré, em Foz do Iguaçu-PR.
 
Em ato solene, após a assinatura do decreto que denomina a praça como “Praça e Espaço de Lazer Almirante Tamandaré”, o prefeito da cidade, Chico Brasileiro, convidou o Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida; o Capitão dos Portos do Rio Paraná, Capitão de Fragata Niemer Gomes Rickmann; e o presidente da Sociedade Amigos (Soamar) da Marinha Cataratas, Veraldo Barbiero, para o descerramento da placa alusiva ao evento. A praça, que fica próximo à Capitania Fluvial do Rio Paraná, passou por uma grande reforma e recebeu pistas de skate e de caminhada, calçamento interno e externo, ajardinamento, além de monitoramento por câmeras de segurança.
 
Na ocasião, a Banda de Música do Comando do 8º Distrito Naval esteve presente  no evento, apresentando variado repertório de canções militares e sucessos populares. Prestigiaram, ainda, a solenidade o Presidente da Soamar-Brasil, César Krieger, e diversos membros da Soamar da área de jurisdição do 8º Distrito que se encontravam na cidade para promover o 1º Encontro Regional das Soamar do 8º Distrito Naval.
 

Capitania dos Portos do Amapá realiza ação de consciência ambiental na orla de Macapá-AP

28/11/2019

 

Escoteiros do Mar e militares da CPAP

 

No dia 20 de novembro, a Capitania dos Portos do Amapá realizou ação de conscientização ambiental, em comemoração ao Dia Nacional da Amazônia Azul, em parceria com os Escoteiros do Mar “Marcílio Dias”. O objetivo da ação foi promover, junto à comunidade, o combate à poluição marinha, de rios e lagos, em consonância com o Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar.
 
“A importância de não jogar lixo no chão é que faz bem para o meio ambiente e para respiração, e, no futuro, todos vamos sofrer”, disse o Lobinho do Mar Miguel Otávio Costa Maia, de 8 anos.
 
Na oportunidade, foi abordada a importância do conceito “Amazônia Azul” e do aproveitamento sustentável dos recursos do mar, a fim de contribuir para o desenvolvimento da cultura e mentalidade marítimas. A ação foi realizada na Orla de Macapá-AP, próximo à Fortaleza de São José de Macapá.
 
“A coleta seletiva de lixo em parceria com a Marinha do Brasil é, para o movimento de escoteiros, uma atividade de grande relevância, pois, no grupo de escoteiros trabalhamos muito a parte do meio ambiente com as nossas crianças”, disse a Presidente do Grupo de Escoteiros do Mar Marcílio Dias, Aretuza do Carmo Coutinho.

Escoteiros do Mar realizam coleta de lixo

 

 

Navio Hidroceanográfico “Garnier Sampaio” realiza balizamento no Canal Grande do Curuá, no Amapá

28/11/2019

Momento do lançamento de uma das boias

 

O Navio Hidroceanográfico “Garnier Sampaio”, subordinado ao Centro de Hidrografia e Navegação do Norte, realizou, durante o mês de novembro, o restabelecimento do balizamento no Canal Grande do Curuá, principal acesso ao rio Amazonas.
 
Durante a comissão, além do lançamento das boias, foi realizada pesquisa de perigo com um sonar de varredura lateral (side scan sonar). O equipamento permite um imageamento do fundo para verificar a possível existência de um casco soçobrado – o que, na pesquisa, foi descartado. Foi possível, então, o reposicionamento das boias de forma a aumentar em aproximadamente uma milha náutica a largura do canal de navegação.
 
O novo posicionamento, totalizando cinco boias que sinalizam o canal de navegação, foi atualizado com base em levantamento hidrográfico recente, contribuindo para a segurança da navegação de navios mercantes, gerando crescimento econômico da região amazônica, na área sob jurisdição do Comando do 4° Distrito Naval.
 

Comandante da Marinha visita Pernambuco e reúne militares envolvidos na Operação “Amazônia Azul – Mar limpo é vida”

28/11/2019

 

Comandante da Marinha se dirige aos militares
envolvidos na operação

 

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, realizou, nos dias 25 e 26 de novembro, visita ao estado de Pernambuco, um dos mais afetados pelas manchas de óleo que atingiram o Nordeste.
 
Na oportunidade, o Comandante da Marinha sobrevoou o litoral nordestino e visitou o Navio Doca Multipropósito “Bahia”, onde se dirigiu aos militares envolvidos na Operação “Amazônia Azul – Mar limpo é vida”. O evento contou com a presença do Comandante em Chefe da Esquadra, Almirante de Esquadra José Augusto Vieira da Cunha; do Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro; e do Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Alan Guimarães Azevedo.
 
Em seguida, o Almirante de Esquadra Ilques conheceu as instalações da Força de Desembarque, instalada no Porto de Suape-PE, e participou de reunião no Centro de Coordenação Regional, que funciona na Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE).
 
Na visita à CPPE, também participaram a Superintendente Substituta do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis em Pernambuco, Lisânia Rocha Pedrosa; e o Superintendente da Conservação da Biodiversidade do Governo de Pernambuco, Maurício Guerra.
 

Comandante da Marinha em visita ao Centro de Coordenação Regional,
na Capitania dos Portos de Pernambuco

Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar sedia o “Grande Jogo Naval 2019 dos Grupos Escoteiros do Mar”

28/11/2019

Escoteiros em formatura no Ciaba

 

Com o tema “Aventura no Mar”, o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA) apoiou a realização, no dia 17 de novembro, do “Grande Jogo Naval dos Escoteiros do Mar”, que reuniu jovens entre 11 e 17 anos com o objetivo de promover a interação entre os jovens e incutir a mentalidade marítima e fluvial.
 
Estiveram presentes diversos grupos de Escoteiros do Estado do Pará, como membros do 5º Grupo Escoteiro do Mar Almirante Soares Dutra, do Estado de Alagoas, bem como alunos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, entre os quais, Escoteiros oriundos de São Tomé e Príncipe.
 
Nesse contexto, cerca de 80 pessoas participaram de atividades como toques de apito de Marinha, história do Escotismo do Mar, história da Marinha do Brasil e da Navegação, natação, salvatagem, retinida, entre outras. Também cabe destaque entre as competições instrução e desafio de nós, semáfora, carta náutica, fotografia, vela e remo. As tarefas proporcionaram o desenvolvimento dos valores morais, intelectuais, físicos e habilidades de marinharia.
 
 “Acredito que o Grande Jogo Naval foi um momento, não só de descontração, mas de proporcionar o aprendizado da mentalidade marítima aos jovens participantes e demais escotistas. Nós pudemos notar nas reações dos jovens e adultos a descoberta de um mundo novo. Foi um momento de liberdade e entrega, onde conseguimos colocar em prática o método escoteiro” – palavras da Escotista Ayla de Deus Belo.

 

 

Escoteiros em atividades no Ciaba
 

Escola Superior de Guerra realiza cerimônia de diplomação do Curso de Altos Estudos em Defesa de 2019

28/11/2019

Entrega dos diplomas
 
A Escola Superior de Guerra realizou, no dia 28 de novembro, a cerimônia de diplomação dos formandos do Curso de Altos Estudos em Defesa (Caed) de 2019, em Brasília-DF. O evento foi presidido pelo Chefe de Assuntos Estratégicos do Ministério da Defesa, Almirante de Esquadra Cláudio Portugal de Viveiros, que, na ocasião, representou o Ministro da Defesa.
 
Foram diplomados 41 oficiais superiores da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. Durante 42 semanas, os estagiários tiveram a oportunidade de desenvolver competências no campo da Defesa nacional, para a formulação de políticas e estratégias para o desenvolvimento e aplicação do Poder Nacional.
 
A turma do Caed 2019 é composta por 77 alunos, sendo 1 desembargador federal, 41 oficiais superiores das três Formas Armadas, o Comandante-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal, 31 civis e três estrangeiros (Argentina, Peru e Venezuela).
 
Estiveram presentes no evento o Comandante da Escola Superior de Guerra, Almirante de Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva, e o Comandante do Campus Brasília da ESG, General de Brigada José Ricardo Vendramin Nunes. 
 

Fragata “Liberal” atraca em Belém-PA durante a “Operação Amazônia Azul – Mar limpo é vida”

27/11/2019

Fragata "Liberal" atracada na Base Naval de Val-de-Cães

 

No dia 22 de novembro, participando da “Operação Amazônia Azul – Mar limpo é vida”, a Fragata “Liberal” atracou na Base Naval de Val-de-Cães, em Belém-PA, para abastecimento logístico, a fim de prosseguir com as patrulhas no limite Norte das Águas Jurisdicionais Brasileiras até Oiapoque-AP.

A “Liberal” juntou-se à operação no dia 4 de novembro, envidando esforços para realizar o monitoramento e busca de manchas de óleo no mar, a fim de contribuir para conter os efeitos poluidores na área litorânea do Norte e Nordeste.

A Marinha do Brasil vem atuando, diuturnamente, desde a primeira ocorrência, em 2 de setembro, na contenção e neutralização dos efeitos danosos à natureza e à população, bem como na investigação quanto à origem e responsabilidades. Todas as ações são coordenadas com o Ministério do Meio Ambiente, Ibama, Polícia Federal, Força Aérea Brasileira, Petrobras, além de instituições estaduais e municipais.

Fragata "Liberal" se aproxima para atracação
 

Hospital Naval de Belém celebra o Dia Nacional do Doador de Sangue

27/11/2019

Banda do 2ºBtlOpRib se apresentou durante as atividades
No dia 25 de novembro, o Hospital Naval de Belém coordenou a participação da Marinha do Brasil nas atividades alusivas ao Dia Nacional do Doador de Sangue, organizada, em Belém-PA, pelo Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa).
 
Durante a ação, militares da Marinha doaram sangue e o evento contou também com a participação da Banda de Fuzileiros Navais do 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas (2ºBtlOpRib). Na ocasião, o Diretor do Hospital Naval de Belém, Capitão de Mar e Guerra, médico, Klbherwal Melo Farias, recebeu uma placa de agradecimento, em nome da Marinha, ofertada pelo Hemopa em reconhecimento ao apoio que a Força oferece em campanhas da entidade.
 

Comandante da Marinha e comitiva visitam o Comando do 2º Distrito Naval para acompanhar ações relacionadas à Operação “Amazônia Azul - Mar limpo é vida”

27/11/2019

Comandante do 2º DN, Vice-Almirante Silva Lima, apresenta, ao Comandante da Marinha, os trabalhos que vêm sendo realizados nos estados da Bahia e Sergipe para sanar o óleo

 

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, e comitiva visitaram o Comandando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN), em 26 de novembro, para tratar de assuntos referentes à Operação “Amazônia Azul - Mar limpo é vida” nos estados da Bahia e de Sergipe.
 
Durante o encontro, o Comandante da Marinha reuniu-se com representantes de agências e organizações envolvidas na operação. Ele destacou a contribuição dos voluntários nas atuações de limpeza do litoral nordestino. “Parabenizo a todos que estão trabalhando juntos nesta operação. Enfatizo aqui a participação dos voluntários que deram amplitude ao nosso combate sem trégua a essa agressão ambiental. Os voluntários foram um ‘redobrar de energias’”.

 

Comandante da Marinha, Ilques Barbosa Junior, conversa com representantes de organizações militares subordinas ao 2ºDN

 

O Comandante o 2º Distrito Naval, Vice-Almirante André Luiz Silva Lima de Santana Mendes, fez uma apresentação à comitiva abordando as ações que estão sendo realizadas para coibir os resíduos de óleo nas praias localizadas na área de jurisdição do Com2ºDN. Para o Almirante Silva Lima, a presença do comandante da Força Naval é um fator motivacional para toda tripulação. “Esse encontro é importante porque, aqui, o Comandante da Marinha pôde ver de perto o nosso trabalho, nos orientando e compartilhando informações para que possamos prosseguir”.
 
O auxiliar do Centro de Coordenação de Operações de Informação na área do 2º DN, Suboficial Pedro Paulo de Oliveira Blanco, falou do seu trabalho na operação. “Eu estou muito grato por participar e subsidiar as ações que a Marinha vem desempenhando para sanar o óleo no nosso litoral. A atuação em conjunto com todos os órgãos, instituições e voluntários corrobora para que juntos sejamos mais fortes”.
 

Almirante de Esquadra Ilques e comitiva durante reunião com representantes do Exército, Ibama e Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Bahia

 

A Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida” foi criada, no dia 4 de novembro, e tem foco em ações humanitárias relacionadas ao meio ambiente, de recuperação de áreas atingidas pelo óleo e de monitoramento das praias e das Águas Jurisdicionais Brasileiras.

 

Comandante da Marinha discursa para militares envolvidos nas ações de limpeza
 
 
 

Governador e Deputados Federais do Ceará visitam Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico”

26/11/2019

Autoridades a bordo do navio
 
O Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico” recebeu, no dia 25 de novembro, em Fortaleza-CE, a visita do Governador do Estado, de Deputados Federais e autoridades, que conheceram o Navio Capitânia da Marinha do Brasil e as ações realizadas no âmbito da Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida”.
 
Na oportunidade, o Governador Camilo Santana e os Deputados Federais Carlos Mauro Benevides Filho, Denis Anderson da Rocha Bezerra e Roberto Soares Pessoa foram recebidos pelo Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante José Augusto Vieira da Cunha, bem como pelo Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Alan Guimarães Azevedo e pelo Comandante da 2ª Divisão da Esquadra, Contra-Almirante Luiz Roberto Cavalcanti Valicente.
 
A bordo do navio, participaram de um cerimonial à Bandeira no pôr do sol e de uma visita guiada pelo PHM “Atlântico”. Os eventos também contaram com a presença do Presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Desembargador Washington Luís Bezerra de Araújo; do Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte, Almirante de Esquadra Elis Treidler Öberg; do Comandante da 10ª Região Militar, General de Divisão Cunha Mattos; e da Presidente da Companhia Docas do Ceará, Mayhara Monteiro.

Visita de autoridades do estado do Ceará ao PHM “Atlântico”
 

Marinha do Brasil e Governo de Pernambuco se reúnem para tratar de reforço nas ações de combate ao óleo

26/11/2019

Militares apresentam reforços para a Operação “Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida”
 
Uma comitiva da Marinha do Brasil visitou, no dia 11 de novembro, o Governador de Pernambuco, Paulo Câmara e o Secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, para tratar das ações que estão sendo implementadas na Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida”.
 
No encontro, que ocorreu no Gabinete do Governador, estiveram presentes o Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante, Fuzileiro Naval, Paulo Martino Zuccaro, o Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante José Augusto Vieira da Cunha de Menezes, o Comandante do 3° Distrito Naval, Vice-Almirante Alan Guimarães Azevedo, e o Capitão dos Portos de Pernambuco, Capitão de Mar e Guerra Maurício Bravo.
 
Durante a reunião, foi debatida a continuidade dos trabalhos efetuados pela Marinha em conjunto com os demais órgãos federais, estaduais e municipais, além de instituições privadas e voluntários envolvidos. Discutiu-se, ainda, o reforço de militares e meios navais na limpeza das áreas atingidas pelo óleo, bem como a atuação de equipes móveis de saúde nas comunidades afetadas.
 
A Marinha do Brasil vem atuando, desde setembro, com a realização de monitoramento e limpeza do litoral nordestino, além de investigações na busca pela elucidação dos fatos. A “Operação Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida” engloba um esforço coordenado para a recuperação de patrimônios ambientais, sociais e econômicos, com a promoção de iniciativas de limpeza nas praias, manguezais e arrecifes, com o emprego de marinheiros, fuzileiros navais e mergulhadores de combate.

Autoridades discutem a continuidade dos trabalhos no combate ao óleo no litoral
 

Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico” recebe 6,3 mil pessoas em visitação pública no Porto de Fortaleza-CE

26/11/2019

 

População de Fortaleza-CE teve a oportunidade de conhecer o Navio Capitânia da Marinha
 
O Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico recebeu 6,3 mil pessoas durante visitação pública,nos dias 22 e 23 de novembro, no Porto de Fortaleza-CE, onde está reforçando as ações de combate ao óleo no âmbito da Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida”.
 
Na ocasião, a população de Fortaleza-CE teve a oportunidade de conhecer o navio capitânia da Marinha do Brasil, que atracou na capital cearense com uma tropa de 60 fuzileiros navais, que está realizando o monitoramento e limpeza de praias, estuários, arrecifes e manguezais.
 
Adicionalmente às ações de combate ao óleo, a Marinha do Brasil desenvolveu uma programação de atividades em prol das comunidades atingidas por esse crime ambiental, o que inclui ações cívico-sociais e abertura dos navios para visitação pública.

 

Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico” durante visitação pública em Fortaleza-CE

 

Comando do 7º Distrito Naval compõe a Força Tarefa Interagências durante a XI Cúpula do BRICS 2019

26/11/2019

Militares garantiram a segurança lacustre no hotel
onde ficou hospedado o Presidente chinês
 
Durante a XI Cúpula do BRICS, que ocorreu em Brasília-DF, no período de 12 a 15 de novembro, a Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 7° Distrito Naval, compôs a Força Tarefa Interagências BRICS 2019 (FTI BRICS) e, atuando de forma integrada com diversos outros órgãos, teve participação na garantia da segurança dos líderes do BRICS e de suas delegações.
 
O Capitão dos Portos de Brasília foi designado Comandante da Força-Tarefa de Segurança Lacustre (FT 273), a quem coube a missão de prover a segurança, no Lago Paranoá, das áreas adjacentes ao Hotel Royal Tulip - onde ficou hospedado o Presidente da China, bem como do Palácio da Alvorada e do Centro Internacional de Convenções do Brasil - onde ocorreu o encontro dos líderes para o Fórum Empresarial. Para o cumprimento da tarefa atribuída, o Comandante da Força- Tarefa (CFT) assumiu o controle operacional de um pelotão de fuzileiros navais do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB).
       
Ao todo, foram empregados pelo CFT na Operação BRICS 2019 um efetivo de 92 militares, 10 embarcações e 4 viaturas. O GptFNB apoiou a FTI BRICS, ainda, com 12 motocicletas e batedores que foram empregados, principalmente, na escolta do Presidente da Rússia durante os deslocamentos rodoviários.

 

Batedores do GptFNB foram empregados na escolta do Presidente russo
 

Amazul elaborará projeto de usina de enriquecimento de urânio

26/11/2019

 

Antonio Carlos Guerreiro e Carlos Freire Moreira na solenidade de assinatura do contrato
 
No dia 22 de novembro, em São Paulo-SP, a Amazul assinou termo de execução descentralizada (TED) para elaborar o projeto básico da segunda fase da Usina Comercial de Enriquecimento de Urânio da Indústrias Nucleares do Brasil (INB), em Resende-RJ. O trabalho terá duração de 14 meses, com investimento de R$ 8 milhões. A meta da INB é alcançar a capacidade de abastecer com combustível nuclear as usinas de Angra 1 e Angra 2.
 
A INB produz urânio enriquecido a 5% em peso por meio do processo de centrifugação, para a fabricação dos combustíveis nucleares que abastecem parcialmente as usinas Angra 1 e Angra 2. O enriquecimento é realizado em cascatas, sendo que cada uma contém várias ultracentrífugas em série, aumentando gradativamente o teor de enriquecimento do U235. O conjunto de cascatas constitui um módulo.
 
Na Fábrica de Combustível Nuclear da INB, está localizada a Usina de Enriquecimento de Urânio, que atende, atualmente, com sete cascatas em operação, cerca de 45% da quantidade média anual de urânio enriquecido necessária para abastecer a central nuclear Angra 1, sendo que o restante é importado.
A INB pretende ter capacidade de tornar o Brasil autossuficiente na produção de combustível nuclear, atendendo plenamente às recargas de Angra 1, 2 e, futuramente, Angra 3, e está em fase de ampliação da Usina de Enriquecimento de Urânio.
 
Parceria
A parceria da Amazul com a INB começou em 2015, quando a empresa assinou contrato para a elaboração de projeto conceitual e básico da Unidade de Testes e Preparação de Equipamentos Críticos e Treinamento da Fábrica de Combustíveis Nucleares.

Capitania dos Portos lança a 24ª Campanha “Legal no Mar – Navegue com Segurança”

26/11/2019

Capitão dos Portos da Bahia proferindo a palestra de lançamento da campanha
 
No dia 21 de novembro, a Capitania dos Portos da Bahia, organização militar subordinada ao Comando do 2º Distrito Naval, realizou o lançamento da 24ª edição da campanha “Legal no Mar – Navegue com Segurança", que este ano aborda o tema “Amazônia Azul - Mar limpo é vida”.
 
A campanha, criada em 1996, consiste em um conjunto de ações educativas, relativas à segurança da navegação, à salvaguarda da vida humana no mar e à prevenção da poluição do meio ambiente hídrico causado por embarcação. Durante o evento, que contou com a presença do Comandante do 2º Distrito Naval, Vice-Almirante André Luiz Silva Lima de Santana Mendes, o Capitão de Mar e Guerra Marcio Gomes Amaral, Capitão dos Portos da Bahia, proferiu uma palestra para os convidados e exibiu vídeos produzidos com a presença de artistas e esportistas baianos renomados, focados na conscientização da importância da segurança no mar, os quais serão veiculados nas principais emissoras de TV do Estado da Bahia.
 
Os cantores Durval Lélys, Ivete Sangalo, Tonho Matéria, Edu Casanova, Lupão, Cláudia Cunha e Viviane Tripodi são os artistas que participarão desta edição da “Legal Mar”, além de contar, também, com os esportistas de mar: o canoista Daniel Cady, e os velejadores João Roberto, Valentina Cunha, Gerald Wicks, Rafael Martins e Juliana Duque. Todos os artistas e atletas cederam suas imagens gratuitamente.
 
Na ocasião, o Comandante do 2º Distrito Naval e o Capitão dos Portos da Bahia entregaram certificados “Mérito Segurança da Navegação” como forma de reconhecer a valorosa contribuição em prol da segurança da navegação, salvaguarda da vida humana no mar e para a prevenção da poluição hídrica por embarcações, para pessoas e empresas da região que realizaram ações relevantes ao longo deste ano.

 

Comandante do 2º Distrito Naval e o Capitão dos Portos da Bahia entregam o certificado ao cantor Durval Lélys
 

Banda Sinfônica do CFN realiza apresentação com músicos moradores de rua e jovens de projeto social

26/11/2019

Banda Sinfônica do CFN realizou apresentação alusiva ao Dia do Músico
 
Para celebrar o Dia do Músico, comemorado em 22 de novembro, a Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) realizou uma apresentação em parceria com o Coro “Canto da Rua”, formado por moradores de rua do Rio de Janeiro, e com os jovens atendidos pelo Batalhão Naval no “Projeto Música e Cidadania”, na Fortaleza de São José (FSJ) da Ilha das Cobras, no Rio de Janeiro-RJ.
 
Militares e servidores civis das organizações militares situadas à FSJ foram convidados a assistir ao espetáculo, que marcou, também, o encerramento do ano letivo dos alunos do Projeto “Música e Cidadania”. Na ocasião, os músicos executaram sucessos como “Rocky, um Lutador”, “Hallelujah”, “Coisa mais Linda” e, em conjunto com os alunos do Projeto e com os cantores do Coro “Canto da Rua, emocionaram o público com as canções “Aquarela do Brasil”, “Berimbau” e “Ode a Alegria”.
 
O Capitão de Corveta Nerias Morel, regente da Banda Sinfônica, afirmou que foi uma grande satisfação para os músicos participarem desta apresentação. “Estamos todos muito emocionados, desde os ensaios até o momento do espetáculo. Quando vemos pessoas superando tantas dificuldades, com tamanha determinação para realizar seus sonhos, ficamos orgulhosos. É uma lição de vida”, disse, referindo-se aos músicos do Coro “Canto da Rua”.
 
À frente dos cantores do grupo convidado estava o músico Vitor Gomes da Silva, regente do Coro, que se reúne todas as terças-feiras na Catedral Metropolitana do Rio para praticar aulas de canto. “Por meio da música, tentamos dar mais dignidade e visibilidade a essas pessoas tão excluídas pela sociedade. Para mim é um privilégio poder estar à frente desse grupo, aprendo mais do que ensino. O dia de hoje está sendo uma grande troca de experiências para todos nós”.
 
Projeto “Música e Cidadania” – Fruto de uma parceria entre a Marinha do Brasil e a Pastoral do Menor, o Projeto “Música e Cidadania”, coordenado pelo Batalhão Naval, teve início em novembro de 2017. O objetivo é proporcionar conhecimentos musicais básicos e contribuir para a inserção social de jovens estudantes da rede pública de ensino, moradores de comunidades carentes do Centro do Rio. 
 
Ao longo dos últimos dois anos, o projeto ofereceu a 24 jovens, entre 12 e 15 anos, cursos de musicalização e prática instrumental, utilizando a experiência dos militares da Companhia de Bandas do Batalhão Naval formados na área de pedagogia e educação musical. Os jovens também receberam lições de educação moral e cívica e tiveram a oportunidade de fazer passeios histórico-culturais por diversos pontos turísticos do Rio de Janeiro.
 
O Comandante do Batalhão Naval, Capitão de Mar e Guerra, Fuzileiro Naval, Alexandre Barbosa, revelou-se satisfeito com o resultado do Projeto “Música e Cidadania” ao final de dois anos de existência. “Por meio da música, ensinamos valores como disciplina e hierarquia. O projeto atingiu seu objetivo, temos recebido respostas muito positivas, tanto dos músicos de nossa Banda que instruíram os jovens, quanto dos familiares dos alunos. Espero que esses jovens levem a experiência que adquiriram aqui para suas vidas e tenham muito sucesso”, reforçou ele, adiantando que no ano que vem terá início uma nova turma do projeto.

 


Coro “Canto da Rua” e jovens do Projeto Música e Cidadania fizeram participação especial

Alunos do Profesp da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia se destacam em competição regional

26/11/2019

Alunos do Profesp durante competição
 
Participaram da 1º Edição dos Jogos Regionais do Programa Forças do Esporte – Área Rio 44 alunos do projeto executado pela Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA). A competição foi realizada no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), no dia 9 de novembro.
 
Alunos do Profesp de outras 14 organizações militares da MB também competiram, nas modalidades natação, futebol masculino, futsal feminino, cabo de guerra misto, voleibol misto e atletismo, no qual a BAeNSPA obteve o 2° lugar. A equipe conquistou, ainda, o bronze na natação – nado crawl, categoria sub 14.

Corveta “Barroso” recebe visita de adidos acreditados no Líbano

26/11/2019

Visita ao passadiço, durante o tour ocorrido na Corveta “Barroso”
 
No dia 19 de novembro, a Corveta “Barroso” recebeu a visita de diversos adidos de Defesa acreditados no Líbano, a fim de difundir as principais atividades da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL) e apresentar a Corveta “Barroso”, navio de projeto nacional elaborado pela Marinha do Brasil e construído no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro.
 
O evento foi coordenado pelo Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico do Brasil no Líbano, Coronel Aviador Luis Claudio Veloso Gonçalves, e estiveram presentes comitivas da Alemanha, Bélgica, Bulgária, Canadá, Cazaquistão, China, França, Japão, Polônia, Romênia e Turquia.
 
A presença dos adidos na Corveta “Barroso”, Navio Capitânia da FTM-UNIFIL, foi uma oportunidade para estreitar os laços de amizade entre os países envolvidos.
 

Comitiva dos Adidos de Defesa acreditados no Líbano
 

Marinha participa de comemorações alusivas aos 202 anos da Armada Uruguaia

26/11/2019

Recepção na Escola Naval da Arou, com a presença do Embaixador do Brasil no Uruguai, Antônio Simões
 
No período de 14 a 18 de novembro, ocorreram as comemorações do 202º aniversário da Armada Nacional da República Oriental do Uruguai (Arou), em Montevidéu. Participaram dos eventos o Embaixador do Brasil no Uruguai, Antônio Simões; o Diretor-Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Marcelo Francisco Campos; e o Comandante do 5º Distrito Naval, Vice-Almirante Flavio Macedo Brasil.
 
A cerimônia contou com a presença do Navio de Apoio Oceânico “Mearim”, que realizada, na ocasião, a Operação “Diplomex-2019” e participou da parada naval no dia 15 de novembro, juntamente com os navios da Arou. O evento reforça ainda mais os estreitos laços de amizade que unem a Marinha do Brasil e a Arou.

Marinha do Brasil realiza ações cívico-sociais em Pernambuco

25/11/2019

Projeto “Pátria Amada Brasil” é realizado durante ação em Tamandaré-PE
 
A Marinha do Brasil realizou, no mês de novembro, dez ações cívico-sociais que beneficiaram estudantes de escolas públicas e comunidades no estado de Pernambuco. Durante as atividades, foram efetuados atendimentos médicos e odontológicos, palestras educativas, oficinas, cortes de cabelo, distribuição de kits de higiene bucal e exposição de material.
 
Ao longo das ações, foram atendidas mais de 2 mil pessoas nos municípios de Sirinhaém, Ipojuca, Olinda, Recife e Tamandaré, destacando-se as realizadas no bairro de Brasília Teimosa, na capital pernambucana, que envolveu mais de 500 estudantes, incluindo o 7º Grupo Escoteiro do Mar Almirante Sylvio Heck, e na cidade Tamandaré, que reuniu um público de aproximadamente 600 pessoas. Nas ocasiões, foi realizado também o Projeto “Pátria Amada Brasil”, com a execução do cerimonial à Bandeira, com a participação da Banda de Música da Escola de Aprendizes Marinheiros de Pernambuco (EAMPE), além de oficinas de primeiros socorros e civismo.
 
Os eventos contaram com a participação de militares do Comando de Força de Fuzileiros Navais da Esquadra (ComFFE), de organizações militares subordinadas ao Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) em Pernambuco, e do Navio Doca Multipropósito “Bahia”, atracado no Porto de Suape-PE.
 
Os eventos fazem parte da Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida”, que, além de dar continuidade aos trabalhos de combate às manchas de óleo no mar, inclui atividades em prol das comunidades atingidas pelo desastre ambiental.
 

Atendimento médico oferecido durante ação realizada no bairro de  
Brasília Teimosa, Recife-PE
 

Universidade de Coimbra é condecorada com a Medalha “Amigo da Marinha”

25/11/2019

10-MARINHA-BRASILEIRA-UC-PR-9-768x432.jpg

Estandarte da Universidade de Coimbra recebe a imposição da medalha
 
No dia 13 de novembro, a Universidade de Coimbra, em Portugal, e o reitor da Instituição, Amílcar Falcão, foram agraciados com a Medalha “Amigo da Marinha”.
 
A distinção é destinada a personalidades ou instituições que se tenham destacado no trabalho de divulgação da mentalidade marítima, na relação com a Marinha, ou na promoção do mar. “Uma cerimônia singela, mas com enorme significado”, declarou o Adido de Defesa e Naval do Brasil em Portugal, Capitão de Mar e Guerra, Hermes Pacheco Pereira de Oliveira.
 
Amílcar Falcão fez questão de enfatizar o empenho no reforço das “fortes ligações” entre o Brasil e Portugal. “Temos mais de 2,5 mil estudantes brasileiros na universidade e queremos que o fenômeno se mantenha. Somos, aliás, excluindo o Brasil, claro, a instituição de Ensino Superior mais brasileira do mundo”, afirmou, agradecendo a condecoração.
 
Por fim, o reitor adiantou que, nesta altura, a Universidade de Coimbra conta com “bons investigadores” no âmbito da “Economia Azul” e que tem tido “o cuidado de olhar para as zonas costeiras, nomeadamente, em Mira e na Figueira da Foz”.
 
O presidente da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar) do Brasil em Portugal, Artur Victoria, e o vice-reitor responsável pelas Relações Internacionais, João Nuno Calvão da Silva, também participaram na cerimônia.
 

Crianças de São Félix do Araguaia-MT participam da cerimônia do Dia da Bandeira

25/11/2019

Alunos do Ensino Fundamental participaram do evento
 
A Agência Fluvial de São Félix do Araguaia (AgSFAraguaia) realizou  cerimônia militar alusiva ao Dia da Bandeira. O evento contou com a presença de alunos do 4º e 5º anos da Escola Cooperin e membros do Clube de Aventureiros e Desbravadores do município.
 
O evento iniciou com o cerimonial à Bandeira narrado, com descrição sobre o significado da Bandeira Nacional e das tradições navais, como o sino e o apito marinheiro. Em seguida, o Pavilhão Nacional, que estava ostentado no mastro da Agência até o dia anterior, foi cremado, enquanto os militares e crianças entoaram o Hino à Bandeira.
 
Ao todo, 40 crianças assistiram à cerimônia e auxiliaram os militares na condução da Bandeira que foi cremada. Ao término, o Agente Fluvial, Capitão-Tenente Jaecy Fonseca de Medeiros, respondeu a perguntas e apresentou as instalações da AgSFAraguaia.
 

A mãe do aluno Arthur Luís da Cooperin, Leda Viviane, destacou a importância do evento para o desenvolvimento do patriotismo, por meio da valorização dos símbolos nacionais.

 

Alunos auxiliaram os militares na condução da Bandeira que foi cremada
 

Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais atua no sul da Bahia

22/11/2019

Militares do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais - Bahia durante limpeza de praia na região de Comandatuba, ao sul de Ilhéus

 

No dia 14 de novembro, 244 militares da Força de Fuzileiros da Esquadra chegaram ao Porto de Ilhéus-BA, no Navio de Desembarque de Carros de Combate “Almirante Saboia”. Eles fazem parte do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais - Bahia, que ficará responsável por realizar a limpeza e do monitoramento dos manguezais, arrecifes e praias entre as cidades de Caravelas e Ilhéus, no litoral sul baiano, em prol da Operação “Amazônia azul, Mar limpo é vida”.
 
Após o desembarque, o Grupamento montou uma base operacional no Estádio de Futebol Mário Pessoa e passou a atuar, de forma preventiva e corretiva, em apoio à proteção ambiental das localidades afetadas pelo óleo. As ações somaram-se ao trabalho desempenhado pela Delegacia da Capitania dos Portos em Ilhéus e ocorre em cooperação com outros órgãos, tais como o ICMBio, Ibama, prefeituras das cidades locais, Corpo de Bombeiros, entre outras. A maior parte dos militares do grupamento é proveniente do 2º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais, o Batalhão Humaitá.
 
Desde a chegada do grupamento, as equipes de monitoramento e limpeza de praia partem diariamente do estádio para as localidades de Canavieiras e Ilha de Comandatuba, áreas que fazem parte da Reserva Extrativista de Canavieiras, uma unidade de conservação federal do Brasil que abrange uma área de 100.726 hectares. O foco das ações será evitar que o óleo invada os estuários, que são ambientes aquáticos de transição entre um rio e o mar, especialmente o de Barra do Atalaia, na boca do rio Pardo, pois o mesmo possui inúmeras ramificações e poderá comprometer uma área com mais de 60 quilômetros de rios interligados.
 
Adicionalmente, em 16 de novembro, uma equipe com 60 Fuzileiros Navais e 14 mergulhadores partiu em direção à Caravelas, cidade situada a 440 quilômetros de distância de Ilhéus. A equipe estabeleceu uma base operacional na região, para atuar nas proximidades do Parque Nacional Marinho de Abrolhos. O Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais-Bahia também enviou equipes de monitoramento e limpeza de praias para a cidade de Belmonte e Barra Grande, na península de Maraú, e pretende enviar equipes para atuar em localidades próximas a Porto Seguro.

 

Militares do Destacamento Operacional de Fuzileiros Navais, em Caravelas-BA