Grupo-Base Antarcticus (2021/2022)

O Grupo-Base (GB) 2021-2022, denominado “Antarcticus”, será o responsável por apoiar a realização de pesquisas na região da Baía do Almirantado, durante a 40ª Operação Antártica (XL OPERANTAR), além de garantir a operação e a manutenção da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF).

A escolha do nome do Grupo-Base foi uma homenagem à espécie de pinguim “Pygoscelis Antarcticus”, uma das mais comuns na região da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF).

O Grupo-Base Antarcticus 2021/2021 é composto pelos seguintes militares:

Alessandro Domingos Gurski, Capitão de Fragata, 44 anos, natural de Erechim – RS

Ingressou na Marinha em 1994 no Colégio Naval e foi declarado Guarda-Marinha em 2000, durante sua carreira serviu em diferentes Navios e Organizações Militares, dentre elas podemos citar: NAsHCarlos Chagas, Fragata Liberal, NPa Gurupi (Comandante), NAe São Paulo, Diretoria do Pessoal Militar da Marinha, Fragata Niterói (Imediato).

A bordo dos diversos Navios que serviu completou mais de 1.250 “dias de mar”, sendo grande parte desse tempo nos rios da Amazônia.

Realizou diversos cursos na MB, dos quais destacam-se: Curso de Aperfeiçoamento em Máquinas para Oficiais (CAMO) em 2005, Curso de Estado-Maior para Oficiais Intermediários (C-EMOI) em 2009 e o Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores (C-EMOS) em 2017.

Durante a OPERANTARXXXI fez parte do Grupo-Base Petrel (2012/2013), inicialmente como Encarregados de Serviços Gerais (ESG) e depois como Subchefe. Permaneceu na Base Presidente Eduardo Frei Montalva de setembro a novembro de 2012, onde contribuiu para a instalação dos Módulos Antárticos Emergenciais (MAE). Participando do primeiro Grupo-Base a invernar nessa estrutura, regressou ao Brasil em novembro de 2013.

Em 2020 foi designado para o Cargo de Chefe do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é o encarregado geral de todas as atividades realizadas na Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF).

Valdeci Bezerra de Vasconcellos Junior, Capitão de Corveta, Intendente da Marinha, 37 anos, natural do Rio de Janeiro – RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 2001, no Colégio Naval. Em 2004, ingressou na Escola Naval, tendo sido declarado Guarda-Marinha em dezembro de 2007.

Em janeiro de 2009, embarcou na Fragata Bosísio, tendo exercido a função de Chefe de Intendência. Naquele Navio, teve a oportunidade de participar de diversas missões operativas e SAR (Busca e Salvamento), atuando como Oficial de Lançamento e Pouso de aeronaves. Como missão de maior relevância, atuou ativamente nas buscas às vítimas do voo 447 da Air France.

No final de 2016, foi selecionado pela Diretoria Geral do Pessoal da Marinha (DGPM), para desempenhar a função de Comandante da 5º Companhia do Corpo de Alunos do Colégio Naval além de desempenhar o encargo de Instrutor Militar Naval, nos anos de 2017 e 2018.

Em 2018, foi selecionado pela Diretoria Geral do Material da Marinha (DGMM), para assumir a função de Chefe do Departamento de Administração daquela Diretoria Geral a partir do início de 2019, tendo permanecido na função até o início de 2021

Na função de Subchefe do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é o encarregado da secretaria, de todo o pessoal e material que entra e que sai da EACF, além de auxiliar o Chefe da Estação em diversos outros assuntos.

RAFAEL Alves MARQUES, Capitão-Tenente, Oficial de Máquinas, 37 anos, natural do Rio de Janeiro - RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 2003, no Colégio Naval. Em 2006, ingressou na Escola Naval, tendo sido declarado Guarda-Marinha em 12 de dezembro de 2009. Realizou a XXIV Viagem de Instrução de Guardas-Marinha no Navio-Escola Brasil em 2010, tendo sido nomeado Segundo-Tenente no final daquele ano.

Em janeiro de 2011, embarcou no Navio-Patrulha Fluvial Roraima, tendo exercido a função de Chefe de Máquinas. Naquele Navio, teve a oportunidade de navegar nas águas jurisdicionais da Amazônia Oriental e Ocidental, realizando atividades de patrulha, inspeção naval e ações cívico-sociais nas comunidades ribeirinhas.

Entre 2013 e 2014, realizou o Curso de Aperfeiçoamento de Superfície em Máquinas. Em seguida, embarcou no Rebocador de Alto Mar Tritão, sediado em Rio Grande-RS, tendo exercido a função de Chefe de Máquinas até 2018. Nesse Navio, teve a oportunidade de participar de diversas atividades SAR (Busca e Salvamento), além de missões de patrulha e inspeção naval nas águas jurisdicionais do Comando do 5º Distrito Naval.

Em 2018, foi movimentado para o Rio de Janeiro-RJ a fim de realizar o Curso de Estado-Maior para Oficiais Intermediários na Escola de Guerra Naval. Após sua conclusão, embarcou na Corveta Jaceguai, onde exerceu a função de Chefe de Máquinas até outubro de 2019. Após isso, embarcou no Comando do 2º Esquadrão de Escolta, onde exerceu a função de Encarregado da Seção de Logística e teve a oportunidade de compor o Estado-Maior de um Comando de Força.

Na função de Encarregado de Serviços Gerais do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), tem como principais atribuições a de coordenador das atividades externas da EACF, a de Oficial de segurança do pessoal e das instalações, além de supervisionar o funcionamento, a correta condução e a manutenção de todos dos equipamentos e sistemas da Estação.

Gabriel Prucoli BENEVENUT, Capitão de Corveta, Médico, 39 anos, natural de Cachoeiro de Itapemirim – ES

Após ter realizado o Curso de Medicina na Faculdade de Medicina de Petrópolis, ingressou na Marinha do Brasil em 2006, concluindo o Curso de Formação de Oficiais no CIAW.

Realizou o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais em Anestesiologia e o Curso Especial de Medicina de Submarinos e Escafandria.

Durante sua carreira, foi médico do Grupamento Operativo dos Fuzileiros Navais no Haiti (2007), participou também da Operação de Assistência Hospitalar à população ribeirinha na Amazônia (2008), do Hospital de Campanha em atendimento às vítimas do terremoto no Chile (2009) e do Grupo-Base “Orion” (2017/2018).

É o médico do Grupo-Base Antarcticus, exercendo adicionalmente a função de relações públicas e agente dos correios da EACF.

Paulo Jose Nascimento do SACRAMENTO, SO-MO, 47 anos, natural de Salvador - BA

Ingressou na Marinha do Brasil em janeiro de 1993, na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo. Em dezembro de 1998, concluiu o Curso de Especialização em Motores. Após a conclusão do curso, embarcou na Fragata Defensora, compondo o grupo do sistema de ar comprimido e participando de diversas comissões operativas.

Em 2000, fez parte do grupo de recebimento do Navio Aeródromo São Paulo. Em 2004, realizou o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos e embarcou novamente na Fragata Defensora.

Em 2009, embarcou no Navio Varredor Anhatomirim, onde exerceu a função de Supervisor de Máquinas.

Em 2018, fez parte do grupo de recebimento do Navio-Aeródromo Multipropósito Atlântico, onde exerceu a função de Supervisor da Divisão ALFA.

Encarregado de Motores do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pelas atividades de recebimento, armazenamento, controle e consumo de óleo combustível; cuida da operação dos tanques de armazenamento, de transferência e de serviço; e da manutenção e operação das chatas de transferência de óleo e dos diesel-geradores.

Geraldo ADRIANO Estrela da Paixão, SO-MG, 45 anos, natural de Salvador-BA

Ingressou na Marinha do Brasil, em 1993, através da Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará. Serviu no Comando do 2ºDN,o Corveta Caboclo, NSS Felinto Perry, NDD Ceará, Base Almirante Castro e Silva e Base de Hidrografia da Marinha.

Realizou o Curso de Especialização em Mergulho, Aperfeiçoamento de Sargentos em Mergulho, Mergulho Saturado, Supervisor de Mergulho Saturado e Desativação de Artefatos Explosivos.

Dentre suas principais comissões ao longo da carreira, cabe ressaltar as atividades desempenhadas com apoio Logístico à EACF a bordo do NSS Felinto Perry (2010) e Grupo-Base “Imperador” (2014/2015).

Encarregado de Embarcações do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pelo sistema de abastecimento e tratamento de água doce, esgoto sanitário (águas negras) e águas cinza, sistema de aquecimento, das embarcações e da condução de botes.

RENATO Medeiros da Silva, SO - CO, 45 anos, Natural de Duque de Caxias – RJ

Em 1995, ingressou na Marinha do Brasil através do Núcleo de Formação de Reservistas Navais, no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, sendo promovido a Marinheiro em 1996, permanecendo como parte da guarnição desta Organização Militar.

Realizou o Curso de Especialização de Cozinheiro e Arrumador e o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos.

Embarcou no NAeL Minas Gerais, NAe São Paulo e CAAML. No ano de 2008, a bordo da Fragata Constituição, participou do resgate ao Vôo 447 da Air France. Em seguida, serviu na Escola de Guerra Naval e Diretoria de Portos e Costas.

Hoje, na Função de Cozinheiro do Grupo - Base Antarcticus (2021/2022) é responsável pela confecção das refeições na EACF e também pelo controle e manutenção do estoque de alimentos.

WALLACE Lourenço Moraes, SO-MR-SB, 45 anos, natural do Rio de Janeiro – RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 1995, na Escola de Aprendizes de Marinheiros de Santa Catarina. Em seguida, embarcou no Navio Aeródromo Ligeiro Minas Gerais, participando de diversas missões operativas.

Em 1999, realizou o Curso de Especialização em Manobras e Reparos e Sinais (MS), em dezembro de 1999 embarcou no Centro de Instrução Almirante Marques Ache (CIAMA) para realizar o Curso de Subespecialização de Submarinos para Praças, formando-se em julho de 2000 e ao final do curso, embarcou no Submarino Tupi.

Em 2012 foi movimentado para o Comando do 2° Distrito Naval, em Salvador- BA, embarcando no Serviço de Sinalização Náutica do Leste. Participou de diversas comissões de pintura e manutenção de faróis e boias ao longo da Baía de todos Santos e costa sul da Bahia.

No ano de 2019 regressou ao Comando da força de submarinos, onde exerceu a função de Mestre e Supervisor do Aviso de Apoio Costeiro Almirante Hess.

Ao longo da sua carreira completou mais de 5.500 dias de embarque, 813 dias de mar e mais de 12. 450 horas de imersão em Submarinos da MB.

Fiel das Embarcações do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pela operação das chatas, pela coordenação das atividades de carga e por manter o aspecto marinheiro da Estação.

Francisco ASSIS Barros Rocha Junior, SO-EL-SB, 44 anos, natural de Fortaleza - CE

Ingressou na Marinha do Brasil em julho de 1994, na Escola de Aprendizes de Marinheiros do Espírito Santo e logo em seguida embarcou no NAeL Minas Gerais.

Realizou diversos cursos, dentre os quais cabem destaque: Curso de Especialização em Eletricidade e Comunicações Interiores e o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos.

Serviu por período de nove anos a bordo dos Submarinos Tapajó e Timbira, e em 2010 embarcou no AvPq Aspirante Moura.

Fez parte dos Grupos-Base Albatroz (2013/2014) e Orion (2017/2018), nos MAE.

Encarregado da Eletricidade do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pelo sistema de monitoramento de energia renovável e pelo funcionamento e manutenção dos geradores, dos aerogeradores, dos painéis fotovoltaicos e do painel elétrico geral.

RODNEI Silva de Oliveira, SO-MG, 45 anos, natural do Rio de Janeiro - RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 1995, através do Quartel de Marinheiros (CIAA). Em 1996, engajou, permanecendo no CIAA como marinheiro. Serviu no Colégio Naval no período de 1997 a 1999.

No ano de 2000, realizou o Curso de Especialização em Mergulho. Em seguida, foi designado para servir no Departamento de Mergulho da BACS, tendo embarcado como destacado, em diversos meios operativos da Esquadra.

Em 2012, foi designado para servir no CIAMA, assumindo a função de Instrutor na Escola de Mergulho a Ar, permanecendo até o primeiro semestre de 2015.

Serviu no Comando da Força de Submarinos, como Encarregado do Adicional de Compensação Orgânica de Mergulho e na Diretoria de Portos e Costas, na função de Supervisor de Mergulho e perito em Sistemas de Mergulho.

Auxiliar do Encarregado de Embarcações do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é o responsável pela academia, sistema de Água Quente Sanitária e caldeiras, bem como das Estações Elevatórias e bombas. Também é Encarregado da manutenção e operação dos botes, seus respectivos carros de encalhe e motores de popa.

JOAB José da Silva Junior, SO-FN-CN, 47anos, natural de Recife – PE

Em 1993, ingressou no Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil no Centro de Recrutas do Corpo de Fuzileiros Navais - CRCFN - hoje CIAMPA.

Embarcou no Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais (1994 a 1996), participando de diversas missões operativas.

Realizou o Curso de Especialização em Comunicações Navais e o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos Fuzileiros Navais no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo. Após a promoção à Terceiro-Sargento, embarcou no Batalhão de Comando e Controle.

Serviu em diversas Organizações Militares, a saber: Batalhão de Artilharia Antiaérea, Comando do Material de Fuzileiros Navais, Comando.do Pessoal de Fuzileiros Navais e Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal. Nesta última comissão exerceu as funções de Auxiliar de Encarregado de Pessoal, Encarregado do Centro de Mensagens/Paiol de Comunicações.

Participou das seguintes missões de maior destaque: 18º Contingente do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais no Haiti, GLO Copa do Mundo, GLO Olimpíadas, GLO Pacificação da Maré-RJ, GLO Operação varredura Natal-RN e GLOLEO, por ocasião do derramamento de óleo ocorrido no Nordeste.

Encarregado de Comunicações do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), tem como principal atribuição prover o enlace das comunicações entre o Continente Gelado (Antártica) e o Brasil, além de ser o responsável pela destinação e reciclagem dos resíduos gerados na estação.

Andre Luis PINHEIRO, SO-EL, 42 anos, natural do Rio de Janeiro – RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 1996, através da Escola de Aprendiz de Marinheiros de Santa Catarina. Na graduação de Marinheiro serviu no Submarino Tupi, na Base Almirante Castro e Silva e no Navio Patrulha Benevente.

Em 2001, realizou o Curso de Especialização em Eletricidade, servindo na Fragata Independência e em seguida, na Policlínica Naval Nossa Senhora da Glória. Em 2007 voltou para o CIAA, a fim de realizar o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos.

Ao término do curso, permaneceu na tribulação do CIAA, e em 2010 realizou o Curso de Qualificação Técnica Especial em eletrônica. Após sua conclusão, permaneceu na escola a fim de ministrar aulas, nas áreas de Eletrônica, Programação em microcontroladores e Sistemas Supervisórios.

Em 2018, destacou no Comando do 1º Distrito Naval, para cumprir uma missão de quatro meses na Ilha de Trindade, na função de Supervisor Eletricista. Retornando ao CIAA, permaneceu como instrutor desta escola, até o dia que foi selecionado para compor o Grupo-Base.

Como Auxiliar do Encarregado de Eletricidade do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pelo funcionamento e manutenção dos quadros elétricos, do compartimento de baterias e dos sistemas de aterramento, iluminação interna e externa, dentre outras tarefas.

Carlos Alberto Orestes COSTA, SO-EF-HB, 43 anos, natural do Rio de Janeiro – RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 1996, através da Escola de Formação de Reservistas Navais da Base Aeronaval de São Pedro da Aldeia. Inicialmente serviu na Sessão de Serviço Militar, do Comando do 1º Distrito Naval.

Em 2001, realizou Curso de Especialização de Enfermagem e serviu na Unidade de Pacientes Graves do Serviço de Atendimento a Emergências, do Hospital Naval Marcílio Dias.

Em 2013 realizou o Curso Especial de Enfermagem em Medicina Hiperbárica e serviu na Emergência da Base Almirante Castro Silva e na Clínica de Medicina Hiperbárica do Hospital Naval Marcílio Dias.

Em complemento a sua formação profissional, concluiu o Curso Especial de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica, Curso Expedito de Enfermagem Operativa, Unidade Médica Nível II (Medicina Operativa), Curso Técnica de Ensino e Curso Básico Pára-quedista.

Graduado em Enfermagem e Pós-Graduado em Terapia Intensiva e Emergência pelo Centro Universitário Celso Lisboa.

Participou da ACISO 2009 em Marataízes-ES, Atendimento às Vítimas do Terremoto no Chile em 2010, Operação Acolhida 2019 e Operação COVID-19 em Macapá-AP em 2020.

Enfermeiro do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável por auxiliar o médico da EACF, além de atividades administrativas como cuidar dos aspectos relacionados ao conforto, da lavanderia, da biblioteca e do controle de estoque e abastecimento de material de limpeza.

José FLÁVIO Gomes da Cruz, 1°SG-ET, 41 anos, natural de Juazeiro do Norte – CE

Em 1998, ingressou na Marinha do Brasil, através da Escola de Aprendizes de Marinheiros do Ceará. Embarcou na Fragata Defensora e em seguida, no Aviso de Instrução Guarda-Marinha Jansen.

Realizou o Curso de Especialização de Eletrônica em 2003, embarcando na Fragata Defensora e no Navio Patrulha Fluvial Raposo Tavares.

Realizou diversos cursos no âmbito das Forças Armadas, dentre os quais cabem destaque: Curso Expedito de Combate a Incêndio para Praças, Curso Expedito do radar de busca combinada RAN-20S e Curso Expedito do Radar de Superfície Scanter, sendo distinção em todos eles.

Em 2009, realizou o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos em Eletrônica, embarcando em seguida no Navio Oceanográfico Antares, Base de Hidrografia da Marinha em Niterói, Navio de Assistência Hospitalar Doutor Montenegro, Comando do 9° Distrito Naval e participou das Operações Antártica XXXVI e XXXVII no Navio Polar Almirante Maximiano como Supervisor de Eletrônica. Por fim, serviu no Navio Hidroceanográfico Taurus e Grupamento de Navios Hidroceanográficos.

Na função de Encarregado de Eletrônica da Estação Antártica Comandante Ferraz, Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pela operação e manutenção dos diversos equipamentos dos sistemas de automação, de informática, de alarmes e sistemas satelitais.

RODRIGO Oliveira Passos, 1ºSG-FN-MO, 42 anos, natural de Araruama – RJ

Em 1998, ingressou no Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, onde obteve a 1ª colocação do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais, Turma I/98.

No ano de 2006, na graduação de cabo, foi designado por portaria, após processo seletivo, " Fuzileiro Padrão" do Corpo de Fuzileiros Navais.

Serviu nas organizações militares Companhia de Guerra Eletrônica (extinta), Companhia de Polícia do Batalhão Naval, Batalhão de Viaturas Anfíbias de Fuzileiros Navais, Comando da Força Aeronaval, Cefan, Ciasc, e nos Comandos de Material, de Pessoal e Comando-Geral de Fuzileiros Navais.

Realizou, obtendo a 1ª colocação, nos seguintes cursos: Curso Especial de Motociclista Militar, curso expedito de motorista militar, Curso de Especialização em Motores e Máquinas, Curso Especial de Manutenção de CLANF. Concluiu ainda, o curso de técnica de ensino e de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos Fuzileiros Navais.

Dentre suas principais comissões, destacam-se: XVIII VIGM (Viagem de Instrução de Guardas-Marinha) no Navio-Escola "Brasil", 2° Destacamento de Segurança de Embaixadas do Brasil na Bolívia, 15º contingente Haiti e Grupo-Base “Poseidon” (2016/2017).

Auxiliar do Encarregado de Motores do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pelo funcionamento e manutenção do sistema de ar comprimido, compressores, equipamentos de combate a incêndio, sistema de ventilação e tratamento de ar, unidade recuperadora de calor e dutos em geral.

CLAUDIO da Silva BORGES, 2ºSG-FN-EG, 42 anos, natural do Rio de Janeiro – RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 2000, através do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais, realizado no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves. Inicialmente serviu no 1°Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais.

Em 2005, realizou Curso de Especialização em Engenharia de Combate, servindo em seguida, no Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais.

No ano de 2013 realizou o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos. Participou de diversas comissões operativas, tendo como destaque: Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas em 2016.

Encarregado de Viaturas e Tratores do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pela manutenção e operação das viaturas da EACF (trator D-6N, BOBCAT, guindastes, pá carregadeira, retroescavadeira, escavadeira, skidozer, quadriciclos e motos de neve).

José ALBERTO Gonçalves Ferreira Júnior, 2°SG-CP, 38 anos, natural Rio de janeiro– RJ

Ingressou na Marinha do Brasil em 2005, através da Escola de Aprendizes de Marinheiros de Santa Catarina. Em seguida, embarcou no NDD Rio de Janeiro e em seguida na Diretoria de Hidrografia e Navegação.

Realizou o Curso de Especialização em Carpintaria, o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos e diversos cursos na área de Controle de Avarias.

Serviu no Almirante Gastão Motta, NAe São Paulo (destacado), Base Naval do Rio de Janeiro, Centro de Embarcações Miúdas e Diretoria de Engenharia Naval. Dentre suas principais comissões, podemos citar: Apoio Logístico ao Haiti (2005) e Destacamento POIT (2018).

Encarregado do CAV do Grupo-Base Antarcticus (2021/2022), é responsável pelo Sistema de Combate a incêndio e manutenção estrutural da EACF.