Agência Fluvial de Penedo participa da 3ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco

No período de 17 a 29 maio, a Agência Fluvial de Penedo, subordinada à Capitania dos Portos de Alagoas, representou a Marinha do Brasil na 3ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica no Rio São Francisco (FPI do São Francisco), que é uma Força-tarefa coordenada pelo Núcleo de Defesa do Meio Ambiente do Ministério Público do Estado de Alagoas e composta por 22 órgãos estaduais e federais, cujo objetivo é diagnosticar os danos ambientais em municípios dependentes do Rio São Francisco e adotar medidas de prevenção, a fim de garantir a melhoria da qualidade de vida da população da região.

A Agência Fluvial de Penedo compôs a equipe aquática juntamente ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto do Meio Ambiente (IMA) e Batalhão de Polícia Ambiental de Alagoas com a missão de identificar irregularidades relacionadas ao Tráfego Aquaviário e à pesca ilegal no Baixo São Francisco.

As ações da equipe Aquática resultaram na notificação de 9 proprietários de embarcações e apreensão de 3 lanchas por falta de habilitação dos tripulantes, material de salvagem incompleto, falta de registro das embarcações junto à Marinha, dentre outras irregulares. Além disso, uma lancha e uma moto aquática da AgPenedo apoiaram os fiscais dos órgãos ambientais na apreensão de 5 mil covos (armadilhas artesanais utilizadas na captura de camarões) e mais de 4 mil metros de rede de pesca, as quais possuíam dimensões diferentes do permitido pelo IBAMA, caracterizando, assim, a pesca predatória.

A realização dessa ação conjunta reflete o bom relacionamento institucional que a Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos de Alagoas e da Agência Fluvial de Penedo, mantém com os demais órgãos públicos, sobretudo aqueles responsáveis em reprimir ilícitos ambientais na região.