Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará celebra seu 158º aniversário

     No dia 25 de novembro, a Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará (EAMCE) realizou cerimônia alusiva seus aos 158 anos de criação. Em comemoração à data foi realizada cerimônia militar, com a presença do Comandante da 10ª Região Militar, General de Brigada André Luiz Ribeiro Campos Allão, militares da tripulação e Corpo de Alunos, servidores civis, autoridades militares e civis, integrantes do 1º Grupo de Escoteiros do Mar “Marcílio Dias”, membros da Sociedade Amigos da Marinha no Ceará (SOAMAR-CE), da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais em Fortaleza (AVCFN) e da União dos Oficiais da Reserva e Reformados da Marinha no Ceará (UNORMACE).
     Na ocasião, foi entregue o prêmio “Leitor Destaque” aos Grumetes Samir e Quintino, que se destacaram no ano de 2022, com o maior número de empréstimos na biblioteca Patrão-Mor Aguiar. As festividades foram encerradas com uma confraternização no auditório.
     O Comandante da EAMCE, Capitão de Fragata Daniel Rocha, ressaltou a histórica ligação do Estado do Ceará com o mar e com a Marinha do Brasil através da Escola: “Fruto da ligação histórica do Estado do Ceará com o mar, seja devido ao seu deslumbrante litoral de verdes mares, somada à vocação e espírito bravio de seu povo, que a EAMCE vem contribuindo nestes 158 anos para a formação de Marinheiros para o Corpo de Praças da Armada, assegurando-lhes o preparo intelectual, físico, psicológico, moral e militar-naval, além da habilitação ao exercício das atribuições inerentes à carreira naval”.
     A EAMCE foi criada em 26 de novembro de 1864 e foi instalada nos momentos iniciais da Guerra da Tríplice Aliança contra o governo do Paraguai, tendo contribuído para a formação e envio de muitos Marinheiros brasileiros que lutaram e saíram vitoriosos no maior conflito da história da América do Sul, e passados 158 anos segue cumprindo sua missão, atendendo com esmero e profissionalismo ao seu lema: “Formando hoje o marinheiro de amanhã”.