Marinha assume a guarda do Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial

A Marinha do Brasil (MB), através do Comando do 1º Distrito Naval, realizou a cerimônia de Assunção da Guarda do Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial (MNMSGM), no dia 3 de junho, no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro (RJ).

A solenidade foi presidida pelo Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante José Augusto Vieira da Cunha de Menezes, contou com a presença de autoridades do Exército Brasileiro (EB), da Força Aérea Brasileira (FAB) e de Ex-Combatentes. Foi acompanhada também por escoteiros do 90º Grupo Escoteiro do Mar Suboficial Amélio Azevedo Marques e por cidadãos que estiveram presentes ao local.

Para garantir a segurança do Monumento, as Forças Armadas se revezam na guarda mensalmente, sendo que nos meses de junho, agosto e outubro são celebradas cerimônias no primeiro domingo do mês.

Durante o evento, um representante da MB e um do EB cruzaram as espadas simbolizando a passagem da guarda, depois se direcionaram ao túmulo do Soldado Desconhecido para a rendição do posto ao som da canção “Cisne Branco”. Ao final, os militares da Companhia do 1º Batalhão de Guarda e da Companhia do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro fizeram um desfile em continência ao Comandante do 1º Distrito Naval e em homenagem ao Soldado Desconhecido.