Dia Nacional de Combate à Asma

Enviado em: 21/06/2019

A asma é uma das doenças respiratórias crônicas mais comuns. Suas principais características são dificuldade de respirar, chiado e aperto no peito, além da respiração curta e rápida. Os sintomas pioram à noite e nas primeiras horas da manhã ou em resposta à prática de exercícios físicos, à exposição a certas substâncias, à poluição ambiental e às mudanças climáticas.

A prática regular de atividade física é importante para melhorar a qualidade de vida e a disposição para realizar as atividades do dia a dia. Fortalece ossos e articulações, melhora a força e a resistência muscular, promove o fortalecimento do sistema imune, como também diminui o estresse. Porém, portadores de asma acabam receosos em manter uma rotina de exercícios pela chance de desencadear os sintomas. Inclusive, algumas pessoas podem ter sintomas de asma somente durante a atividade física. Essa forma de asma é chamada de Asma Induzida por Exercício (AIE).

Os sintomas da asma podem ocorrer durante a atividade física vigorosa, mas geralmente começam de 5 a 10 minutos depois de parar a atividade. Se o exercício leva a sintomas da asma ou não, vai depender de seu condicionamento físico, da intensidade da atividade e do ambiente em que você se exercita. Por exemplo, uma pessoa pode respirar confortavelmente em ambientes fechados como um ginásio, mas pode ter sintomas de asma se exercitando em um campo gramado, em clima frio ou seco. Os fatores desencadeantes que afetam você podem ser diferentes daqueles que afetam outras pessoas.

As pessoas predispostas devem evitar esses fatores, porém, segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, o exercício físico é benéfico e não deve ser evitado, desde que haja um acompanhamento médico para o perfeito controle da doença. O exercício físico, predominantemente aeróbico, em intensidade de baixa a moderada, melhora o condicionamento físico e a percepção de falta de ar, aprimorando o controle clínico da asma.

Beatriz Louise Braga Delmás Vogel
Capitão-Tenente (RM2-S)
Conselho Editorial do Saúde Naval