Dia Mundial do Rim

dia_rim

Em 09 de março de 2017 será comemorado o Dia Mundial do Rim e neste ano o tema da campanha será “Doença Renal e Obesidade. Estilo de vida saudável para rins saudáveis”. O objetivo da campanha é conscientizar a população sobre a importância da adoção de um estilo de vida saudável desde a infância, promovendo a informação sobre os fatores de risco da doença, métodos de prevenção e tratamentos existentes.

Para prevenir a doença renal crônica e evitar que a obesidade acelere a progressão da doença, é importante saber:

  • A Doença Renal Crônica é silenciosa, de curso prolongado e muitas vezes diagnosticada tardiamente, por isso é fundamental a assistência básica na prevenção de hipertensão e diabetes;
  • O diagnóstico da Doença Renal Crônica é feito através da dosagem da creatinina sanguínea e pesquisa de proteína na urina e esses exames devem ser solicitados pelo médico durante a consulta médica de rotina. Caso haja alteração, é importante o encaminhamento ao Nefrologista para acompanhamento e tratamento;
  • A obesidade é fator de risco para diversas doenças, como hipertensão arterial, diabetes mellitus, dislipidemia, doença coronariana, dentre outras, o que demonstra a relação direta entre obesidade e Doença Renal Crônica;
  • A doença renal é mais provável de se desenvolver em pessoas obesas, diabéticas e hipertensas. A função renal é alterada devido ao trabalho aumentado de filtração do sangue para suprir as demandas metabólicas do aumento do peso corporal e com o tempo pode levar à Doença Renal Crônica;
  • O suporte nutricional desde a infância é fundamental para prevenção da obesidade e evitar o agravamento da Doença Renal Crônica;
  • Se existe história familiar de obesidade, doença renal, diabetes e hipertensão arterial, o risco para o desenvolvimento para tais doenças será maior; e
  • A adoção de um estilo de vida saudável com a prática de atividades físicas guiadas por profissional experiente, alimentação balanceada, ingestão abundante de água, evitar o fumo e a ingestão de bebidas alcóolicas e controle da pressão e da glicose, além de evitar a automedicação, estão entre as principais medidas para evitar o desenvolvimento de doença renal.
CF(Md) Stael Reis Ferreira
Chefe da Clínica de Nefrologia
Hospital Naval Marcílio Dias