DELEGACIA FLUVIAL DE FURNAS É ATIVADA NO SUL DE MINAS

No dia 23 de janeiro de 2020 ocorreu, no município de São José da Barra (MG), a cerimônia de ativação da Delegacia Fluvial de Furnas (DelFurnas), que foi presidida pelo Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Flávio Augusto Viana Rocha e contou com a presença de autoridades civis e militares. Com um posto permanente no sul de Minas Gerais, mais especificamente no Lago de Furnas, a Marinha do Brasil (MB) intensifica sua presença por toda a extensão do território mineiro. A MB está presente no estado de Minas Gerais há quase um século e desde dezembro de 2018, vem ampliando sua atuação com a ativação da Capitania Fluvial de Minas Gerais (CFMG), sediada em Belo Horizonte (MG), sob o comando do Capitão dos Portos de Minas Gerais, Capitão de Mar e Guerra Nicácio Satiro de Araújo.
 
O evento que teve início com o Hino Nacional e com as leituras do Ato de Criação e da Ordem do Dia do Comandante de Operações Navais, proporcionou aos presentes acompanharem o primeiro cerimonial à bandeira realizado no mastro da nova Organização Militar (OM). Na ocasião, o Comandante do 1º Distrito Naval investiu no cargo de Delegado Fluvial de Furnas, o Capitão de Corveta Fábio Luis Moreira Jacobucci Bambace. Durante a cerimônia militar, também foi assinado o Termo de Ativação, que marca a abertura do livro de estabelecimento da OM e efetuado, pelas autoridades presentes, o descerramento da Placa alusiva à criação da Delegacia Fluvial de Furnas.
 
A DelFurnas, subordinada à CFMG comandada pelo Capitão dos Portos de Minas Gerais, Capitão de Mar e Guerra Nicácio, está situada em uma estrutura física de aproximadamente 4 mil m², cedidas à MB pela Empresa Furnas Centrais Elétricas, onde há instalações administrativas que comportam espaço de atendimento ao público, salas de aulas destinadas ao Ensino Profissional Marítimo; garagem de embarcações e viaturas terrestres; alojamentos; entre outros. A delegacia que hoje conta com um efetivo de 20 militares, entre oficiais e praças, incrementará as ações de fiscalização do Tráfego Aquaviário da região, atividade já desempenhada por militares da Capitania.
 
A nova OM abrange centenas de municípios ao sul de Minas e passa a empregar equipes fixas para a realização das Inspeções Navais, que consistem em fiscalizar embarcações para verificar sua documentação; a habilitação dos condutores; a existência e o estado de conservação do material de salvatagem; e o comportamento da embarcação quanto às regras de navegação. Além disso, atenderá a aproximadamente 3 milhões de habitantes da região, por meio da prestação de serviços como a capacitação de condutores e consequente regularização das habilitações, tanto profissionais quanto amadores, registros de embarcações, entre outros.
 
O lago de Furnas é a maior extensão de água do estado de Minas Gerais, com 1.440 km², conhecido como o “Mar de Minas”. Abrange 34 municípios com um potencial natural exuberante, formando lagos, cachoeiras, balneários e piscinas naturais, que recebem milhares de turistas o ano inteiro, principalmente no período do verão.