Acesso a Dados e Produtos

  Dados disponíveis para acesso:

Os dados e informações abertos produzidos ou mantidos e geridos pela Diretoria de Hidrografia e Navegação estão descritos na Norma de Acessos aos Dados e às Informações Abertos da Diretoria de Hidrografia da Marinha (NAD-DHN), dentre os quais, alguns estão disponíveis para acesso por download, da Infraestrutura de Dados Espaciais Marinhos da Diretoria de Hidrografia da Marinha (IDEM-DHN) ou através de solicitação por email. Constam disponíveis os seguintes dados:

  • Oceanográficos: temperatura, salinidade, velocidade do som, condutividade, oxigênio e nutrientes (oriundos de equipamentos como CTD, XBT, Garrafa de Nansen, boias, flutuadores Argos e outros);
  • Geológicos: amostras de fundo (tença, análises granulométricas, mineralógicas e outros);
  • Fluviográficos: altura de nível observado em estações fluviométricas;
  • Maregráficos: previsões de maré, altura observada de maré em estações maregráficas, altura do nível do mar do GLOSS e principais constantes harmônicas de marés;
  • Correntométricos: direção e intensidade em perfis de profundidade e na superfície;
  • Meteorológicos: dados das estações meteorológicas fixas e móveis, radiossondas e cartas sinóticas;
  • Geofísicos: Dados do LEPLAC – sísmica (multicanal, mini air-gun, subbottom profiler), magnetometria, gravimetria e batimetria (monofeixe e multifeixe). Apenas para pesquisadores brasileiros com vínculo universitário, conforme Portaria n°13/2018 da Diretoria de Hidrografia e Navegação.

 

1 - Downloads:

Acesse os endereços abaixo para:

 2 - Acesso através da IDEM-DHN:

A Infraestrutura de Dados Espaciais Marinhos da DHN (IDEM-DHN) é uma importante ferramenta de busca de dados abertos. No catálogo de metadados é possível realizar buscas através de filtros, como por exemplo área, palavras-chaves, datas, entre outros. Nele, o usuário poderá encontrar os metadados de todas as cartas náuticas produzidas pela DHN, informações sobre as Comissões Oceanográficas, boias lançadas (operantes e inoperantes), estações maregráficas, meteorológicas e fluviométricas, entre outras. Além disso, a IDEM conta com um visualizador de camadas de dados georreferenciados. Para conhecer acesse https://idem.dhn.mar.mil.br/.

3 - Instruções para solicitações por email:

As solicitações de dados, informações técnicas, cópias de documentos ou produtos que não constam para download no site deverão ser encaminhadas por correspondência eletrônica para chm.bndo@marinha.mil.br ou por correspondência postal para o endereço:

 

                    BNDO - Centro de Hidrografia da Marinha

                   Rua Barão de Jaceguai S/Nº, Ponta da Armação
                   CEP 24048-900, Niterói-RJ, Brasil

 

Na solicitação deverá constar as seguintes informações:

          Dados do solicitante: nome completo endereço, telefone e email;

          Dados da instituição ou empresa a que está vinculado: nome, telefone, fax e endereço, caso se aplique;          

          Dados do projeto de pesquisa: título, órgão financiador do projeto, resumo, o motivo da solicitação e a aplicação dos dados, caso se aplique.

          Parâmetros de busca: latitude/longitude, nome/número da estação, data-hora e tipos de dados.

Norma de Acesso aos Dados (NAD-DHN) visa orientar e promover o acesso, uso e disseminação dos dados e informações de caráter ostensivo que estão sob a guarda da DHN e mantidos pelo CHM. Após recebimento da solicitação será verificada a existência das informações pertinentes na base de dados do CHM e observada a possibilidade do atendimento do solicitante. Poderá ser exigida a assinatura de um Termo de Compromisso, que compromete a instituição ou indivíduo a não repassar os dados a terceiro e não dar destinação diversa da especificada na solicitação. Ao final do atendimento, o solicitante deve preencher o questionário de avaliação do Grau de Satisfação do Cliente.

Instruções para solicitações de dados do LEPLAC:
O Plano de Levantamento da Plataforma Continental Brasileira (LEPLAC) é o programa de Governo com o propósito de estabelecer o limite exterior da nossa Plataforma Continental no seu enfoque jurídico, ou seja, determinar a área marítima, além das 200 milhas, na qual o Brasil exercerá direitos de soberania para a exploração e o aproveitamento dos recursos naturais do leito e subsolo marinho. Os dados gerados pelo LEPLAC são abertos para pesquisadores nacionais, e inclui batimetria, sísmica, magnetometria e gravimetria. Desta forma, as solicitações estarão sujeitas à análise de veracidade e de pertinência das informações fornecidas pelo solicitante.
As solicitações destes dados deverão ser realizadas mediante preenchimento do Formulário de Solicitação, especifico para o LEPLAC, observando a fase do levantamento (Fase I ou II) e o número das linhas disponíveis no arquivo SHAPE (arquivo vetorial, que deve ser aberto em algum Sistema de Informação Geográfica - SIG, QGis ou similar). O arquivo shape também está disponível através de geoserviço WMS pela IDEM-DHN. O Formulário deve ser enviado como anexo compactado (.rar, .zip ou . 7z)  para o endereço eletrônico do BNDO chm.bndo@marinha.mil.br.

 Em caso de dúvidas durante o preenchimento do Formulário de Solicitação, consultar o Manual.  

  Formato dos Dados:
              1. Batimetria:
                      Fase I – dados monofeixe no formato ASCII, e
                      Fase II – dados multifeixe no formato GRD (Surfer);
              2. Sísmica:
                     Reflexão multicanal e Mini Air-Gun no formato SEGY da fase I e II, ou
                     Imagem (JPEG) fase I;
              3. Perfilagem 3,5 KHz: no formato SEGY; e
              4. Gravimetria e Magnetometria: no formato ASCII.

Caso solicitado, o dado poderá ser acompanhado de um relatório com a metodologia de aquisição e processamento. O envio do dado está condicionado a assinatura Termo de Responsabilidade (Fase I e/ou Fase II).

Observação: Indicamos utilizar o navegador Mozilla Firefox para acessar os documentos supracitados.