Planejamento Familiar – de quem é a responsabilidade?

Enviado em: 18/06/2021

image

A notícia de uma gestação, por si só, já transforma o espaço familiar, pois são meses de preparação para a chegada do bebê. Para além dessa preparação, as famílias, em especial as mamães, por conta do nascimento da criança, passam por grandes desgastes físico e emocional.

Entendemos que uma preparação consciente e refletida para uma maternidade/paternidade responsável deve fazer parte do projeto de vida individual, mas também do casal. O envolvimento dos homens em relação à paternidade responsável é fundamental na prevenção de gestações não planejadas e na prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Assim, há várias opções de métodos contraceptivos e ações de orientação para auxiliar o planejamento sexual e reprodutivo, e, nesse sentido, contribuir tanto com os casais que desejam gerar filhos, quanto com os que optem por prevenir uma gravidez não planejada, fornecendo informações importantes e acesso aos recursos para a anticoncepção.

É importante destacar que determinados métodos contraceptivos ainda contribuem para a prevenção das IST, cabendo aos profissionais da saúde a divulgação de informações sobre o tema.

Os direitos sexuais e reprodutivos são considerados direitos humanos, isto é, usufruir de uma vida sexual segura e livre de discriminação, de violência e de intimidação, para decidir quando, se, e quantas vezes quer engravidar. Esses direitos devem ser usufruídos por homens, mulheres, adultos, jovens e vale ressaltar que o homem dever ser cada vez mais envolvido e corresponsável pela escolha e pelo uso do método contraceptivo, isto não é somente uma responsabilidade feminina.

Portanto, mais do que a doação de kits de maternidade, que tanto ajudam as famílias nesse momento especial de suas vidas, o conhecimento e as informações disponibilizadas favorecem uma vida sexual e reprodutiva consciente e saudável.
Sendo assim, o Projeto Obra do Berço, oferecido pelo Abrigo do Marinheiro, acolhe e apoia as famílias no momento da chegada de um bebê. Através de reuniões quinzenais as famílias de Cabos e Marinheiros são orientadas quanto à maternidade/paternidade responsáveis, planejamento financeiro e familiar.

Quer saber um pouco mais sobre o projeto Obra do Berço? Acesse o site www.abrigo.org.br



Milena Martins Madureira Ferro
Assistente Social do Departamento de Serviços
Sociais do Abrigo do Marinheiro




Veja também: