COM1ºDN participa da cerimônia de término da Missão da ONU no Haiti

O Comando do 1º Distrito Naval (Com1ºDN) participou da Cerimônia de Término da Participação Brasileira na Missão das Nações Unidas para estabilização do Haiti, no Monumento Nacional aos Mortos da 2ª Guerra Mundial, no dia 21 de outubro, no Aterro do Flamengo (RJ). A solenidade foi presidida pelo Ministro da Defesa Raul Jungmann.

Também estiveram presentes no evento o Chefe do Estado-Maior da Armada, o Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior e o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Almirante de Esquadra Ademir Sobrinho. Além deles, o Comandante do Exército, General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas e o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, Brigadeiro Jeferson Domingues de Freitas, representando o Comandante da Aeronáutica.

A solenidade teve início com uma salva de 19 tiros e honras militares para receber o Ministro de Estado de Defesa Raul Jungmann, que discursou exaltando o orgulho que a missão trouxe para o Brasil. Além disso, também ressaltou a importância da atuação da Marinha na Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL).

A cerimônia, que homenageou os mais de 37 mil militares participantes das operações no País, entre fevereiro de 2004 e outubro de 2017, contou com o desfile da tropa de Fuzileiros Navais. Na sequência, foi executado o toque de silêncio e uma salva fúnebre de 15 tiros pelo Navio-Patrulha “Gurupi”. Logo depois, houve a entrega dos diplomas aos ex-Comandantes do componente militar da missão, aos ex-Comandantes da brigada de força e paz e aos ex-Comandantes de tropa. Por fim, ocorreu a apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais.