Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará celebra 155 anos

 
         No dia 26 de novembro, a Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará (EAMCE) completou 155 anos. Em comemoração à data foi celebrado um culto ecumênico de Ação de Graças, no dia 25 de novembro. Após o ato religioso, o Comandante da EAMCE, Capitão de Fragata Alexandre Silva, conduziu o tradicional parabéns e corte do bolo, com a participação da tripulação.
         Na data do aniversário, foi realizada cerimônia militar no Navio de Pedra, com a presença da tripulação, autoridades militares e civis, integrantes do 1o Grupo de Escoteiros do Mar “Marcílio Dias” e do Programa Forças no Esporte (PROFESP) e convidados. Na ocasião, foi entregue o prêmio “Melhor Leitor” ao Terceiro-Sargento (EF) Viana e o Grumete Edin, que se destacaram no ano de 2019, com maior número de empréstimos na biblioteca Patrão-Mor Aguiar. As festividades foram encerradas com uma confraternização no auditório ao som da banda de Grumetes da EAMCE.
        O Comandante Alexandre Silva ressaltou a importância da existência da Escola: “É com demasiado orgulho que comemoramos os 155 anos de criação da EAMCE, e que ela continue cumprindo sua nobre missão de transformar vidas, formar cidadãos, militares e marinheiros cada vez melhores, mantendo as tradições da Marinha do Brasil, porém se renovando em suas práticas de gestão, na busca incessantemente da excelência”.
        A EAMCE foi criada em 26 de novembro de 1864, embalada pelos preparativos bélicos que antecederam a Guerra do Paraguai. A Escola atua na formação de Marinheiros, preparando-os para embarcar nos navios da Marinha do Brasil, contribuindo para a defesa da Amazônia Azul e garantia dos interesses nacionais no mar.