Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico

 

Função

Tem como propósito efetuar levantamentos hidroceanográficos, coleta de dados ambientais e tarefas de apoio logístico móvel, a fim de contribuir para a segurança da navegação na área marítima de interesse do Brasil e vias navegáveis interiores.

Meio Naval: H11 - "Aspirante Moura"

 

História

O Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico Aspirante Moura - U 14, é o primeiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao Aspirante José Cláudio Soares de Moura, que entrou na Escola Naval em 1963 e faleceu em serviço em 12 de junho de 1966. O navio foi construído no estaleiro Astillleros Brodogradiliste, em 1987, e modernizado em 2008. Foi incorporado à Marinha do Brasil em Sandfjord (Noruega), em 25 de janeiro de 2010, como navio de 4ª Classe, em cerimônia presidida pelo Adido de Defesa e Naval na Inglaterra, Suécia e Noruega, e ficou subordinado à Diretoria-Geral do Material da Marinha. No dia 22 de junho do mesmo ano foi realizada sua Mostra de Armamento quando passou a operar como navio solto subordinado ao Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM). Em 25 de abril de 2018 sua subordinação foi transferida para a Diretoria-Geral de Navegação e em 30 de maio de 2018 para o Grupamento de Navios Hidroceanográficos. Em 04 de setembro do mesmo ano foi reclassificado, quanto ao emprego, como Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico “Aspirante Moura” (AvPqHoAspMoura).
 

Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico Aspirante Moura (H11)