Doação de órgãos: a oportunidade de salvar uma vida

Abra os ouvidos para a oportunidade de salvar uma vida.

Atualmente, o Brasil possui um dos maiores programas públicos de transplantes de órgãos e tecidos do mundo. Porém, há um número considerável de pessoas que esperam, ansiosamente, por uma oportunidade de terem suas vidas salvas por uma doação. Mais de 30mil pessoas estão em uma lista de espera aguardando um transplante compatível.

Sabemos que é difícil falar deste assunto com familiares e amigos, afinal ninguém gosta de falar sobre o tema morte, mas não podemos ignorar o fato de que inúmeras pessoas estão à espera de uma chance de viver mais.

Conversar com a sua família sobre isso é extremamente importante e necessário, pois independentemente de desejar ou não ser doador, é fundamental que os seus familiares tenham conhecimento da sua vontade.

Não há limite de idade para ser doador, pois o que determina a possibilidade de transplante são as condições do órgão doado e a sua compatibilidade com o receptor.É bom esclarecer que, após a retirada dos órgãos, o doador poderá ser velado e sepultado normalmente.

Vamos! Manifeste o seu desejo de doar vida!

Ana Paula Almeida do Nascimento
Capitão de Corveta(S)
Conselho Editorial do Saúde Naval




Para saber mais, leia: