Orientações para Tratamento em Teleterapia da Região Pélvica Masculina

ORIENTAÇÕES GERAIS:

Leia com atenção as orientações. Em caso de dúvidas, procure a equipe da Clínica de Radioterapia que estará sempre pronta a colaborar durante todo seu tratamento. A teleterapia é feita em ambulatório, é diária, rápida, indolor e invisível. Somente os pêlos pubianos poderão ficar ralos ou cair, mas voltarão a crescer depois do término do tratamento. Durante o tratamento com radioterapia externa (Teleterapia), serão agendadas consultas com o médico que irá ajudá-lo na minimização dos efeitos colaterais. Você não transmite radiação para ninguém.

EFEITOS COLATERAIS:

Os efeitos colaterais mais frequentes, no início e durante o tratamento, independente da área a ser tratada, são:
ansiedade, cansaço, perda de apetite e reações na pele. Os efeitos são mais comuns a partir da terceira semana de
aplicação e tendem a desaparecer após algumas semanas depois de finalizado o tratamento. Você poderá ou não
sentir esses efeitos colaterais, pois cada pessoa reage de forma diferente.

Outros possíveis efeitos colaterais:

1 Náuseas;

2 Diarreia;

3 Cãibras;

4 Dor tipo cólica;

5 Sangramento pelo pênis;

6 Sangramento anal;

7 Diminuição do desejo sexual;

8 Disfunção erétil temporária ou     permanente;

9 Ardência ao urinar; e

10 Coceira na área do tratamento;


Lembre-se de dizer ao médico o que está sentindo para que possamos ajudá-lo(a). A equipe estará sempre à
disposição, de segunda a quinta, de 07h às 18h e sexta de 07h às 13h.

ATIVIDADE SEXUAL:

Durante o tratamento, ela não é proibida. Homens que desejam ter filhos deverão procurar um banco de fertilidade para a guarda do sêmen.

REAÇÕES MAIS COMUNS NA PELE:

No primeiro dia de aplicação, você será orientado para prevenir ou minimizar os efeitos colaterais sobre a pele. É importante que não só você, como seus familiares ou cuidador, aprendam como ajudá-lo.

  • Tomar banho com água morna e sabonete hidratante;
  • Usar toalha macia para secar sem esfregar;
  • Manter as unhas curtas e limpas;
  • Não esfregar nem coçar a área que está em tratamento;
  • Evitar usar calças justas, de lycra ou jeans. Opte por bermudas ou calças de algodão ou tecido leve de cor clara. As roupas de cor escura absorvem mais calor levando a um maior desconforto;
  • Evitar o uso de cueca de lycra, dando preferência ao uso de cuecas largas (tipo samba-canção), de algodão e de cor clara;
  • Após urinar e/ou evacuar, não use papel higiênico para não causar lesão ou assadura;
  • Evitar banhos de piscina ou mar, não expondo a área tratada diretamente ao sol;
  • Evitar contato da área tratada com fontes de frio ou calor (freezer, geladeira, forno, fogão, ferro de passar, churrasqueira e sauna). Mantenha-se de lado, ao abrir a geladeira ou freezer, até que saia o vapor frio. Para evitar calor ou vapor das panelas, cozinhe usando as bocas de trás do fogão;
  • Hidrate-se bebendo de 2 a 3 litros de líquidos ao dia (suco, água, refresco, água de coco, chá etc.);
  • Não aplique no local de tratamento nenhum tipo de óleo, talco, creme ou pomada que não seja por orientação médica;
  • Suspender o uso de bicicleta durante o tratamento; e
  • Um dos técnicos da Clínica de Radioterapia fará avaliação da pele do local irradiado de acordo com a necessidade de cada paciente.


CLÍNICA DE RADIOTERAPIA
Hospital Naval Marcílio Dias
Rua César Zama, 185 - Lins de Vasconcelos - RJ
CEP: 20.725-090
Telefones: 2599-5538



Mantenha-se saudável! Visite www.saudenaval.mar.mil.br e saiba mais sobre como estar em dia
com a sua saúde. Também confira todos os serviços do Saúde Naval a um clique.