Hotéis de Transito

Instalações

O Hotel de Trânsito da Marinha em Salvador (HTMS) fica localizado em frente ao Farol da Barra e a poucos metros do Clube Cabana da Barra. O Hotel dispõe de duas (02) suítes para uso exclusivo de Oficiais Generais ou de outras autoridades, a critério do Comandante do 2º Distrito Naval; e dezessete (17) apartamentos dispostos em dois (02) andares, com as capacidades a seguir descritas:

  • apartamentos duplos casal - três (03)
  • apartamentos duplos, composto de camas de solteiro - dois (02)
  • apartamentos triplos - cinco (05)
  • apartamentos quádruplos - sete (07)

O Hotel ainda dispõe de: piscina, quiosque, salão de refeições, sala de estar, sala de televisão com TV a cabo, internet wirelless e estacionamento com cinco (05) vagas, sendo uma coberta, quatro (04) descobertas e com utilização segundo critério de hierarquia dos hóspedes, como previsto no Estatuto dos Militares, sendo a única vaga coberta disponível para o oficial hóspede mais antigo.

O HTMS possui a disposição dos hóspedes, lavanderia com máquina de lavar, secadora, tábua de passar e ferro elétrico. Para acesso, o hóspede deverá solicitar a chave na recepção, com isso é proibida a lavagem e a secagem de roupas nos quartos.

O HTMS possui serviço de café da manhã, servido no período de 07h00min as 10h00min horas, exclusivamente no Salão. Não dispõe de serviço de almoço e jantar. A excelente localização do HTMS oferece ao hóspede diversas opções de locais próximos ao Hotel para a realização de refeições.

Informações Gerais aos Hóspedes

  1. Crianças de até 5 anos estão isentas de pagar o café da manhã;
  2. O fechamento das faturas ocorrerá às sextas-feiras, no último dia útil do mês, ou por ocasião da partida definitiva do hóspede;
  3. O hóspede deverá solicitar o fechamento de sua fatura, com uma antecedência de 30 minutos, da saída;
  4. A limpeza dos quartos é feita diariamente das 8h às 16h, a troca das roupas de cama ocorre às 2ª e 6ª feiras e das roupas de banho às 2ª, 4ª e 6ª feiras. Aos sábados, domingos e feriados a arrumação dos apartamentos será entre 08h e 12h;
  5. Qualquer material danificado ou extraviado pelo hóspede será indenizado pelo seu valor atual;
  6. O hotel não se responsabiliza por valores deixados nos aposentos, uma vez que, na recepção, há um cofre para a sua guarda;
  7. Não é permitido fazer barulho ou ligar o aparelho de somou TV com volume elevado, principalmente entre 22h e 07h;
  8. A voltagem de nossa rede elétrica é de 110 volts;
  9. Não é permitido o uso de aparelhos eletrodomésticos nos quartos, tais como: torradeiras, liquidificadores, ferroelétrico, etc.;
  10. Não é permitida a presença de animais em qualquer hipótese;
  11. A compra de programas/filmes pelo “pay-per-view”, do sistema de TV a cabo, deverão ser indenizados pelos hóspedes quando do fechamento da conta, devendo ser solicitada previamente e registrada em livro próprio existente na recepção;
  12. Ao ausentarem-se, os hóspedes deverão deixar a chave do apartamento na recepção;
  13. O hóspede é responsável pelos danos causados às instalações;
  14. Os objetos esquecidos nos hotéis ficarão à disposição dos hóspedes até o prazo máximo de três meses, quando então serão encaminhados ao Com2ºDN;
  15. É proibida a lavagem e a secagem de roupas nos quartos.

Lavanderia

  1. O hotel dispõe, para uso dos hóspedes, de uma lavanderia com máquina de lavar, secadora, ferro e tábua de passar. Para sua utilização basta solicitar a chave na recepção. Todo material necessário será por conta do hóspede
  2. É proibida a lavagem e a secagem de roupas nos quartos

Reservas

As reservas para o HTMS poderão ser feitas por mensagem (nas situações por interesse do serviço), email (com2dn.htms@marinha.mil.br), Lotus Notes (com2dn-htms/segdis/mar) ou pelos telefones (71) 3264-3540, (71) 3264-2432, (71) 3264-6573, contendo as seguintes informações:

  • nome do oficial/servidor civil;
  • posto ou assemelhação;
  • local onde serve;
  • motivo da hospedagem;
  • data da chegada e previsão de saída;
  • nomes dos acompanhantes e data de nascimento dos dependentes;
  • telefone, e-mail e endereço para contato.

As reservas para convidados devem ser solicitadas por meio email, mensagem ou telefone, contendo, além dos dados do hóspede, os dados do oficial responsável (nome, posto, OM onde serve, telefone, e-mail e endereço para contato).

Logo após ter recebido a confirmação do HTMS de que há vaga para se hospedar, o solicitante deverá efetivar a sua reserva, efetuando depósito no valor correspondente a uma diária por apartamento, bem como a transmissão de um e-mail para o hotel ou caixa postal, com cópia do depósito efetuado. Os dados da conta corrente são os seguintes:

Favorecido: Comando do 2° Distrito Naval
Banco do Brasil – Agência: 0006-X - Conta corrente nº 333.900-9

Nas viagens a serviço, o oficial ficará desobrigado do depósito da diária para garantia da reserva, devendo, entretanto, dar conhecimento do motivo e destino da viagem e, se possível, fornecer o número da ordem de serviço de sua OM, que oficializou a necessidade de deslocamento e hospedagem.

As desistências e alterações do período da hospedagem devem ser comunicadas até sete dias antes do primeiro dia reservado, via mensagem, fax ou telefone. A não confirmação implicará, no caso de desistência, a retenção do depósito efetuado e a possibilidade de ocupação do(s) apartamento(s) por outro solicitante. No caso de adiamento da data de chegada, a falta de comunicação prévia implicará a retenção do depósito efetuado e o cancelamento automático dos demais dias reservados.

O HTMS poderá recusar hóspedes cujas informações fornecidas por ocasião da reserva diferirem daquelas prestadas na recepção, no momento da entrada nos respectivos hotéis de trânsito.

O militar designado para servir em OM da área deverá pedir a ocupação com antecedência mínima de trinta dias. As reservas para os demais casos deverão ser efetuadas com antecedência máxima de trinta dias e mínima de dez dias da data pretendida para ocupação.

No caso de não haver vaga para o período pretendido, o solicitante será informado com antecedência mínima de sete dias da data solicitada para ocupação.

A ocupação obedecerá, compulsoriamente, à ordem de prioridade estabelecida no item 4.

As reservas para oficiais das Forças Armadas estrangeiras são efetuadas, normalmente, pelo EMA, por meio de mensagem. Quando efetuada pelo adido naval brasileiro no país de origem do solicitante, ou por comandantes de OM e de grupamentos operativos de navios, a mensagem deve conter informação para o EMA e o CIM.

Instalações

O HTI destina-se à hospedagem de oficiais da ativa da Marinha do Brasil e seus dependentes, quando em instalação, licença de trânsito na cidade de Salvador ou em movimentação a serviço, obedecida essa ordem de prioridade. Também poderão se hospedar no HTI os Oficiais e civis abaixo indicados, e seus dependentes, na seguinte ordem de prioridade:

  • Oficiais que sirvam nos navios em reparo ou estacionados na BNA ou no Porto de Salvador
  • Servidores Civis da ativa da Marinha do Brasil, assemelhados a Oficiais, quando em movimentação à serviço;
  • Oficiais da reserva ou reformados da MB;
  • Oficiais da Força Aérea e do Exército Brasileiro;
  • Oficiais da Marinha Mercante;
  • Oficiais da ativa de Forças Armadas Estrangeiras;
  • Civis indicados por Oficiais da ativa e da reserva da MB, mediante expressa autorização do Comandante da BNA; e
  • Pensionistas de Oficiais da MB.

Os prazos máximos de hospedagem são os seguintes:

  • Até trinta (30) dias - Para militares e seus dependentes, em licença de trânsito ou instalação;
  • Até dez (10) dias - nos meses de dezembro a março, inclusive, para os militares e civis enquadrados nas alíneas a), c) a h) do item anterior;
  • Até vinte (20) dias - para militares, civis e dependentes especificados nas alíneas a), c) a h) do item anterior, nos demais meses; e
  • Pelo período indicado na mensagem ou Ordem de Serviço referente ao Oficial ou Servidor Civil, quando movimentado à serviço.

Obs: Os prazos mencionados no item anterior poderão ser prorrogados pelo Comandante da BNA, desde que haja disponibilidade de vagas.

O Hotel de Trânsito de Inema (HTI) fica localizado no complexo da Base Naval de Aratu, dispõe de dezesseis (16) apartamentos, sala de estar, salão de jogos (mezanino), restaurante / bar e lanchonete. Os apartamentos são iguais e cada um possui duas camas de solteiro, armário embutido, uma bicama, banheiro privativo, ar condicionado e TV. Todos apartamentos possuem varanda. O HTI dispõe de um mezanino que serve também como área de lazer e jogos.

Informações Gerais aos Hóspedes

  1. Não é permitido o uso de aparelhos eletrodomésticos nos apartamentos, tais como: torradeiras, liqüidificadores, etc ...;
  2. Não é permitido a presença de animais domésticos nas dependências do Hotel;
  3. É proibido fazer barulho ou ligar aparelhos de som ou TV com volume elevado, principalmente entre 22:00h e 07:00h;
  4. O trânsito em roupa de banho e a prática de esportes só poderá ser feita pela entrada de serviço;
  5. Ao se ausentarem, os hóspedes deverão deixar a chave do apartamento na recepção;
  6. Qualquer material danificado ou extraviado pelo hóspede será indenizado pelo seu valor atual, conforme tabela existente em cada apartamento;
  7. O hóspede é responsável pelos danos causados nas instalações do Hotel; e
  8. O Hotel não se responsabiliza por valores deixados nos aposentos, uma vez que, na recepção, há um cofre para sua guarda.

Obs: A limpeza dos quartos e troca da roupa de banho ocorrerá diariamente de 08:30 às 11:30 horas e de 13:00 às 16:30 horas, exceto em dias de rotina de domingo.

As roupas de cama serão trocadas nas 2ª, 4ª e 6ª, exceto em dias de rotina de domingo.

Reservas

As reservas para HTI poderão ser feitas por mensagem, correio eletrônico, carta, fax ou telefone à BNA, contendo as seguintes informações:

  • nome do oficial/servidor civil;
  • posto ou assemelhação;
  • local onde serve;
  • motivo da hospedagem;
  • data da chegada e previsão de saída;
  • nomes dos acompanhantes e data de nascimento dos dependentes;
  • telefone, e-mail e endereço para contato.

O militar designado para servir em OM da área, deverá pedir a ocupação com uma antecedência mínima de trinta (30) dias. As reservas para os demais casos deverão ser feitas com uma antecedência máxima de trinta (30) dias e mínima de dez (10) dias da data pretendida para ocupação.

No caso de não haver vaga para o período pretendido, o solicitante será informado com uma antecedência mínima de cinco (05) dias da data solicitada para ocupação. A ocupação obedecerá à ordem de prioridade estabelecida no item 4 da NordnavLeste.

O cancelamento da reserva deverá ser feito com antecedência mínima de um (1) dia útil da data solicitada para ocupação. Caso a desistência ocorra após este prazo, será cobrada do solicitante meia diária por cada apartamento reservado.

Se após vinte e quatro (24) horas da data marcada para ocupação o solicitante não tiver se hospedado, sem nenhuma comunicação com o Hotel, a reserva será cancelada automaticamente e cobrada uma diária de hospedagem por cada apartamento reservado.

O hóspede, ao chegar à recepção do Hotel, deverá apresentar seu documento de identidade e prestar as informações necessárias referentes aos dependentes, visando ao preenchimento da Ficha de Registro de Hóspede.

As reservas para Oficiais das Forças Armadas estrangeiras são feitas, normalmente, pelo Estado-Maior da Armada, por meio de mensagem. Quando efetuada pelo Adido Naval brasileiro no país de origem do solicitante ou por Comandantes de OM e de Grupamentos Operativos de navios, a mensagem deve conter informação para EMA e CIM.

Caso queira realizar uma reserva, enviar um email para: bna.hti@marinha.mil.br

Favorecido: Base Naval de Aratu
Banco do Brasil – Agência: 3463-0 Conta corrente nº 144492-1

Nas viagens a serviço, o oficial ficará desobrigado do depósito da diária para garantia da reserva, devendo, entretanto, dar conhecimento do motivo e destino da viagem e, se possível, fornecer o número da ordem de serviço de sua OM, que oficializou a necessidade de deslocamento e hospedagem.

As desistências e alterações do período da hospedagem devem ser comunicadas até sete dias antes do primeiro dia reservado, via mensagem, fax ou telefone. A não confirmação implicará, no caso de desistência, a retenção do depósito efetuado e a possibilidade de ocupação do(s) apartamento(s) por outro solicitante. No caso de adiamento da data de chegada, a falta de comunicação prévia implicará a retenção do depósito efetuado e o cancelamento automático dos demais dias reservados.

O HTMS poderá recusar hóspedes cujas informações fornecidas por ocasião da reserva diferirem daquelas prestadas na recepção, no momento da entrada nos respectivos hotéis de trânsito.

O militar designado para servir em OM da área deverá pedir a ocupação com antecedência mínima de trinta dias. As reservas para os demais casos deverão ser efetuadas com antecedência máxima de trinta dias e mínima de dez dias da data pretendida para ocupação.

No caso de não haver vaga para o período pretendido, o solicitante será informado com antecedência mínima de sete dias da data solicitada para ocupação.

A ocupação obedecerá, compulsoriamente, à ordem de prioridade estabelecida no item 4.

O hóspede, ao chegar à recepção do hotel, deverá, compulsoriamente, apresentar seu documento de identidade e preencher a ficha de registro de hóspede, prestando todas as informações necessárias referentes aos dependentes.

As reservas para oficiais das Forças Armadas estrangeiras são efetuadas, normalmente, pelo EMA, por meio de mensagem. Quando efetuada pelo adido naval brasileiro no país de origem do solicitante, ou por comandantes de OM e de grupamentos operativos de navios, a mensagem deve conter informação para o EMA e o CIM.

As reservas relativas a dependentes e civis indicados (alíneas i e j, respectivamente, do subitem 4.2) somente poderão ser efetivadas mediante prévia e formal solicitação do oficial (titular), ficando este, para todos os efeitos legais (pagamento e eventuais danos ao patrimônio, etc.), responsável perante o comandante da OMRA.