NAVIO DE APOIO OCEÂNICO “PURUS” PRESTA APOIO AO PONTO MAIS DISTANTE DO TERRITÓRIO BRASILEIRO

          Entre os dias 06 e 18 de abril, o Navio de Apoio Oceânico (NApOc) “Purus”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, realizou a comissão “POIT II/2021”, em apoio ao funcionamento do Posto Oceanográfico da Ilha da Trindade (POIT).
         O Comando do 1º Distrito Naval realiza esse suporte logístico a cada dois meses, contribuindo para a manutenção da ilha, que é o ponto mais distante do território brasileiro, localizado a cerca de1.100 km do continente. Dessa forma, garante a soberania do País naquela região e proporciona, ainda, a extensão da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) brasileira.

          Os navios da Marinha transportam, até a ilha, suprimentos e equipamentos para a manutenção da sinalização náutica e das comunicações via satélite, além de pesquisadores e de militares que guarnecem a ilha.

          Durante a comissão “POIT II/2021”, o NApOc “Purus” também transportou pessoal especializado para a instalação de nova antena e sistema de comunicações satelitais, com a utilização de voz e dados.
Para a realização da comissão, todos os militares cumpriram os protocolos sanitários do Ministério da Saúde e da Diretoria de Saúde da Marinha, a fim de que a Ilha da Trindade permaneça como um dos territórios brasileiros sem a presença do novo coronavírus.