Histórico

O Hospital Naval de Belém (HNBe) foi criado pelo Decreto-Lei n° 44.193 de 31/12/1958, publicado no Boletim nº4/1959 do Ministério da Marinha, sendo o Diretor-Geral de Saúde, o Vice-Almirante CARLOS AUGUSTO DE BRITO E SILVA e como Comandante do 4º Distrito Naval o Contra-Almirante LUIZ FERNANDES BARATA. Possui a Missão de contribuir para a eficácia do Sistema de Saúde da Marinha no tocante à execução das atividades técnicas de Medicina Assistencial, de Medicina Operativa e parcela da Medicina Pericial nas áreas de jurisdição do Comando do 4ºDistrito Naval. Seu terreno possui uma área total de 11.966 m², com cerca de 4.700m² de área construída e 613 m de perímetro, além de 970 m² de área construída na Odontoclínica, em Val de Cães. Baseado no último levantamento, atende cerca de 16000 usuários, sendo 3800 militares da ativa.

Quanto às instalações, o HNBe é um prédio antigo, resultado da modificação, ampliação e reforma que sofreu o primitivo prédio dos Suboficiais e Primeiros-Sargentos do Comando do 4º Distrito Naval. Esse prédio foi construído pelo Engenheiro ALFREDO BONEFF, e as reformas e ampliações efetuadas, para transformá-lo em um prédio hospitalar foram executados pelo Escritório Técnico Administrativo de Belém (ETA) através do Engenheiro OTÁVIO PIRES. Inicialmente possuía uma enfermaria, um ambulatório, uma sala de emergência e um laboratório de análises clínicas.

Em 1972 sofreu significativa ampliação tendo sido inaugurada nova Ala Administrativa e oito (08) novos apartamentos pelo então Comandante do 4º Distrito Naval Vice-Almirante EUGÊNIO MARQUES FRAZÃO, tendo como Diretor, o Capitão de Mar e Guerra (Md) ALCYR DE VASCONCELOS BRAGA.

Em 1982, foi inaugurada a Odontoclínica Naval em Val de Cães.

Em 1997 foi inaugurada a Unidade Materno-infantil (UMI) no antigo prédio do Posto Médico em Val de Cães, sendo posteriormente desativada.

Em 2000/2001, o HNBe passou por ampla reforma especialmente com a substituição de seus antigos pisos e instalação da UTI para quatro (04) leitos.

Em 2009 foi realizada permuta do terreno do antigo estacionamento para oficiais e praças com a Prefeitura Municipal de Belém para obras de pavimentação da avenida principal do “Portal da Amazônia”. Em contrapartida, a Prefeitura construiu um novo estacionamento, oficinas e alojamentos para o HNBe.

Em 20 de novembro de 2010 foi inaugurado um aparelho de mamografia pelo então Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante RODRIGO OTÁVIO FERNANDES DE HÔNKIS.

O HNBe vem em processo de redimensionamento de suas instalações, com ampliação de antigas salas e inauguração de novos setores visando proporcionar maior conforto aos seus usuários e modernização de seus equipamentos, para melhor atendimento a família naval.

Atualmente, possui em suas instalações uma Unidade de Terapia Intensiva com sete (07) leitos, sendo um de isolamento, seis (06) apartamentos, uma enfermaria para adultos, uma enfermaria pediátrica, ambulatório com 14 consultórios médicos, sala de endoscopia, serviço de radiodiagnóstico com previsão de instalação de um tomógrafo, unidade de emergência com três (03) leitos adultos e um infantil e Centro Cirúrgico com duas salas de cirurgia e uma de recuperação pós anestésica (RPA). Além dos serviços no HNBe, conta com uma Odontoclínica modernizada atendendo todas as especialidades e uma Unidade de Saúde, em Val de Cães, com posto de coleta de exames laboratoriais, posto de vacinação e um ambulatório médico.

O primeiro Diretor do HNBe foi o Capitão-Tenente (Md) WILTON BASTOS BARROSO, seguido do Capitão de Corveta (Md) JOSÉ CARVALHO DA CRUZ que havia sido o primeiro Vice-Diretor. Seguiram-se mais vinte e sete  (27) diretores, até os tempos atuais. Esse cargo no momento é ocupado pela Capitão de Mar e Guerra (Md) MÔNICA MEDEIROS LUNA

 

 

 

 

 

CMG (Md) MÔNICA MEDEIROS LUNA

CARDIOLOGIA/MEDICINA AEROESPACIAL