Alzheimer: quando o carinho vale mais que o esquecimento

Enviado em: 17/09/2020

image

Ela ocorre principalmente em idosos, tem como principal sintoma a perda progressiva da memória e se agrava com o tempo. Estamos falando da doença de Alzheimer, uma enfermidade que possui uma série de recomendações que, ao serem seguidas, podem melhorar o dia a dia daqueles que convivem com a doença.

Para aqueles que lidam com pessoas com Alzheimer doses extras de amor e de carinho são necessárias. Ao se deparar com situações como falta de memória; dificuldade para encontrar palavras que descrevem um objeto ou situação; falta de orientação ou de senso de direção e diminuição no interesse pela profissão e pela família, ter empatia e cuidado é fundamental.

Por isso, nas comunicações com pacientes com Alzheimer, tente seguir as recomendações abaixo:

  • nunca discuta, brigue ou grite;
  • otimize a comunicação: evite ruídos e distrações;
  • não tenha vergonha, apoie quem tem a doença e está precisando de ajuda;
  • não repreenda, busque sempre tranquilizar;
  • reformule as perguntas se a mensagem não for compreendida;
  • ente fazer com que as situações vividas sejam rememoradas, mas sem pressão. Aproxime-se, apresente-se e diga quem você é;
  • olhe nos olhos, adote essa postura para garantir que a mensagem seja entendida mais facilmente;
  • fale devagar e em um bom tom de voz
  • use sua expressão corporal para melhorar a comunicação;
  • mantenha a calma e tenha paciência, repita a mensagem quantas vezes forem necessárias;
  • utilize o humor e aprenda a rir dos mal entendidos;
  • procure não dizer “eu te disse”, mas sim repita o que falou anteriormente;
  • não dê ordens, tente perguntar o que necessita;
  • estimule sempre o que for possível fazer.

Melhorando a comunicação, certamente, haverá uma melhoria nas relações e na qualidade de vida tanto do paciente com Alzheimer como daqueles que convivem com ele. Apesar de incurável, a doença tem tratamento. Procure as Unidades de Saúde da Marinha. O Alzheimer pode apagar as memórias, mas não o carinho. 21/09 – Dia Nacional de Conscientização da Pessoa com Alzheimer

Comitê de Comunicação do Saúde Naval



Veja também: