Coordenador da Área Marítima do Atlântico Sul realiza Visita Operativa à Armada da Argentina

08/11/2021
 
CAMAS durante exposições temáticas com
representantes da Armada Argentina
 
O Coordenador da Área Marítima do Atlântico Sul (CAMAS), Contra-Almirante Gustavo Calero Garriga Pires, e seus assessores Capitán de Navío Daniel Francisco Finardi (Argentina); Capitán de Navío Roque Jacinto Ruiz Días Aguero (Paraguai); Capitán de Navío Mario Alberto Vaucher Rivero (Uruguai); e o Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa, Comandante Local do Controle Operativo (COLCO) Brasil, realizaram, no período de 25 a 28 de outubro, Visita Operativa à Armada da Argentina.
 
Durante as reuniões, foram abordados temas técnicos e doutrinários, com o objetivo de aperfeiçoar os procedimentos operativos do Controle Naval do Tráfego Marítimo (CNTM) no enfrentamento às ameaças que se apresentam ao tráfego marítimo. A delegação reuniu-se com as autoridades argentinas que pertencem à Área Marítima do Atlântico Sul, promovendo o intercâmbio direto e pessoal de informações, visando à unicidade dos procedimentos e comunicações.
 
Na ocasião, a delegação foi recepcionada pelo Comandante de Alistamento e Adestramento da Armada Argentina, Contra-Almirante Juan Carlos Daniel Abbondanza, e, posteriormente, pelo Chefe do Estado-Maior Geral da Armada Argentina, o Vice-Almirante Julio Horacio Guardia. Ainda, dentro da agenda cumprida pela delegação, guiada pelo COLCO Argentina, Capitán de Navío Alberto María Cohen Lernoud, foram realizadas visitas a várias organizações militares argentinas e à Embaixada Brasileira em Buenos Aires.
 
Foto oficial da Visita Operativa
 
Ao encerramento das reuniões, foi realizada uma cerimônia militar de outorga da Medalha “Serviço CAMAS” a militares argentinos, selecionados pelo COLCO Argentina, como reconhecimento aos relevantes serviços prestados às organizações de CNTM da AMAS e ao cumprimento da missão do CAMAS.
 
O intercâmbio denota a importância de reforçar os laços de amizade existentes entre o CAMAS e as Marinhas da AMAS, buscando consolidar a agenda de trabalho relacionada ao monitoramento do tráfego marítimo de interesse. A visita operativa mostra-se como oportunidade para promoção e disseminação da doutrina de CNTM, vocacionada para sua aplicação prática.