3º Batalhão de Operações Ribeirinhas comemora o Dia dos Fuzileiros Navais

 Evento foi realizado no pátio histórico do 3ºBtlOpRib

   O 3° Batalhão de Operações Ribeirinhas (3ºBtlOpRib), subordinado ao Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), realizou no dia 7 de março cerimônia militar em comemoração ao 216º aniversário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN). O evento, que a partir deste ano passa a ser conhecido como o Dia dos Fuzileiros Navais, foi presidido pelo Comandante do 6º Distrito Naval e contou com a presença de familiares e convidados.
   Durante a cerimônia, houve a imposição da Medalha Mérito Anfíbio para os militares da ativa da Marinha do Brasil (MB), em reconhecimento àqueles que, em exercícios e operações, se distinguiram pela exemplar dedicação à sua profissão e ao interesse pelo aprimoramento de sua condição de combatente anfíbio; e da Medalha do Serviço Militar, que se destina a premiar àqueles que tenham prestado notáveis contribuições ao Serviço Militar.
   Dentre as atividades do evento, foi realizado, também, inédita parada após o pôr do sol no pátio histórico do 3ºBtlOpRib, com  apresentação do Pelotão Cunha Couto, que durante a evolução realizou a formação em âncora e as iniciais do CFN; a canção Cisne Branco cantada pelo coral das crianças atendidas pelo Programa Forças no Esporte; e a projeção dos atos históricos – desde a chegada ao Brasil, em 1808, até criação do 3ºBtlOpRib – na torre histórica de observação.
   Seguindo a tradição, o Comandante do 3ºBtlOpRib, Capitão de Fragata (Fuzileiro Naval) Milton Augusto Pereira de Souza, convidou o Fuzileiro Naval mais antigo da ativa na área do Com6ºDN, Capitão de Mar e Guerra (Fuzileiro Naval) Adriano de Oliveira Cunha; e o soldado mais moderno, Soldado Fuzileiro Naval Lucas Victor da Silva, para cortarem o bolo de aniversário do CFN.

 

 

 Apresentação do pelotão Cunha Couto