Tratamento Odontológico para Gestantes

Os cuidados odontológicos com as gestantes representam a possibilidade de um trabalho efetivamente preventivo que acompanha a formação de um novo ser desde a sua concepção até o nascimento. Dessa forma, torna-se possível informar e educar a nova mamãe em relação a aspectos relevantes para a saúde bucal de seu bebê. Por estarem mais sensibilizadas, encontram-se mais suscetíveis a colocar em prática as informações recebidas e até a modificar antigos hábitos, por vezes nocivos ao seu núcleo familiar.

Sob o ponto de vista odontológico, determinadas características merecem atenção. A composição mineral dos dentes da mãe não sofre alteração para formar a estrutura calcificada do feto, ou seja, a mãe não perde cálcio dos dentes para o bebê. A gravidez também não causa gengivite.

O fato da mulher estar grávida não deve ser motivo para adiar um tratamento odontológico. Na verdade, é um momento bastante oportuno para se estabelecer medidas de promoção de saúde através da educação e medidas que melhorem a saúde bucal da mãe. O diagnóstico de risco de cárie deve ser o mais precoce possível, antes mesmo da criança nascer, pois diminui o risco de cárie do futuro bebê.

Além da educação, torna-se relevante a atuação do dentista em relação ao tratamento odontológico da gestante, pois sabe-se hoje que infecções e processos inflamatórios de origem bucal podem interferir sobremaneira na gestação e na qualidade de vida da gestante, podendo levar à intercorrências completamente indesejadas como: restrição ao crescimento uterino e parto prematuro.

A cárie passa da mãe para o filho, principalmente pela transmissão de hábitos inadequados. Dessa forma, faz-se importante um aconselhamento da dieta, tanto em termos nutricionais quanto em relação à frequência de consumo de produtos açucarados, enfatizando que o açúcar natural dos alimentos é suficiente para suprir as necessidades da gestante e do feto.

Finalmente, a filosofia da odontologia para gestantes é educa-las sobre as causas e condições em que as cáries se desenvolvem, seus meios de transmissão e, se necessário, alterar a condição bucal da mãe para que se torne saudável.

ALLAN RICARDO DA MAIA RODRIGUES
Capitão de Corveta (CD)
Encarregado da Divisão de Odontologia da Policlínica Naval de Campo Grande


 


 

Compartilhe