Mãos limpas: Hábito simples pode evitar problemas de saúde

Infecções como diarreia, viroses respiratórias, gripe convencional e H1N1, entre muitas outras enfermidades, podem ser evitadas quando se lava as mãos corretamente. Moedas, maçanetas, botões de elevador e telefones são apenas alguns exemplos de itens compartilhados por muitos e que podem facilitar a transmissão de doenças. Para não ficarmos tão expostos, recomenda-se uma boa higienização das mãos sempre. Esta é uma das medidas de prevenção mais eficazes, mas, apesar de a grande maioria das pessoas reconhecer a importância do hábito, muitas não sabem praticá-lo corretamente. É importante saber que, não basta ligar a água da torneira e colocar as mãos embaixo d’água por apenas cinco segundos. O tempo ideal de lavagem é de 10 a 15 segundos, com sabonete líquido e limpeza de áreas escondidas, como entre os dedos e sob as unhas. Também devemos esfregar os punhos, antebraços e a parte de cima das mãos. Sendo assim, para uma boa higienização é preciso: água corrente e sabonete (líquido ou em barrinhas individuais para uso único); tempo de 10 a 15 segundos; esfregar palma da mão, dorso, entre os dedos, debaixo das unhas, polegares e pulsos; enxaguar até eliminar toda a espuma e secar bem com uma toalha limpa. Vale lembrar que a limpeza das mãos também pode ser feita com o álcool em gel (com concentração de álcool a 70%). Desde a última epidemia da gripe H1N1, em 2009, o uso do álcool em gel para a higienização das mãos tem se tornado mais frequente. Essa é uma medida positiva, que reduz as possibilidades de infecção por contato com vírus e bactérias. É comum que as pessoas se lembrem de lavar as mãos depois de usar o banheiro e antes de fazer as refeições. Porém, como está descrito acima, esses não são os únicos momentos nos quais estamos expostos a vírus e bactérias que podem causar doenças. Qualquer contato com superfície ou objeto manuseado por outras pessoas pode ser um meio de transmissão de agentes patogênicos. Ao levarmos a mão à boca, esfregarmos os olhos ou coçarmos o nariz, colocarmos as mucosas dessas áreas em contato com esses micro-organismos. Por isso é tão importante ficarmos atentos à limpeza correta das mãos. Novos hábitos podem nos levar a uma vida mais saudável e muitas vezes pequenas coisas podem fazer a diferença. A Organização Mundial da Saúde afirma que a limpeza apropriada das mãos é considerada a mais eficaz ação isolada para reduzir as infecções.

Erro | HNSa