Marinha comemora o Dia Nacional da Amazônia Azul com atividades educativas

O Comando do 1º Distrito Naval organizou, nos dias 15 e 16 de novembro, diversas ações para celebrar o Dia Nacional da Amazônia Azul. Os militares da Marinha promoveram ações de limpeza e divulgação alusiva à data na Praia da Urca, na Servidão de Passagem da Orla Conde, no Rio de Janeiro, na Praia do Canto, no Espírito Santo, além da Lagoa da Pampulha, em Minas Gerais e nas Praias da Ilha da Trindade.
 
No dia 16 de novembro, 60 alunos das Escolas Públicas – Escola Técnica Estadual Adoplho Bloch e Colégio Pedro II – participaram do Cerimonial à Bandeira no Pátio Almirante Tamandaré, sede do Com1ºDN, e em seguida, realizaram gratuitamente uma visita guiada no Aquário Marinho do Rio (AquaRio), no qual tiveram contato com exposições da Marinha sobre a Amazônia Azul, Ilha da Trindade, além de instituições que contribuem para disseminar a importância do mar para o País, como é o caso do Projeto Tamar.
 
“Tivemos várias experiências de vivência sobre ambientes marítimos fundamentais para a vida marinha, que consequentemente afetam a nossa vida também e por isso a necessidade de conscientização da preservação”, disse a estudante Bianca Vitória.
 
O evento ainda contou com a participação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais, que se apresentou em frente ao AquaRio, na manhã do dia 16.
 
A Marinha do Brasil criou o termo Amazônia Azul para voltar os olhos do Brasil para o mar sob sua jurisdição, por ser fonte de recursos, pelos incalculáveis bens naturais e pela sua biodiversidade. Sancionada pela Lei nº 13.187, de 11 de novembro de 2015, o Dia da Amazônia Azul foi escolhido em homenagem à entrada em vigor da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, em 16 de novembro de 1994.