Viatura Blindada Especial Sobre Rodas (VtrBldEspSR) 8x8 PIRANHA IIIC de Transporte de Pessoal (TP)

 

Função

Essas viaturas são destinadas ao transporte tático ou logístico de pessoal e/ou material, nas ações em terra, com capacidade de prestar limitado apoio de fogo e proteção blindada, bem como de transpor obstáculos e de realizar travessia de pequenos cursos d'água com correnteza moderada. Seu poder de fogo é proporcionado por meio do emprego de algum dos seguintes armamentos: Mtr .50”, metralhadora automática a gás 7,62 mm (MAG), metralhadora 5,56 mm MINIMI ou lançador de granada 40 mm (LAG SB-M2 40 mm), que pode ser fixado em seu reparo multifuncional, provendo base de fogos que permite apoiar a tropa de infantaria no assalto às posições inimigas e, na defensiva, bater, com fogos rasantes e de flanqueamento, as possíveis vias de acesso do inimigo. A blindagem dessas viaturas oferece proteção à tropa embarcada contra estilhaços de granadas e minas antipessoal, bem como dos tiros das armas de pequeno calibre. Mesmo sendo uma viatura sobre rodas, possui boas condições de deslocamento através de campo, devido à existência de um Sistema Central de Calibragem dos Pneus (Central Tire Inflation System – CTIS), que ajusta a pressão dos pneus à natureza do solo. Possui ainda elevada mobilidade, particularmente sobre eixos apoiados por estradas e em ambiente urbano, proporcionada pelo seu sistema de tração 8x8, aos dois eixos direcionais e elevada potência do motor.

Histórico

A aquisição da Viatura Blindada Especial Sobre Rodas (VtrBldEsp SR) 8x8 Piranha IIIC está intimamente ligada à participação de nossos Fuzileiros Navais na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH). Para melhor entendimento desse contexto, destacam-se dois aspectos centrais: 1) com o intuito de não degradar ainda mais a precária malha viária existente naquele país, foi decidido que não seriam levadas Viaturas Sobre Lagartas para a Área de Operações; e 2) não existiam, naquele momento, Viaturas Blindadas Sobre Rodas com sistema de tração 8x8 e dotadas de tecnologia atual, para que fossem comercializadas e fornecidas por qualquer fabricante nacional. Como os engajamentos na Missão no Haiti ainda eram bastante frequentes, foi identificada a premente necessidade de aquisição de viaturas que proporcionassem segurança à integridade física de nossas tropas. Dentro desse contexto, em novembro de 2005, teve início o processo de obtenção de uma Viatura Blindada Sobre Rodas para o Corpo de Fuzileiros Navais que fosse moderna tecnologicamente, com disponibilidade de rápida entrega, cujo emprego fosse reconhecidamente aprovado por outros países e, principalmente, fosse capaz de atender àquela iminente demanda operacional. Assim, em 2006, foi adquirido junto à empresa suíça MOWAG, o primeiro lote de VtrBldEspSR 8x8 PIRANHA IIIC, sendo quatro de Transporte de Pessoal (TP) e uma de socorro (SOC), objetivando seu emprego imediato no Haiti, daí a razão de ter sido entregue com a pintura branca característica da ONU. Em 20 de agosto de 2007, as quatro VtrBldEsp SR 8x8 PIRANHA IIIC TP foram incorporadas ao nosso Batalhão, passando à subordinação temporária da Companhia de Viaturas Blindadas. Finalmente, em fevereiro de 2008, as cinco viaturas foram embarcadas para o Haiti, com a finalidade de apoiar o Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais-Haiti na MINUSTAH. Paralela a essa utilização em território haitiano, inserida num contexto de operação de paz, a viatura foi amplamente utilizada também em território nacional, desta vez inserida no atendimento a operações interagências para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Estado do Rio de Janeiro, em apoio a Secretaria de Segurança Pública deste Estado. Hoje, o Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais dispõe de vinte e cinco VtrBldEspSR 8x8 PIRANHA IIIC TP.