II Simpósio de Educação Física

Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes realiza II Simpósio de Educação Física da Marinha

O II Simpósio de Educação Física da Marinha, realizado pelo Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), contou com a participação de cerca de 190 profissionais, tanto civis quanto militares, dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Mato Grosso do Sul, das áreas de Educação Física, Fisioterapia e Nutrição.

A programação foi elaborada para as comemorações alusivas ao dia do “Profissional de Educação Física”, 1º de setembro, e teve como propósito discutir e aprofundar os conhecimentos mais atuais na área da educação física e do esporte, trazendo profissionais renomados do meio acadêmico e esportivo.

O I Simpósio de Educação Física, realizado em agosto de 2017, tratou das questões de prevenção da rabdomiólise e de reabilitação, com atenção às populações especiais, como hipertensos, diabéticos e idosos. Já o II Simpósio abordou de temas relevantes à fisiologia do exercício e aspectos biomecânicos da atividade física, envolvendo os Laboratórios de Pesquisa das Forças Armadas e do Comitê Olímpico do Brasil.

O Seminário contou com as presenças de reconhecidos profissionais do meio acadêmico e esportivo, como o Professor Dr. Lamartine da Costa Pereira – Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e professor visitante da University of East London-UK e o Médico do esporte Dr. João Granjeiro Neto – Instituto Nacional de Traumato-Ortopedia (INTO) e Diretor médico dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio-2016 marcaram suas presenças no simpósio, além de representantes de outras instituições.

Tiveram destaques ao longo do congresso, representantes do Laboratório Olímpico do Comitê Olímpico do Brasil, Escola de Educação Física e Esportes da Universidade de São Paulo (EEFE/USP), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), COPPE/UFRJ, UNISUAM, Clube de Regatas do Flamengo, dentre outras.

A Terceiro-Sargento (RM2-EP) Ágatha Bednarczuk, medalhista olímpica na modalidade de vôlei de praia nos Jogos Rio-2016, primeira palestrante do simpósio, ressaltou a importância do apoio que a Marinha do Brasil vem prestando ao esporte militar e nacional por intermédio do CEFAN e os programas aqui desenvolvidos, como o Programa Olímpico da Marinha (PROLIM) e pesquisas desenvolvidas pelo Laboratório de Pesquisa em Ciências do Exercício (LABOCE).

O velejador Lars Schmidt Grael ministrou uma palestra motivacional com o propósito de desenvolver o ambiente organizacional e levar qualidade de vida à tripulação. O atleta, medalhista olímpico e um dos maiores ícones do esporte nacional, apresentou sua trajetória de vida de uma forma simples e dinâmica, dando lições de força de vontade, obstinação e superação, além de transmitir valores éticos e morais.

O CEFAN reforçou seu papel de destaque e protagonismo no desenvolvimento de ações referentes às atividades de educação física e esportes no âmbito da Marinha e pesquisas com ênfase no desempenho humano operativo, fundamental para melhorar a condição física dos nossos militares.