PROMOÇÃO DA MENTALIDADE MARÍTIMA

promar

 

A Ação Promoção da Mentalidade Marítima – PROMAR, coordenada pela Secretariada Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM), desde 1997, busca desenvolver o conhecimento da sociedade brasileira sobre o mar, seus recursos e sua importância para o Brasil. A CIRM promove ações e parcerias com a sociedade sobre a Cultura Oceânica no sentido de ampliar a mentalidade marítima na população, nos níveis compatíveis com a  dimensão da nação oceânica que é o Brasil.

Sendo assim, no âmbito do PSRM, o PROMAR tem como objetivo fortalecer o interesse da população brasileira pelo mar, por meio de projetos, atividades e parcerias que abordam a conservação e o uso racional e sustentável dos recursos do Oceano do Brasil.

Dentre os projetos, destacam-se: a exposição itinerante com o título: “A Amazônia Azul e a presença do Brasil na Antártica”; e a divulgação das realizações dos programas do colegiado, em cada quadrimestre, consolidados em uma publicação, o Informativo da CIRM (INFOCIRM), distribuído por meio impresso e digital, com a edição coincidindo com as reuniões ordinárias da CIRM.

Além disso, o PROMAR realiza a divulgação das atividades da CIRM na costa brasileira, na Amazônia Azul, nas águas além da jurisdição nacional e na Antártica, em postagem nas mídias sociais; elabora e distribui banners, folders e publicações sobre o mar; supervisiona a realização e exibição de filmes institucionais sobre eventos da CIRM e entrevistas a distintos meios de comunicação; e realiza palestras em colégios, universidades e seminários científicos, afim de ampliar a compreensão e convicção da sociedade brasileira sobre a importância do mar para o País, assim como os hábitos e atitudes no sentido de utilizar as potencialidades do mar.

A interação entre o PROMAR e as demais ações deste Plano são oportunidades de ampliar a divulgação dos temas como o uso sustentável dos recursos marinhos e seus benefícios para a sociedade e o meio ambiente, assim como mostrar a importância das demais vertentes da Amazônia Azul: a econômica, a científica e a soberania.

OBJETIVO

Ampliar o desenvolvimento de uma mentalidade marítima e Cultura Oceânica na população brasileira.

METAS

a) Propor a inclusão de temas ligados ao mar nas grades curriculares de ensino;

b) Incrementar a realização de exposições itinerantes, entrevistas, filmes e palestras sobre assuntos do mar;

c) Ampliar a distribuição de material de divulgação das atividades da CIRM;

d) Aumentar para 2,5 milhões o número estimado de pessoas alcançadas anualmente por ações relacionadas ao desenvolvimento de mentalidade marítima; e

e) Capacitar multiplicadores em temas da Cultura Oceânica e divulgar as melhores práticas disponíveis relativas às atividades do mar.

AFERIÇÃO UNIDADE DE MEDIDA REFERÊNCIA
DATA ÍNDICE

Número de pessoas alcançadas anualmente por ações relacionadas ao desenvolvimento de mentalidade marítima.

Fonte: MB

UN 2019 1.500.000

Número de livros didáticos das grades curriculares dos ensinos fundamental e médio que incorporaram o conceito de Amazônia Azul..

Fonte: MEC

UN 2019 0

Número de mapas, livros e demais documentos oficiais publicados pelo IBGE que incorporaram o conceito de Amazônia Azul.

Fonte: IBGE

UN 2019 0

Número de pessoas alcançadas pelos projetos de capacitação em temas da Cultura Oceânica.

UN 2019 0

Quantidade de projetos de divulgação das melhores práticas das atividades relacionadas ao mar.

UN 2019 0

PRODUTOS

a) Mentalidade marítima fortalecida e ampliada junto à populaçãobrasileira;

b) Livros e mapas com inclusão do conceito Amazônia Azul;

c) e Multiplicadores capacitados e projetos sobre melhores práticasimplementados.

COORDENAÇÃO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA

À MB, por intermédio da SECIRM, cabe coordenar o PROMAR e subsidiar a ação orçamentária do PLOA ligada a esta atividade. Os recursos necessários para executar a açãopoderão ser complementados pelas demais instituições envolvidas, por emendas parlamentares, suplementados com a colaboração de agências de fomento à pesquisa e parcerias nacionais e internacionais.

foto de esposição do PROPMAR

MENTALIDADE MARÍTIMA

Quando olhamos o espaço, a Terra é vista azul. Tal percepção decorre do fato de que dois terços da superfície do planeta são ocupados pelos oceanos. Ao longo da história, as nações que mais se desenvolveram foram as que tiveram acesso ao mar. O Brasil é fruto de uma epopeia marítima: pelo mar nasceu, sofreu invasões e consolidou sua independência, unindo, pelo oceano, o país continente, quando ainda não havia estradas. O mar modelou sua geografia, história e cultura. Entretanto, o País direcionou seu olhar para o oeste, para o interior, noprocesso de consolidação do seu território terrestre, para a conquista do Grande Rio e da Floresta Amazônica, atenuando, em parte, o pleno desenvolvimento de sua mentalidade marítima.

Através de uma visão estratégica constante e competente, o País consolidou as fronteiras secas, incorporou a Amazônia Verde e atingiu dimensão continental. É chegada a hora do olhar se voltar para o leste, para o mar, origem e vocação natural do Brasil.

Com um litoral de aproximadamente 8.500km, a motivação inicial das primeiras vilas ribeirinhas era o escoamento da produção. Hoje, o mar continua tendo grande importância para a economia, o País possui uma área marítima com cerca de 5,7 milhões de km², sendo 3,6 milhões de km² de ZEE e mais de 2 milhões de km² de plataforma continental estendida. Nessa área são produzidos mais de 95% do petróleo, 85% do gás natural e trafegam 95% do comércio exterior. Além dos minérios, existe imensa riqueza em recursos vivos, como a pesca e a nova fronteira do conhecimento, a biotecnologia marinha. Tudo isso mostra o quanto o Brasil é dependente das vias marítimas para o desenvolvimento nacional e para a maior parte das suas atividades econômicas.

A grande maioria da população brasileira mora em áreas litorâneas, cerca de 80% vive na faixa situada até 200 km do litoral. A ZC se estende por 17 estados, concentrando 90% do PIB, 93% da produção industrial e 85% do consumo de energia. Além disso, o País possui um privilégio geopolítico, o aprazível e extenso litoral se debruça no Oceano Atlântico. Portanto, a vocação marítima do Brasil não é apenas uma inclinação, é seu destino.

O conceito Amazônia Azul visa justamente resgatar e estimular a mentalidade marítima na sociedade, pois os brasileiros, em sua grande maioria, pensam no mar apenas de forma  lúdica. Define-se mentalidade marítima como elemento intangível que deve ser fomentado na sociedade brasileira e fortalecido  nos atores marítimos –  consiste no grau  de conscientização  da sociedade e dos decisores governamentais sobre a importância do Poder Marítimo e de seus elementos constituintes para a vida da Nação, bem como o sentimento de pertencimento dos homens e mulheres do mar à comunidade marítima  brasileira, cuja interação sinérgica favorece  a ampliação desse Poder em prol dos interesses nacionais.