Itaguaí Construções Navais comemora dez anos de atividades

Uma cerimônia com a participação de dois mil funcionários da Itaguaí Construções Navais (ICN), entre integrantes da força de trabalho, executivos, gestores e representantes da Marinha do Brasil, marcou, no dia 21 de agosto, em Itaguaí, os dez anos de atividades da empresa instalada em Itaguaí para executar o Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha (PROSUB).


Foto oficial da Celebração do 10º Aniversário da ICN

 

Ao discursar durante o evento realizado na área de convivência da Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM), o Diretor-Presidente da ICN, André Portalis, disse que o maior patrimônio da empresa, depois de dez anos, é sua força de trabalho formada por mais de duas mil pessoas e a qualidade da gestão de conhecimento adquirida pela ICN a partir do acordo histórico que a criou, assinado há uma década pelos governos do Brasil e da França.

Também discursou na cerimônia o Gerente do Empreendimento Modular de Obtenção dos Submarinos, Contra-Almirante Celso Koga, que considerou exitosa a maneira com que a ICN tem participado do PROSUB, e com “fôlego de juventude para se propor a novos desafios”.

Falando em nome do Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, o Assessor-Chefe de Relações Institucionais e Comunicação Social da Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante Paulo Cesar Demby Corrêa, destacou o complexo processo de transferência de tecnologia atualmente em curso no PROSUB e acrescentou que “a ICN vem incorporando, aos submarinos, a modernidade dos Scorpène desenvolvidos pela França, adaptada às necessidades específicas das nossas missões no mar territorial e na zona econômica exclusiva brasileira”.


Força de Trabalho da ICN em atendimento ao Ato Oficial do 10º Aniversário

 

Em seu discurso, Anne Bianchi, representante do Naval Group, a empresa francesa que forma, com a Odebrecht e uma “goldenshare” da Marinha do Brasil, o quadro societário da ICN, parabenizou o corpo técnico e os funcionários da empresa “por terem construído, a partir do nada, um complexo ultramoderno e o único estaleiro de submarinos do Hemisfério Sul”.

O evento marca a consolidação da Itaguaí Construções Navais como uma empresa dotada de elevada competência técnico-profissional no hemisfério sul, referente à execução de projetos de engenharia naval, com ênfase na área de submarinos.