Prevenção e Combate à Surdez

No dia 10 de novembro é comemorado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez. A data tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância do cuidado com a saúde auditiva.

Lembre-se que a perda da audição pode ocorrer com qualquer pessoa e em fases distintas da vida, não apenas no nascimento e durante a velhice. Atualmente, com o uso abusivo de tecnologias sonoras, tem se tornado cada vez mais comum entre a população jovem.

Os motivos da perda auditiva são diversos: uso de medicamentos, infecções virais, acidentes, exposição ao ruído, traumas, perda progressiva de origem genética ou decorrente do envelhecimento etc.

Observe sintomas como:

  • Solicitação constante para que as pessoas repitam o que acabaram de dizer;
  • Aumento do volume habitual do rádio ou da televisão;
  • Dificuldade para compreender conversas em ambientes ruidosos;
  • Dificuldades na localização dos sons; e
  • Dificuldade de acompanhar conversas com mais de uma pessoa.

Tome também alguns cuidados para manter o bem-estar de sua saúde auditiva:

  • Use cotonete apenas superficialmente;
  • Não tome medicamentos sem o conhecimento e indicação do seu médico;
  • Evite o uso de fones de ouvido em volume muito elevado;
  • Não se exponha a ambientes ruidosos por tempo prolongado;
  • Utilize equipamentos de proteção individual em locais de trabalho onde o ruído fique acima do permitido;
  • Certifique-se que seu filho recém-nascido passará pela Triagem Auditiva Neonatal (TAN), também conhecida como “teste da orelhinha”; e
  • Procure um otorrinolaringologista em casos de coceira, dor de ouvido ou zumbidos.

Fonte: ADAPT -Associação de Deficientes Auditivos, Pais, Amigos e Usuários de Implante Coclear