Navio de Apoio Logístico Fluvial “Potengí” completa 85 anos

Cerimônia na praça Marcílio Dias

 

 

     Com mais de quatro mil dias de mar, o Navio de Apoio Logístico Fluvial (NApLogFlu) “Potengí”, subordinado ao Comando da Flotilha de Mato Grosso (ComFlotMT), completou, no dia 28 de junho, 85 anos. O navio é o segundo mais antigo da Marinha ainda em atividade, sendo o primeiro o Monitor Parnaíba, também subordinado ao ComFloMT.

     Para comemorar, foi realizada, na Praça Marcílio Dias, no Complexo Naval de Ladário (MS), cerimônia com a presença de militares, membros da Associação Amigos da Marinha Ladário-Corumbá e autoridades civis. O evento contou com cerimonial à bandeira narrado, canto do Hino Nacional e assinatura do Livro do Navio pelo Comandante, Capitão de Corveta Rafael Bortolami Catanho da Silva, e pelo Comandante do 6º Distrito Naval, Contra-Almirante Iunis Távora Said.

     Em sua leitura da Ordem do Dia, o Comandante do navio ressaltou as atividades desempenhadas em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. “O navio completa 85 anos participando ativamente nas Operações Ribeirinhas, Operações de Apoio Logístico Móvel, ações de Patrulha e Inspeção Naval e ações cívico-sociais, com a inegável relevância de suas capacidades operativas para a área de jurisdição do Comando do Sexto Distrito Naval”, ressaltou.

     A cerimônia contou com a presença do SO (Ref) José Vicente da Silva, tripulante mais antigo presente na solenidade e que serviu no navio de 1969 a 1973. "Agradeço a Deus por ter me dado saúde para poder participar dos 85 anos do Potengi. É uma imensa felicidade ver a minha primeira OM, o meu primeiro navio, ainda em atividade”, declarou.

    O evento foi finalizado com apresentação da Banda de Música do Com6ºDN, composta por músicos Fuzileiros Navais.

Histórico

    O NApLogFlu Potengí foi incorporado à Armada no dia 28 de junho de 1938, como Navio Tanque "Potendy", subordinado ao Comando Naval de Mato Grosso.

    Em 1960, o navio desatracou com um destacamento de militares da Companhia Regional de Fuzileiros Navais, dando início à parceria junto à tropa anfíbia da Marinha no Pantanal. Dez anos depois, foi realizada a primeira comissão em apoio às populações ribeirinhas pantaneiras.     Em 1998, em cerimonia presidida pelo comandante do 6ºDN, então Contra-Almirante Julio Soares de Moura Neto, foi iniciada a conversão do Navio Tanque para Navio de Apoio Logístico Fluvial.     Ao longo dos anos, o NApLogFlu Potengí passou por duas remotorizações. A primeira, em 1957, na qual foram instalados os motores Sulzer 4TD24, e a segunda, em 2021, com a substituição dos motores Sulzer por unidades propulsoras fabricados pelo Volvo Penta.

Evento contou com apresentação da Banda de Música do Com6ºDN