Velas Latinoamérica 2018 abre a semana com Cerimônia de Abertura e Visitação Pública

Na tarde do dia 26 de março, os Grandes Veleiros da América Latina que estão atracados no Píer Mauá pela Etapa Rio do evento Velas Latinoamérica 2018 foram abertos para o primeiro dia de visitação pública gratuita.

Navios do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Espanha, México e Venezuela receberam em seus conveses crianças e adultos curiosos, que tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e conversar com os tripulantes dos Veleiros. “Vimos na internet e achamos interessante trazê-lo, e eu também sempre tive o sonho de entrar num Navio desses. Fiz prova duas vezes para passar na Marinha e sempre quis ter essa experiência”, disse Wellington Praxedes, que acompanhava o pequeno Nychollas no passeio. Já o Capitão-Tenente Henrique, Encarregado de Convés do Cisne Branco, ressaltou que “essa troca que ocorre nas visitações públicas é muito importante para a tripulação do Navio. Hoje uma senhora disse que ia fazer orações desejando segurança e saúde para a tripulação. Esse carinho é a energia para continuarmos a trabalhar na manutenção do Navio.”

Já à noite, foi realizada no Átrio do Museu do Amanhã, também localizado na Praça Mauá, a Cerimônia de Abertura Oficial do evento, que contou com a presença do Comandante da Marinha do Brasil, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, do Comandante-em-Chefe da Armada do Chile, Almirante Julio Leiva Molina, e do Presidente do Comitê Executivo do Velas Latinoamérica 2018, Contra-Almirante Juan Andrés De La Maza, entre outras autoridades, e ainda com militares dos Navios Veleiros participantes.

Durante a cerimônia, a Bandeira Distintiva Velas Latinoamérica 2018 foi entregue ao Comandante da Marinha, que agradeceu ressaltando que “os tripulantes terão excelentes oportunidades para um intercâmbio cultural e profissional. Certamente, ao fim da singradura, a histórica relação de amizade e cooperação existente entre nossas Marinhas e nossos países, baseada na confiança e respeito mútuo serão fortalecidas”.