Marinha do Brasil realiza Evacuações Aeromédicas em Minas Gerais e no Espírito Santo

Militar acidentado a caminho do Hospital Naval Marcílio Dias

No dia 22 de maio, a aeronave UH-15 “Super Cougar”, do 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-2), foi acionada para realizar uma Evacuação Aeromédica (EVAM) nas proximidades de Aiuruoca (MG).

Um militar do Comando da Tropa de Reforço encontrava-se em estado grave, após acidente rodoviário durante translado de Três Corações (MG) para o Rio de Janeiro (RJ). A aeronave decolou da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA), no Rio de Janeiro, para a cidade de Aiuruoca, ainda no período noturno, com sua tripulação e médicos da Policlínica Naval de São Pedro da Aldeia (PNSPA).

O militar acidentado, que estava internado em um hospital da região, foi transportado na aeronave militar para o Hospital Naval Marcílio Dias (HNMD), no Rio de Janeiro, onde uma equipe de médicos o aguardava de prontidão.

No dia 24 de maio, outra Evacuação Aeromédica foi realizada pela Marinha do Brasil. O HU-2, também empregando um helicóptero UH-15, realizou a EVAM de um tripulante do Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) "Garcia D’Avila”, com suspeita de acidente vascular cerebral.

Após o acionamento da tripulação de serviço, juntamente com a equipe médica da PNSPA, a aeronave decolou da BAeNSPA para o aeroporto de Vitória (ES), reabasteceu e prosseguiu para o navio, que se encontrava a aproximadamente 35 milhas-náuticas a leste da capital do Espírito Santo.

Resgate por pick-up de tripulante do NDCC "Garcia D’Avila”

Devido à presença de embarcações estacionadas no convoo, a aeronave realizou o resgate por pick-up, manobra que foi dificultada pelo estado do mar e forte vento. A aeronave seguiu para o HNMD.