Pela primeira vez, aeronaves da Marinha do Brasil participam do Exercício CRUZEX 2018

No período de 18 a 30 de novembro, a Marinha do Brasil (MB) participa do “Cruzeiro do Sul Exercise” (CRUZEX), exercício multinacional e conjunto organizado pela Força Aérea Brasileira (FAB) desde 2002 e, neste ano, está sendo realizado na Ala 10, em Natal (RN). O treinamento, promovido em múltiplos cenários, é importante para manter a interoperabilidade entre as Forças Armadas brasileiras e estreitar os laços com as nações amigas.
Em proveito dos meios participantes, são proporcionadas missões que englobam o cenário de guerra não-convencional, semelhante às encontradas nas missões de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), onde não há oposição de dois Estados, mas de forças insurgentes ou paramilitares.
É a primeira vez que os meios aeronavais da MB participam de um exercício desse tipo, com os caças modernizados AF-1B/C inseridos nas missões de ataque ao solo e em esquadrilhas mistas com os A-1 da FAB, representando um ganho operacional para o País pelo ineditismo.
Além das aeronaves, também participam militares do Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea e paraquedistas do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais e do Grupamento de Mergulhadores de Combate, que realizam saltos operacionais em ambientes diversos e missões de Guiamento Aéreo Avançado com outras tropas especiais de nações amigas.
A participação neste tipo de operação reafirma a capacidade e reforça o respeito mútuo e interoperabilidade entre as Forças Armadas, inclusive de outros países.