O dia do doador de sangue

Em 25 de novembro, comemoramos o Dia Nacional do Doador de Sangue. O Saúde Naval abraçou essa campanha para conscientizar a Família Naval sobre a importância de doar. Queremos construir uma cultura de doação espontânea para transformar o ato em um hábito regular, independente de datas ou porque conhecemos alguém que precisa de transfusão.

Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas, mas o sangue não é reutilizável e, por isso, as doações são fundamentais o ano inteiro. De acordo com o Ministério da Saúde, atualmente 1,8% da população brasileira doa sangue. Embora o percentual esteja dentro dos parâmetros recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é preciso aumentar os estoques.

O sangue que doamos pode ser utilizado para diversas finalidades, como tratamento de pessoas com doenças crônicas, alguns tipos de câncer, transplantes, cirurgias eletivas de grande porte, acidentes ou outras situações que necessitam de transfusão.

    Para ser doador é preciso:
  • Ter idade entre 16 e 69 anos. Para os menores de 18 anos é necessário o consentimento dos responsáveis e entre 60 e 69 anos a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos;
  • Pesar no mínimo 50 quilos e estar em bom estado de saúde;
  • Estar descansado e fazer repouso mínimo de seis horas;
  • Não fumar e não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação;
  • Não ser usuário de drogas;
  • Não estar em jejum; e
  • Apresentar documento de identidade com foto.

Doe sangue o ano todo no Hospital Naval Marcílio Dias!

Local: Serviço de Hemoterapia do HNMD (Banco de Sangue), localizado no 4º andar, Bloco B.

Horário de Funcionamento: De segunda a quinta-feira, das 7h às 13h e sexta-feira das 7h às 12h (exceto feriados).

Telefone: (21) 2599-5481 e 2599-5482.