Rádio Marinha

 

       A Rádio Marinha, inaugurada em 22 de fevereiro de 2011, está presente por radiodifusão em Frequência Modulada nas cidades de São Pedro da Aldeia – RJ, Corumbá – MS, Natal – RN e Manaus – AM; pela Internet; e pela Intranet. Possui caráter educativo e tem como principais propósitos: ampliar a divulgação das atividades do Ministério da Defesa, da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, evidenciando, junto aos seus Públicos Interno e Externo, a importância dessas Instituições; difundir, junto à sociedade brasileira, o sentimento de patriotismo, a mentalidade em assuntos de defesa e o conceito de soberania em nossas Águas Jurisdicionais, chamadas de “Amazônia Azul”; e conquistar voluntários para a carreira naval. Conforme mencionou o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, “... com a criação da Rádio Marinha, deu-se um passo muito importante para a Comunicação Social da Marinha do Brasil que, preocupada em ter um relacionamento com a sociedade brasileira, abre mais um caminho de divulgação das coisas do mar”.

 

Caso tenha problemas para ouvir a Rádio Marinha no seu navegador, execute os seguintes procedimentos:

1. No Windows Media Player (nativo do Windows), vá em “Ferramentas --> Opções”. Nas opções de configurações, vá na aba “Rede”;

2. Na configuração “Protocolo - Proxy”, onde tem “HTTP – Navegador”, configurar para “Nenhum” (Não usar um servidor proxy) e confirme;

3. Feche o Windows Media Player e os navegadores abertos (Internet Explorer / Mozilla Firefox / Google Chrome);

 


 

 

 

O aplicativo da Rádio Marinha FM, antes disponível para dispositivos com iOS (iPhone e iPad), encontra-se disponível também para o sistema operacional Android.

A Marinha do Brasil (MB) lançou, no dia 5 de novembro, Dia Nacional da Cultura - o seu primeiro aplicativo para smartphones e tablets, com o propósito de facilitar aos cidadãos brasileiros o acesso às notícias e informações sobre a MB, por meio dos seguintes recursos: Rádio Marinha, Facebook oficial e Twitter.

Demais esclarecimentos poderão ser sanados pelo e-mail radiomarinha@ccsm.mar.mil.br.