Marinha participa da 62ª Conferência Geral da Agência Internacional de Energia Atômica, em VienaMarinha do Brasil participa da inauguração da 7ª cascata de ultracentrífugas de urânioProgramas Nuclear e de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha são apresentados em AlagoasMarinha participa do Seminário Internacional "América do Sul na Era Nuclear: riscos, desafios e perspectivas"Programas Nuclear e de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha são apresentados à sociedade pernambucanaMarinha participa da 70ª Reunião Anual da SBPC: o maior evento científico-tecnológico da América LatinaEquipe UFRJ Nautilus, apoiada pelo IPqM, representará o Brasil na ROBOSUB 2018 nos Estados UnidosSistema de Comando e Controle Georreferenciado servindo à Esquadra em exercício navalEx-Comandante da Marinha visita a Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da MarinhaDGDNTM participa da RIDEX e Mostra BIDPresidente da República, Michel Temer, dá início à construção do Reator Multipropósito Brasileiro e aos testes de integração dosComitê de Desenvolvimento do Programa Nuclear Brasileiro reúne-se em BrasíliaDia da Ciência, Tecnologia e Inovação da MarinhaMinistério da Saúde destinará R$ 750 milhões para o RMB

Ministério da Saúde destinará R$ 750 milhões para o RMB

São Paulo, 27 de março de 2018 - A Amazul – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. e o Ministério da Saúde assinaram, nesta terça-feira (27/3), acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), plataforma que visa, entre outros objetivos, produzir radioisótopos para a fabricação de radiofármacos usados na prevenção e tratamento de câncer. O empreendimento tornará o Brasil autossuficiente na produção de radioisótopos e o repasse de radiofármacos para o SUS a preço de custo.

World Nuclear University, ABDAN e Marinha ampliam o debate sobre o atual cenário da indústria nuclear mundial

A World Nuclear University (WNU), em parceria com a Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN) e com a Marinha, representada pela Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), promoveram o ”WNU Short Course”, com o tema “The World Nuclear IndustryToday”, no período de 19 a 23 de março, na Escola de Guerra Naval (EGN), no Rio de Janeiro (RJ). O curso incluiu visitas técnicas à Eletronuclear, às Indústrias Nucleares do Brasil (INB) e ao Complexo Naval de Itaguaí (CNI).

A World Nuclear University, ABDAN E Marinha promovem o curso de curta duração " The World Nuclear Industry today”

A World Nuclear University (WNU), em parceria com a Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN) e com a Marinha, representada pela Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), promoverá o Short Course “The World Nuclear Industry Today”, no período de 19 a 23 de março, na Escola de Guerra Naval (EGN), no Rio de Janeiro (RJ). O Curso inclui Visitas Institucionais à Eletronuclear, Indústrias Nucleares do Brasil (INB) e ao Complexo Naval de Itaguaí.

Representantes do MCTIC e da Mackenzie visitam o IPqM e o Complexo Naval de Itaguaí

Nos dias 4 e 5 dezembro, o Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Prof Álvaro Prata, e Comitiva da Universidade Mackenzie, formada pelo Diretor do Instituto MackGraphe, Prof  José Augusto Pereira Brito; pelo Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais, Prof Mauro Cesar Terence; e pelos Professores Jairo José Pedrotti e Rafael Euzébio Pereira de Oliveira, conheceram algumas das atividades do  Setor de CT&I e do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), por ocasião das Visitas Institucionais ao Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM), no Rio de Janeiro (RJ), às instalações do Complexo Naval de Itaguaí (CNI). Compuseram a Comitiva da Marinha o Assessor-Chefe de Ciência, Tecnologia e Inovação, Contra-Almirante (RM1) Paulo Roberto; o Assessor-Chefe  de Relações Institucionais e Comunicação Social do Programa de Submarinos da Marinha, Contra-Almirante (RM1) Bueno; a Diretora do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, Dra Eliane; o Diretor do Instituto de Pesquisas Biomédicas do Hospital Naval Marcílio Dias, Capitão de Fragata (Md) Leal, entre outros.