O Museu do CFN

     Localizado no sítio histórico da Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o Museu do Corpo de Fuzileiros Navais está situado nas instalações que, desde o fim da campanha contra os franceses em Caiena (Guiana Francesa – 1809), foram ocupadas pelos componentes da Brigada Real da Marinha, origem do  atual Corpo de Fuzileiros Navais.

     O Circuito expositivo do Museu compõe-se de:  dois túneis subterrâneos  que, historicamente, foram construídos para servir de ligação segura entre as fortalezas erguidas pelos portugueses, a partir do século XVII. Neles estão expostos medalhas, documentos, pratarias, material arqueológico, fotografias, equipamentos e armamentos.

     Um Salão, onde estão expostas obras de arte, esculturas, medalhística, pratarias, maquete da ilha em 1736, miniaturas e acervo de ex-Comandantes-Gerais do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN).

     Uma galeria de uniformes históricos, localizada em um antigo túnel que ligava as fortalezas na Ilha das Cobras. Na galeria estão expostos alguns dos modelos utilizados pelos fuzileiros navais no decorrer da sua trajetória histórica.          

     Um salão projetado em antigas instalações da Fortaleza de São José, onde o visitante terá acesso a uma exposição permanente, com 40 painéis e monitores de LCD, que contam a participação do CFN nos eventos ligados à formação da nacionalidade e do Estado brasileiro.

     No Museu a céu aberto, o visitante terá contato com viaturas operativas, canhões, metralhadoras e motocicletas que foram usados pela corporação, uma escavação arqueológica, na qual o visitante pode observar parte do contra-forte da muralha da Fortaleza, construída no século XVIII, e o monumento aos Fuzileiros Navais mortos em combate.

PROCEDIMENTOS PARA VISITAS
O Museu está aberto de terça a sexta-feira (entrada franca), das 09h às 12h e 13:30h às 16h.

Visitas: podem ser marcadas pelo telefone (21) 2126-5053.

Acesso: no final da Rua Primeiro de Março, entrar na área do 1º Distrito Naval; atravessar a ponte Arnaldo Luz; subir pelo elevador do Hospital Central da Marinha e dirigir-se ao Batalhão Naval, ou, de carro, entrar pelo portão do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro.

O Museu do CFN oferece, ainda, os seguintes serviços:

· Exposição itinerante, desde que devidamente autorizada pelo Comando-Geral do CFN;
. Visitas guiadas;
. Auxílio a pesquisas históricas;
· Arquivo iconográfico;
. Fornece subsídios para a pesquisa sobre o histórico do CFN, quando devidamente autorizado pelo Comando-Geral do CFN.