O efeito do álcool passa, o acidente de trabalho fica

Enviado em: 23/07/2019

image

Em 27 de julho, celebra-se o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. A data traz reflexões e alerta para a importância de práticas que reduzam o número de acidentes e doenças relacionadas ao ambiente laboral, ajudando na promoção de um ambiente seguro.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) revela que 20 a 25% dos acidentes de trabalho no mundo envolvem pessoas que estavam sob o efeito do álcool ou outras drogas. Dados do II Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (2012) evidenciam que 7,4 milhões de pessoas admitiram que o uso do álcool gerou efeito prejudicial no seu trabalho e 4,6 milhões afirmaram já terem perdido o emprego em virtude do consumo de bebida alcóolica.

Acreditar que o álcool é uma droga lícita faz com que se desvalorizem os impactos na vida dos indivíduos. Ao contrário do que muitos pensam, mesmo em pequenas quantidades, o álcool pode causar prejuízos na performance, qualidade e segurança no trabalho, pois tem potencial para gerar diminuição do julgamento e da crítica, prejuízo da percepção, memória e compreensão, sonolência, perda de equilíbrio, além de alterações de humor.

Desta forma, observa-se que os mais frequentes prejuízos, no ambiente de trabalho, em decorrência do uso/abuso do álcool são:

  • diminuição da produtividade;
  • absenteísmo;
  • repetidas licenças médicas;
  • violência (assédio moral, agressões);
  • aposentadoria precoce, até as situações que se caracterizam como acidentes de trabalho, incluindo o trajeto.

Além das irrecuperáveis perdas de vidas, esses acidentes resultam também em afastamentos e diminuição da capacidade produtiva e as consequências extrapolam o ambiente de trabalho.

Neste sentido, pensar em prevenção e informação é focar na qualidade de vida e no bem-estar do trabalhador, que passa a ter acesso a um local de trabalho mais seguro e saudável, além de receber ajuda de profissionais especializados quando necessário. Aliado a isso, constata-se uma redução de gastos com processos, indenizações e tratamentos de saúde.

A Marinha do Brasil dispõe de ajuda especializada no Espaço Consciência & Cuidado, localizado no Hospital Central da Marinha (HCM), que é referência em prevenção e tratamento do uso de álcool e outras substâncias.

Cuide da sua saúde e saiba mais sobre o Espaço Consciência & Cuidado clicando aqui.


Cristiane de Figueiredo Costa
CT (S) Espaço Consciência & Cuidado



Saiba mais em: