Grupo de Sistemas Digitais

     O Grupo de Sistemas Digitais (GSD) do IPqM atua nas áreas de Sistemas de Controle Tático, Automação e Controle e Simulação.

     Sistemas de Simulação para treinamento das tripulações dos navios e demais meios da MB (simulação em Controle de Avarias, Simuladores de navegação e simuladores para treinamento do militar no ambiente operativo) ; Fusão e comunicação de dados e desenvolvimento de software em tempo real; Automação e Controle de Maquinas são usados pela MB.

- SISTEMA DE CONTROLE E MONITORAÇÃO (SCM)

- SCM - CV BARROSO

- SCM - NPa classe “MACAÉ” (2ºlote – 5 navios)

- SCM - CV classe “INHAÚMA”

- SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DA PLATAFORMA (SIGP) Novas CV classe “TAMANDARÉ”

- SISTEMA DE MONITORAÇÃO DE BATERIAS

- SIMULADOR DE MÁQUINAS

- SISTEMA DE NAVEGAÇÃO - SimECDIS

- SISTEMA DE SIMULAÇÃO TÁTICA E TREINAMENTO - SSTT-3

- DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE FUSÃO DE DADOS - DSFD

- SISTEMA DE SIMULAÇÃO PARA TREINAMENTO NO CISNE

- RÁDIO DEFINIDO POR SOFTWARE (RDS)

- NOVO LINK TÁTICO NAVAL

O SimMaq é o primeiro simulador de máquinas Full-Mission nacional, que tem por objetivo simular a operação de um navio mercante, com o intuito de treinar e capacitar futuras tripulações.

Baseado nos modelos comerciais mais modernos, o simulador está instalado nas dependências do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), com 30 computadores em rede e monitores touchscreen distruibuídos em salas que representam diferentes setores de um navio.

O SimMaq simula uma planta baseada nas máquinas tipicamente encontradas em navios mercantes de grande porte movidos com motores diesel de baixa rotação, incluindo mais de 70 telas que representam a planta elétrica, de propulsão e auxiliares de forma fiel. A escolha do tipo de embarcação reflete uma configuração de máquinas comum entre os navios mercantes da frota brasileira, sendo ideal para o uso em um centro de formação e treinamento.

A planta elétrica conta com dois geradores diesel, um gerador de eixo e um turbo gerador, que podem ser sincronizados manual ou automaticamente. A propulsão pode ser de passo fixo ou variável. O acionamento local de equipamentos é feito através de quatro telas touchscreen de 70’ que juntas representam a praça de máquinas inteira, enquanto o acionamento remoto é feito nos consoles da CCM.

O instrutor pode selecionar um dos diversos cenários iniciais instalados ou salvar seu próprio. Avarias podem ser introduzidas em qualquer bomba, filtro, válvula e outros equipamentos. O projeto foi feito usando a plataforma LINUX, usando as linguagens Java e C++.

O domínio da tecnologia específica de simuladores permite que a Marinha do Brasil detenha o conhecimento técnico, possibilitando a capacidade de atualizações no simulador ao longo dos anos e elaboração de diferentes configurações de praças de máquinas.

O SICONTA é um sistema de controle tático e possui um elevado grau de modularidade, sendo configurável para instalação em praticamente qualquer tipo de navio ou submarino, conforme pedido do usuário. Porte compacto, simplicidade de operação e escalabilidade são algumas das características do sistema, que aliadas à tecnologia de ponta utilizada em seu projeto, fazem do SICONTA um dos melhores sistemas de sua categoria a nível mundial. Atualmente, o IPqM encontra-se desenvolvendo o Siconta Mk IV para o NAe "São Paulo".

SISTEMA DE CONTROLE TÁTICO - SICONTA

O TTI é um sistema de controle tático, com apoio à navegação, para emprego em aeronaves e navios de pequeno e médio portes. Foram instaladas unidades do TTI em diversos navios da Marinha Brasileira e em duas Fragatas da Armada do Uruguai.

TERMINAL TÁTICO INTELIGENTE - TTI

Este poderoso conjugado de processamento tático, desenvolvido para as Fragatas Classe "Niterói", confere a um navio a possibilidade de analisar o sinal de vídeo de radares de navegação e vigilância, convertendo-o em uma lista de acompanhamentos digitais, que pode graficamente ser apresentada na tela de terminais táticos.
Assim, a identificação, posição e demais dados cinemáticos dos alvos sensoriados num navio ficam disponíveis para serem confiavelmente interpretados pelos operadores e, se conveniente, para serem também transmitidos e processados por sistemas táticos em outros navios ou aeronaves.

EXTRATOR AUTOMÁTICO DE ALVOS RADAR - EXR & ENLACE DE DADOS TÁTICOS - EAD

O Sistema de Contra Medidas de Minagem - SCMM é um sistema desenvolvido para os Navios Varredores Classe "Aratu", capaz de gerar assinaturas acústicas e magnéticas ou a combinação destas para varreduras de influência. Adicionalmente, o sistema possui software de Planejamento, Controle e Análise da Operação de Contramedidas de Minagem (CMM), capaz de apoiar plenamente o planejamento, a execução e a avaliação de varreduras de minas de fundeio de contato, influência acústica e magnética ou de fundo acústicas e magnéticas.

SISTEMA DE CONTRA MEDIDAS DE MINAGEM - SCMM

Sistema em rede que monitora sensores e aciona equipamentos remotamente. Possui módulo de apoio à decisão e pode efetuar o cálculo da estabilidade dos navios. Sua construção compacta e robusta e sua capacidade de reconfiguração tornam possível sua reutilização em uma série de outras aplicações de controle de processos.

SISTEMA DE CONTROLE E DE MONITORAÇÃO - SCM

O SCAV é um sistema de tempo real, para uso nos navios da Marinha, originalmente desenvolvido para o programa de modernização das Fragatas Classe "Niterói". Tem o propósito de permitir a troca de informações entre uma Central de Controle de Avarias e seus reparos; monitorar; visualizar e atuar, em situações de avarias, nos diversos compartimentos do navio; e fornecer apoio para uma rápida tomada de decisão do Comando.

SISTEMA DE CONTROLE DE AVARIAS - SCAV

O SSTT-II tem o propósito de instruir e adestrar as tripulações de unidades navais e aeronavais; consiste de dezesseis cubículos, sendo um para instrutores e quinze para navios. O Sistema encontra-se em operação no CAAML e no NE Brasil.

SISTEMA DE SIMULAÇÃO TÁTICA E TREINAMENTO (SSTT-II)

O SIEN foi desenvolvido com a finalidade de simular os recursos e serviços básicos de navegação e manobra executados nos CIC/COC e passadiços dos navios da MB, visando o treinamento de Aspirantes. Encontra-se concluído e é hoje um dos principais recursos para treinamento em operação na Escola Naval.

SIMULADOR DA ESCOLA NAVAL - SIEN