NPaOc “Amazonas” realiza 15ª Operação de Reabastecimento ao Posto Oceanográfico da Ilha de Trindade

O Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Amazonas” realizou, de 13 a 15 de agosto, a 15ª Operação de Reabastecimento do Posto Oceanográfico da Ilha de Trindade (POIT). Na ocasião, foi feita também a substituição de 18 militares da tripulação, permitindo que a Marinha do Brasil continue ocupando e preservando aquele território afastado cerca de 1.160 quilômetros da costa de Vitória (ES), considerado estratégico para o Estado Brasileiro.

“A comissão ocorreu conforme planejada. O Navio conseguiu executar o trabalho de reabastecimento e a troca da tripulação do Destacamento, apoio logístico necessário ao Posto”, disse o Comandante do Navio, o Capitão de Corveta Marcio Braga de Souza.

O apoio logístico dos Navios da MB ao POIT ocorre a cada dois meses. Dessa vez, o NPaOc “Amazonas” transferiu para a Ilha da Trindade gêneros alimentícios, combustível, materiais de obra e limpeza, um bote, suprimentos fundamentais para a sua manutenção. Além disso, levou à Ilha mais cinco pesquisadores do Programa de Pesquisas Científicas na Ilha da Trindade (ProTrindade) e a equipe da TV Record após três dias e meio de travessia.

“Foi uma grande honra acompanhar o trabalho dos militares da Marinha por oito dias. A seriedade e o profissionalismo com os quais trabalharam nesta comissão só fez aumentar o meu orgulho por essa instituição. Agradecemos pela oportunidade de mostrarmos todo esse serviço à sociedade brasileira”, disse o repórter Vinícius Dônola.

A equipe da Record embarcou no “Amazonas” no dia 10 de agosto, na Base Naval do Rio de Janeiro, e teve a oportunidade de acompanhar os exercícios de Combate de Avarias (CAV), de Tiro com Metralhadora MAG 7.62 mm, Postos de Abandono, além de Simulação de Manobras Táticas e Treino Físico Militar.

Troca da chefia do POIT

Ao chegar à Ilha de Trindade, a equipe da Record pôde conhecer o trabalho e as atividades realizadas pela tripulação do POIT para preservação e de pesquisas apoiadas pela Instituição. No dia 15 de agosto, acompanhou a cerimônia de passagem de função de chefia do POIT. Na data, o Capitão de Corveta Alexandre Santos da Silva passou o cargo para o Capitão de Corveta Carlos Antonio Cabral Barreto, que ficará à frente do POIT nos próximos quatro meses.

Por estar em latitude próxima das principais bacias petrolíferas e da região de maior desenvolvimento econômico e concentração populacional do País, a Ilha da Trindade constitui um posto avançado, vital para a Defesa Nacional.