Endodontia

Endodontia, do grego endon ( dentro ), odous, odontos ( dente , é a especialidade que estuda e intervém dentro do dente, na polpa dentária, e em todo o sistema de canais radiculares, compostos de vasos e nervos e, por extensão convencional, no periápice, área externa ao final das raízes. A existência do tecido pulpar dentro da cavidade dentinária é que possibilita reacões frente a estímulos, sendo ainda responsável pela vitalidade de todo o dente. Por outro lado, o fato da polpa estar confinada em paredes rígidas limita reacões como o edema por exemplo.O tratamento endodôntico é popularmente conhecido como tratamento de canal. De modo geral, o tratamento endodôntico é indicado em duas situações: -quando a polpa vital se apresenta inflamada, com dor espontânea (pulpite) em decorrência da exposição da dentina por cárie profunda, fratura da coroa, retração gengival,etc; -quando a polpa perde a vitalidade (polpa necrosada) e compromete a estrutura que envolve a raiz, provocando inflamação da membrana periodontal e do osso de modo assintomático (granulomas e cistos). O tratamento baseia-se em remover todo o tecido, vivo ou não, da câmara pulpar e do sistema de canais radiculares presente nas raízes selando-os em seguida.

Erro | HNSa