Marinha e Embraer assinam acordo de parceria na área de Tecnologia

 

Nesta terça-feira (2 de abril), a Marinha do Brasil (MB), representada pelo Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), e a Embraer celebraram um Acordo de Parceria para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), com objetivo de promover estudos conjuntos para o desenvolvimento de radares integrados com Sistemas de Comando e Controle, visando ao emprego nos principais Programas Estratégicos da MB.

Formalizado durante a Latin America Aerospace and Defence (LAAD) Security & Defense 2024, considerada a maior e mais importante feira de defesa e segurança da América Latina, realizada em São Paulo, o acordo foi assinado pelo Diretor do CTMRJ, Contra-Almirante (EN) Alexandre de Vasconcelos Siciliano.

O termo estabelece cooperação mútua com o objetivo de analisar, sob os pontos de vista técnico e operacional, o incremento do nível de maturidade tecnológica do Radar Gaivota X, integrado com o Sistema de Comando e Controle Georreferenciado (SisC2Geo), para busca de superfície, e com o Sistema de Consciência Situacional Unificada por Aquisição de Informações Marítimas (SCUA), para as tarefas de vigilância marítima, utilizando tecnologias desenvolvidas pelos partícipes.

Ressalta-se que o esforço para o desenvolvimento de tecnologias independentes, no que tange aos produtos de Defesa, e a cooperação para fortalecer a Base Industrial de Defesa (BID) estão alinhados com um dos Objetivos Nacionais de Defesa, conforme previsto na Política Nacional de Defesa.

Neste contexto, a nacionalização dos equipamentos dos meios navais e de Fuzileiros Navais é uma das principais tarefas do Setor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha do Brasil, à luz do Plano Estratégico da Marinha (PEM) 2040.

 

A assinatura do Acordo com a Embraer ocorreu durante a LAAD - Imagem: 1SG Walney/ Marinha do Brasil