A vacinação é a maior prevenção contra a meningite

Enviado em: 20/04/2020

image

A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. As principais formas de meningite são as causadas por vírus ou por bactérias, esta última sendo a mais grave.

O risco de contrair meningite é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até um ano, no entanto pode acontecer em qualquer idade.

Os sintomas podem ser muito parecidos no início do quadro. Em geral, começa com febre, dor de cabeça e rigidez de nuca (dificuldade de encostar o queixo no peito).

Um sinal de gravidade ocorre apenas nas bacterianas: pequenas bolinhas vermelhas espalhadas pelo corpo. Crianças ficam extremamente irritadas e, nos pequenos, a moleira pode ficar bem abaulada (um pouco levantada).

A maioria dos casos de meningite viral evoluem sem complicações e o tratamento visa apenas controlar os sintomas através de medicamentos para dor e febre. Já a meningite bacteriana é bem mais perigosa que a meningite viral, podendo levar à morte se não for diagnosticada precocemente. O tratamento é feito com medicamentos antibióticos específicos para o tipo de bactéria.

A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação.

Fonte: https://www.saude.ce.gov.br/2019/03/13/como-prevenir-meningite-e-quais-v...

A meningite é uma síndrome na qual, em geral, o quadro clínico é grave, por isso, no momento em que achar que você ou alguém pode estar com sintomas de meningite, deve procurar atendimento médico o mais rápido possível. Um médico pode determinar se você tem a doença, o tipo de meningite e o melhor tratamento.

Bibliografia:
https://www.saude.gov.br/
https://medicoresponde.com.br/

Eller Daniel Busatto Heringer Werner
Primeiro-Tenente (Md)
Conselho Editorial do Saúde Naval