Hino

Letra: Walmir Coelho
Música: SO-FN-MU Edson Thomaz Antonio
Gravação: Banda de Música do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário e Turma II/00 de MN-RC

 

Abrindo caminhos de história
Cisnes brancos, por estas fronteiras
Vem navegar na memória
Destas ricas plagas pantaneiras
Segue, assim, nossa amada Marinha
Honras, glórias acumuladas
Singra as águas da honradez
De patriotismo espraiadas
Toda aquela energia
Que a guerra produzia
Amplamente se refaz
Transformou-se no cimento
Que alicerça o monumento
Da integração e paz!
Sou marujo pantaneiro
Me orgulho deste perfil
Sou fuzileiro e sou marinheiro
Para a grandeza do meu Brasil!
Abrindo caminhos de história
Cisnes brancos, por estas fronteiras
Vem navegar na memória
Destas ricas plagas pantaneiras
Segue, assim, nossa amada Marinha
Honras, glórias acumuladas
Singra as águas da honradez
De patriotismo espraiadas
Hoje, um elo de amizade,
Servindo a sociedade, Atingindo o ideal...
Cisne Branco ancorado,
Pela pátria consagrado 6º Distrito Naval
Sou marujo pantaneiro
Me orgulho deste perfil
Sou fuzileiro e sou marinheiro
Para a grandeza do meu Brasil!